Yamaha mostra nova R1 e surpreende com N-Max

Fabricante apresentou ainda Factor 150, MT-Tracer, Super Ténéré 1200 e a versão R1M
  1. Home
  2. Duas Rodas
  3. Yamaha mostra nova R1 e surpreende com N-Max
Lukas Kenji
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

Apesar de classificar como “dura” a atual situação econômica do Brasil, a Yamaha chegou com o pé na porta na edição 2015 do Salão Duas Rodas, que teve início nesta terça-feira (6). A fabricante revelou oficialmente a nova YZF-R1 e a versão mais agressiva R1M, além da popular Factor 150, da versão crossover MT-09 Tracer, a aventureira Super Ténéré e o scooter N-Max.

A montadora não definiu data para disponibilizar a R1. Afirmou somente que está lutando para importar o modelo no primeiro semestre de 2016. Já em relação a preço, a Yamaha deu apenas pistas em relação à versão R1M, que deve vir mais cara do que a concorrente direta Kawasaki Ninja H2. Ou seja, ela não vem por menos de R$ 120 mil.

Já a Super Ténéré 1200 ganhará a edição especial 60th Anniversary, que comemora mais um ano de vida da Yamaha. Ela chegará às concessionárias em fevereiro, mas ainda não teve preço definido.

Também estará disponível no primeiro trimestre de 2016 a Tracer, tabelada a R$ 45.990. O modelo que possui uma posição de guiar mais confortável em relação aos modelos convencionais carrega motor de 115 cv.

Mas, para quem quer novidades ainda para 2015, a Yamaha oferece a Factor YBR 150. A street poderá ser encontrada nas lojas ainda este mês nas versões E (R$ 7.390) e ED (7.990). A versão mais cara traz como diferenciais rodas de liga leve, sendo que a dianteira possui freio a disco.

NA SURDINA

Sem alardes, a Yamaha expôs ainda o scooter N-Max, que chegará no primeiro semestre de 2016 para tirar o sossego do Honda PCX. A novidade carrega motor de 155,1 cm³ de 15 cv.

Comentários