VW evolui motor do Golf com novo 1.5 TSI

Além da cilindrada maior, motor teve turbina e cabeçote revistos
  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. VW evolui motor do Golf com novo 1.5 TSI
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

 

Os motores turbo da família EA211 da Volkswagen são um dos melhores exemplos de como o downsizing é aplicado e eficiente. No Brasil, eles fazem sucesso debaixo do capô do Golf, Golf Variant e mais recentemente do Jetta.

 

Mas lá fora, a VW acaba de revelar mais detalhes sobre a evolução do 1.4 TSI, que promete ser 10% mais eficiente com potência, por enquanto, de 130 cv ou 150 cv.

A cilindrada cresceu para 1.5 litro e agora vem equipado com turbina de geometria variável, tecnologia usada também nos novos motores de quatro cilindros turbo do Porsche 718 Boxster.

Além da turbina, a taxa de compressão foi elevada para 12,5 :1, graças à adoção do ciclo de combustão Miller, ciclo que adiciona mais uma etapa na combustão, como se o motor fosse cinco tempos.

O sistema de injeção direta também foi atualizado e agora o combustível é injetado com maior pressão, melhorando a qualidade da combustão e por consequencia é mais eficiente.

As camisas dos quatro cilindros agora são revestidas em APS, material plasmático que reduz o atrito e melhora a dissidência do calor, exigindo menos força do virabrequim para movimentar os cilindros.

Essas alterações ainda permitiram que o torque máximo esteja presente ainda mais cedo. Agora, os 20,4 kgf.m – para o motor de 130 cv – aparecem já às 1.300 rpm, mantendo o pico até 4.500 rpm.

O sistema de desativação dos cilindros também evoluiu e agora estará presente em maior número de modelos.

O primeiro carro a receber a nova geração do motor deverá ser o próprio Golf, sendo lançado apenas no ano que vem para o mercado europeu.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors