Brasileiro convidou Schumacher para jantar

Rubinho faz política da boa vizinhança
  1. Home
  2. Salões
  3. Brasileiro convidou Schumacher para jantar
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Rubens Barrichello está promovendo seu bom relacionamento com o alemão Michael Schumacher. Ontem 22/03, o brasileiro convidou seu companheiro de equipe para jantar em sua casa. "Nunca tive problemas com meus colegas de escuderia. Não será diferente na Ferrari", disse Rubinho.

A atitude de Barrichello combate as críticas do chefe da McLaren, Ron Dennis, que condenou a postura ingênua do piloto brasileiro e o esquema protecionista da escuderia italiana para Schumacher. "Só se Barrichello for muito bobo para acreditar que receberá o mesmo tratamento dado a Schumacher pelos italianos. Tal condição é tão possível de acontecer quanto a Ferrari pintar seus carros de cor-de-rosa", disse Dennis, aos jornais italianos, antes de viajar para o Brasil.

O Rubinho visitou o autódromo de Interlagos na tarde de ontem 22/03 e não evitou os repórteres e os fãs. Participou de três entrevistas coletivas, deu autógrafos e ainda encontrou tempo para cantar com a dupla sertaneja, Zezé di Camargo e Luciano, no último dia liberado para os convidados vips dos patrocinadores do GP.

A Ferrari foi a única equipe a testar seus motores, assustando o silencioso box da vizinha McLaren, que só pretende expor seus carros hoje. "Tenho certeza de que a McLaren não conseguirá um tempo muito superior ao nosso durante os treinos", garantiu o brasileiro. No ano passado, em Interlagos, a diferença entre Hakkinen e Schumacher foi de um segundo. "Este ano, temos condições de fazer um tempo melhor que o deles", comentou.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors