F-1: Alonso reclama de falta de apoio da Renault

  1. Home
  2. Salões
  3. F-1: Alonso reclama de falta de apoio da Renault
Rodolpho Siqueira
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Com duas corridas para o fim da temporada, o atual campeão do mundo, Fernando Alonso, está empatado com o alemão Michael Schumacher na pontuação do atual campeonato de Fórmula 1. Apesar de a briga ser bastante parelha – e até mesmo imprevisível –, o piloto espanhol reclamou nesta quinta-feira, às vésperas do GP do Japão, que não tem o apoio integral de sua equipe, a Renault.

Alonso falou em entrevista ao site da revista especializada Autosport, da Inglaterra, em reportagem do jornalista Jonathan Noble: “Eu tive que brigar com o Giancarlo Fisichella na última curva”, conta ele, falando sobre seu próprio companheiro de equipe no GP da China. “Eu o ultrapassei, depois ele me passou, e novamente eu lhe tomei a dianteira. Estes momentos de risco com meu parceiro de equipe, com três corridas para o fim da temporada, não são nada bons para a briga pelo título”.

A origem do problema é a partida de Alonso, no fim deste ano, para uma equipe rival, a McLaren – e, com ele, o título de campeão do torneio de pilotos, caso o espanhol seja o vencedor. Apesar de frisar na entrevista concedida à Autosport que reconhece a excelente qualidade do trabalho realizado pela equipe Renault, Alonso diz que o time francês passou a dar prioridade ao título de construtores, pelo qual a equipe também pode sagrar-se bicampeã. Nesta competição, a Renault está à frente da Ferrari na classificação.

“Eu sei que a equipe faz o máximo que pode”, comentou Alonso. “A Renault me fornece um carro fantástico, que venceu o campeonato do ano passado e está disputando o título de 2006... Mas é claro que em algumas ocasiões, devido a uma visão diferente das coisas, eu me senti um pouco sozinho isolado na equipe. Eu tive problemas no GP dos EUA, no qual era competitivo, e na China estive fora do ritmo por umas dez voltas e perdia quatro segundos por volta. Nestes dois momentos, minha opinião é que eu deveria ter tido mais ajuda da equipe... O ambiente na Renault é muito bom. Todos estão concentrados na disputa dos dois campeonatos. Mas com certeza para a equipe o título de construtores é mais importante neste ano”.

Leia também:

F-1: Schumacher se aposenta em meio a acusações de armação

F-1: Zonta e Piquet na equipe Renault em 2007

F1- pneus vão decidir títulos, dizem líderes

F-1: Schumacher surpreso com o próprio desempenho

F-1: Renault perde briga no tapetão
________________________________

Quer receber nossa newsletter e boletins de manutenção de seu carro? Então se cadastre na Agenda do Carro clicando aqui e receba boletins quinzenais com as notícias mais quentes!
________________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors