F1: Robert Kubica, da BMW, agora quer o título

Vitória dá confiança ao piloto polonês, que acredita ter chances de disputar de igual para igual
  1. Home
  2. Salões
  3. F1: Robert Kubica, da BMW, agora quer o título
Autoracing
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Robert Kubica fez história neste domingo no Canadá. Além de ter sido o 99º piloto na história da F1 a vencer uma prova, ele foi o primeiro vindo do Leste Europeu e o primeiro polonês a triunfar na categoria. Além disso, ele deu à BMW a sua primeira vitória como equipe na categoria.

Agora a ambição do polaco está voltada para outro objetivo, a de conquistar o titulo de campeão da F1. Com o triunfo de ontem, Robert tornou-se o líder da temporada e ele admite que quer agarrar a posição recém-conquistada na tabela de classificação.

“Se estou liderando o campeonato mundial depois de sete corridas e se, com exceção da Austrália, meu pior resultado foi um quarto lugar, vou aproveitar as minhas chances. Espero que a equipe se esforce ao máximo e eu vou me esforçar ao máximo para lutar por isso. Temos de trabalhar, lutar e nos esforçar, mas certamente não nos faltará motivação”, disse o polonês nascido em Cracóvia, a mesma terra de Karol Wojtlya, o Papa João Paulo II.

"Se alguém é o líder depois de sete corridas, fica claro que essa pessoa tem um carro capaz de vencer corridas. E se alguém tem um carro de ponta, então tem uma equipe de ponta”, comentou o piloto, que ainda saudou seus torcedores, poloneses ou não. Alguns deles estiveram presentes em Montreal.

“O ambiente estava ótimo e foi muito bom ter tantos fãs poloneses e de outras nacionalidades torcendo por mim. Foi muito especial vencer aqui, particularmente depois do ano passado”, concluiu Kubica.

Raikkonen atento à ameaça da BMW no campeonato

O campeão mundial Kimi Raikkonen acredita que Robert Kubica e a BMW não podem ser descartados da luta pelo campeonato de 2008, após a primeira vitória do polonês no Canadá no domingo.

O piloto da Ferrari, que foi tirado da prova em um incidente no pitlane quando Lewis Hamilton não parou na luz vermelha, acredita que, apesar de a BMW não ter o carro mais rápido do pelotão, sua consistência a tornou uma ameaça para suas esperanças de manter o título.

"Eles estão marcando pontos o tempo todo", disse Raikkonen sobre a BMW. "Ninguém pode descartá-los. Kubica está cinco pontos à frente de Lewis e Massa, e sete à minha frente".

Perguntado sobre o que achava do fato de Kubica estar liderando o campeonato, o finlandês respondeu: "Vimos que eles vêm sendo rápidos o ano todo, estão na disputa o tempo todo. Agora, eles terminam em primeiro e segundo quando as coisas dão errado para os que estão na frente, o que lhes dá uma boa liderança. Acredito que, com nosso carro, poderemos vencer corridas e nos recuperar. Ainda é cedo, e não estamos na melhor posição no momento, mas temos de começar a vencer corridas novamente".

Raikkonen caiu para a quarta posição no campeonato, após duas etapas sem marcar pontos, em Mônaco e no Canadá. O finlandês está sete pontos atrás de Kubica.

Gosta de esportivos?

Então veja aqui anúncios de carros de sonho, todos presentes no WebMotors:

Porsche

Ferrari

Lamborghini

Leia mais sobre competições:

Ford GT V8

Mecânicos de velocidade

Em alta com a Bia

Emerson e Wilson Fittipaldi correram em etapa de Interlagos

Kimi Raikkonen passeia e vence em Barcelona

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors