Barrichello diz que foi ameaçado de demissão pela Ferrari

Piloto alega que foi ameaçado de demissão enquanto liderava o famoso GP da Áustria de 2002
  1. Home
  2. Salões
  3. Barrichello diz que foi ameaçado de demissão pela Ferrari
Autoracing
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Rubens Barrichello deu seqüência ao seu ataque contra a Ferrari e Michael Schumacher nesta semana. O veterano brasileiro, cuja carreira na Fórmula 1 parece destinada a se encerrar, vem cumprindo a promessa de um dia revelar mais sobre seu período de seis anos na tradicional equipe italiana. Ele alega que foi ameaçado de demissão enquanto liderava o famoso GP da Áustria de 2002.

Andando na frente de Schumacher, Barrichello disse que foi avisado pelo rádio: "Você sabe que Michael está atrás de você? É importante para o campeonato". Ele afirmou que sua conversa com os pits se estendeu por oito voltas, antes de um ultimato ser apresentado na volta final.

"A intensidade da conversa aumentava a cada volta. E então, me disseram para pensar no meu contrato", disse Barrichello. "Para mim, ficou claro - tire o pé do acelerador ou você irá para casa".

Barrichello relatou ter ficado assustado com os acontecimentos, e depois perguntou a Schumacher se ele havia tido alguma coisa a ver com a decisão. "Ele disse que não teve nada a ver com aquilo, mas tenho documentos em casa para provar que ele estava ciente de tudo o que ocorreu", insistiu o piloto de 36 anos.

Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Gosta de esportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Mercedes-Benz CLS 55 AMG

BMW M5

Jaguar S-Type R

Maserati Quattroporte

Mercedes-Benz E 55 AMG

Leia também:

SEGREDO! - Opel Insignia OPC é visto em Nürburgring

SEGREDO! - Audi TT RS aparece em testes em Nürburgring

SEGREDO! - Renaultsport Mégane Coupé nasce em Genebra

SEGREDO! - Mercedes-Benz CLK estreará em Genebra

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors