Salão de Xangai foca no cliente local

Marcas procuram apresentar produtos focados no mercado chinês
  1. Home
  2. Xangai
  3. Salão de Xangai foca no cliente local
Marcelo Monegato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

(Xangai, China) Apesar de o mercado chinês de automóveis ter pouco mais de 40 marcas nacionais, são as fabricantes estrangeiras (vamos chamar assim) que roubam a cena com, normalmente, carros grandes e focados no luxo – atendendo ao perfil do consumidor local. Poucas destas novidades deverão chegar ao Brasil em um curto espaço de tempo.

Por isso, uma das atrações deste ano será o Cadillac CT6 com sistema de propulsão híbrida plug-in, que chega para disputar mercado com o Mercedes-Benz Classe S, um dos mais vendidos da China. Outro ‘grandalhão’ que promete chamar a atenção é o renovado Lexus ES.

As marcas alemãs também prometem novidades. A mais aguardada é a Mercedes-Benz com o novo GLC Coupé, que chega para bater de frente com o BMW X4 – lembrando que a marca já apresentou este ano em Detroit, nos EUA, o GLE Coupé para acabar com a ‘vida mansa’ do X6.

Por falar em BMW, a marca bávara apresentará a versão híbrida plug-in do X5, enquanto a Audi promete arrancar elogios com o terceiro integrante da família Prologue Concept. Trata-se do Allroad, derivado aventureiro do Prologue Avant, apresentado no Salão de Genebra, em março.

Outro aventureiro que debutará em Xangai é o Citroën Aircross Concept. A Peugeot, por sua vez, promete o conceito do esportivo 308 R Hybrid. Como o nome diz, o francês ‘nervosinho’ tem sistema híbrido de propulsão que gera mais de 500 cv e leva o modelo de 0 a 100 km/h em apenas 4 segundos.

Como Genebra foi o salão dos superesportivos, poucas novidades restaram para Shanghai. Mesmo assim, cavalaria de peso não faltará na China. A McLaren, por exemplo, garante a estreia do 540C, esportivo menos ignorante que o 570S, que apareceu pela primeira vez no Salão de nova York. A Volkswagen, que domina o mercado de táxis em Xangai com o velho Santana (isso mesmo!), terá em seu estante o novo Scirocco GTS. Trata-se, na realidade, de uma versão comemorativa pelo 1 milhão de unidades vendidas do modelo e que traz o nome utilizado pela primeira vez pelo hatch em 1982. A Volks enxerga o Scirocco GTS como uma alternativa ao Golf GTi – e, brasileiros, tirem o cavalinho da chuva pois a VW não pretende levar este carro para o Brasil.

Se no Brasil o mercado dos utilitários esportivas está quente com a chegada de modelos como Peugeot 2008, Jeep Renegade e Honda HR-V, em Xangai o 'mar está para peixe' para este segmento também. A MG, marca de origem inglesa que tem relativa presença na China, vai apresentar a versão de produção de seu SUV compacto CS, que também deverá ser comercializado na Europa. Já a marca Qoros vai apresentar um rival direto nas linhas do Nissan Juke.

Viagem a convite da JAC Motors

Comentários