Trânsito é mais visível do que a poluição, por isso nos choca mais

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Trânsito é mais visível do que a poluição, por isso nos choca mais
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

– Se o grande aumento do volume de carros nas ruas está levando os centros urbanos a uma situação insustentável em relação à mobilidade, imagine o que esses dez mil novos escapamentos por dia estão jogando na atmosfera das cidades brasileiras.

O trânsito é mais visível do que a poluição, por isso nos choca mais diretamente. Mas a sociedade percebe que ambos ameaçam a tranqüilidade e a saúde da população, tanto dos motorizados quanto dos pedestres.

Seminários, palestras, mesas redondas... Governo e sociedade civil discutem o trânsito e as alternativas para evitar o colapso anunciado.

E a indústria busca opções de veículos menos poluentes. As pesquisas estão avançadas, a barreira é o alto custo de investimento.

Mas do jeito que as coisas vão, dentro de poucos anos, os carros menos poluentes, que combinam motor a combustão e elétrico, ou mesmo os carros de emissão zero, terão que fazer parte do nosso dia a dia, e então teremos de pagar o preço de ter um veículo menos poluente.

A GM mostrou na semana passada em São Paulo dois carros, o Malibu, que reduz em 20% as emissões, e o Tahoe, que polui 50% menos. Em ambos o motor elétrico auxilia o motor de combustão, economizando no consumo e nas emissões de gases tóxicos.

Não é exatamente uma novidade. Várias montadoras já têm esse sistema, que aciona o motor elétrico automaticamente quando carro pára no farol: o motor a combustão é desligado e volta a funcionar assim que o motorista colocar o pé no acelerador. A Toyota acabou de anunciar que atingiu um milhão de unidades do Prius, o primeiro veículo híbrido vendido em grande escala.

Mas a chegada de novos carros que combinam combustão e eletricidade é um alento. Hoje 35% da energia do mundo vem do petróleo. Com a explosão de consumo, se nada for feito, em poucos anos os combustíveis fósseis serão 70% da energia.

E aí poderá não haver mais tempo de reagir.


Leia outras colunas de Joel Leite aqui
________________________________
Joel Leite joelleite@autoinforme.com.br é diretor da agência de notícias especializada no setor automotivo AutoInforme. Produz e apresenta o quadro sobre automóveis no programa Shop Tour e fornece informações para vários veículos de comunicação. É especialista no mercado de automóveis desde 1984, quando começou no Jornal do Carro do Jornal da Tarde. Joel é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduado em Comunicação e Semiótica.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors