Setor de reposição cresce na cola do mercado de carros novos

Indústria de peças cresceu 7% em 2011 e 55% nos últimos sete anos. Na abertura da Automec, ministro Mantega garante estímulos ao setor
  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Setor de reposição cresce na cola do mercado de carros novos
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O comprador de OK fica dois ou três anos com o carro e depois passa pra frente, troca por um novo. Ao mesmo tempo em que atualiza o seu carro, trocando por um modelo novo, livra-se dos gastos com manutenção, pois em dois ou três anos o veículo começa a exigir trocas de peças caras e aumentam os gastos com a oficina.

Mas o carro continua no mercado, ele se incorpora ao mercado de usados e, para rodar com segurança, precisa receber uma boa manutenção. O consumidor de usado sabe disso e mesmo assim compra porque a vantagem é grande: o carro com dois ou três anos já sofreu a maior parte da desvalorização, é o período em que ele está mais depreciado. É portanto o melhor negócio do ponto de vista financeiro.

Com vendas em torno de 3,5 milhões de veículos por ano, o mercado brasileiro recebe, como consequência, essa mesma quantidade de carros por ano no mercado de usados, todos em ponto de bala para se submeterem a uma boa revisão e fazer a manutenção de partes importantes do carro como o jogo de pneus, os amortecedores, os sistemas de freios e de embreagem.

Com isso, a indústria de peças de reposição cresce na mesma proporção do mercado de novos e movimenta um segmento que faturou, só no ano passado, R$ 73,8 bilhões, com crescimento de 7% sobre 2010 e de 55% nos últimos sete anos.

E as expectativas são animadoras. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse na abertura da 3ª Automec Pesados & Comerciais - Feira Internacional Especializada em Peças, Equipamentos e Serviços para Veículos Pesados e Comerciais, que se realiza no Anhembi vai até domingo, que 2012 deverá ser um ano de novos desafios. Garantiu que o Governo Fcaptional continuará estimulando o consumo interno e deverá melhorar as condições competitivas de preço e custo. O ministro garantiu os estímulos ao consumo de autopeças nacionais por meio do Novo Regime Automotivo, desoneração da folha de pagamento no setor automobilístico, aumento do volume de crédito com diminuição dos juros de linhas de financiamento e aumento do prazo para pagamento.
A secretária do Desenvolvimento da Produção do Ministério da Fazenda, Heloísa Menezes, disse na abertura da Automec Pesados que o Novo Regime Automotivo foi concebido com o objetivo de melhorar a competitividade e estimular o investimento em inovação e pesquisa.

“As empresas que atenderem as exigências poderão ser beneficiadas com redução de até 30% no IPI, de acordo com a quantidade de conteúdo nacional nos produtos fabricados. Ainda é possível conseguir desconto de mais 2% para as empresas que investem em tecnologia. “É um regime de estímulo, não restritivo, que permite que as empresas de adaptem. O Brasil ganha e a cadeia inteira é beneficiada”, disse.

O segmento de autopeças teve um aumento do número de empresas de 286 em 2006 para 366 em 2011, segundo o Sindipeças – Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores.

Segundo Luiz Sérgio Alvarenga, diretor executivo da Andap, Associação Nacional dos Distribuidores de Autopeças, o canal da distribuição, mesmo com a concorrência de importados, cresceu 4,3% em 2011 e o setor de reparação de veículos teve uma alta de 6,3%.

As opiniões do colunista não refletem, necessariamente, a opinião do site WebMotors

____________________________
Joel Leite joelleite@autoinforme.com.br é diretor da Agência AutoInforme, especializada no setor automobilístico, que fornece informações para vários veículos de comunicação. Produz e apresenta o Boletim AutoInforme, das rádios Bandeirantes, Band News e Sul América Trânsito. É formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduado em Semiótica e Meio Ambiente.

Leia outras colunas de Joel Leite aqui

____________________
Siga o Joel Leite no Twitter

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors