F-1: Renault perde briga no tapetão

  1. Home
  2. Salões
  3. F-1: Renault perde briga no tapetão
Rodolpho Siqueira
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O chamado “amortecedor de massa” foi considerado ilegal pela Corte de Apelação Internacional da FIA. O dispositivo foi inventado pela equipe Renault de Fórmula 1 e depois copiado por outros times. A decisão pode ter um efeito importante no desenvolvimento da briga pelo título da categoria, pois considera-se que as equipes que utilizam pneus Michelin – como a Renault – levavam vantagem na utilização do dispositivo devido justamente às características de funcionamento de seus pneus.

Os chamados amortecedores de massa são dispositivos mecânicos simples instalados no bico do carro, que utilizam um peso de aproximadamente nove quilos montado dentro de uma mola. Eles melhoram o desempenho do F-1 ao amortecer os movimentos elásticos dos pneus nas curvas, que reagem assim devido às forças que atuam sobre eles, especialmente quando sobre as zebras ou sob fortes freadas.

Este amortecimento dá mais estabilidade tanto ao carro quanto aos pneus, melhorando os níveis de aderência. Assim, o sistema funciona oferecendo resistência na direção oposta ao movimento que vem dos pneus, estabilizando todo o veículo. A inovação pode ser vital em alguns circuitos.

A FIA proibiu o uso do amortecedor de massa no GP da França, mas na corrida da Alemanha os comissários técnicos consideraram normal um carro da Renault equipado com o sistema. Imediatamente, a entidade entrou com um recurso, alegando que os amortecedores de massa são um “dispositivo aerodinâmico móvel”, algo absolutamente controverso, já que ele realiza uma função semelhante à do amortecedor comum eliminar vibrações e desequilíbrios do carro. Além disso, a Renault já utilizava o dispositivo desde setembro do ano passado – portanto, venceu o Campeonato de 2005 com este equipamento e sem a censura da FIA.

Leia também:

Toyota faz primeiro teste oficial na Nascar

Toyota deixa entidade de fabricantes na F1

FIA quer Fórmula 1 ecologicamente correta

F-1: Schumacher surpreso com o próprio desempenho

Velocidade: Honda quer quebrar recorde de F1
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors