Ferrari inaugura um super simulador de 2 toneladas

O sistema está instalado em dois andares e inclui até uma sala de controle
  1. Home
  2. Salões
  3. Ferrari inaugura um super simulador de 2 toneladas
Autoracing
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Ferrari divulgou que desenvolveu um simulador de F1 em sua sede de Maranello, que levou dois anos para ser construído e que é considerado o mais avançado no mundo.

O sistema está instalado em dois andares e inclui uma sala de controle - o simulador propriamente dito é uma plataforma que pesa duas toneladas equipada com atuadores controlados eletronicamente, que pesam cerca de meia tonelada cada um.

Há 10 calculadoras multiprocessadoras com memória total de mais de 60GB, um sistema de som Dolby Surround 7.1 com potência de 3500W, que exigiram mais de 10 kms de cabos.

O piloto se senta na frente de cinco monitores, que oferecem um ângulo de visão total superior a 180 graus. O piloto vê imagens que iria ver se ele estivesse ao volante de um carro real, incluindo o que pode ser visto nos espelhos retrovisores. O cockpit, equipado com controles idênticos pedais, volante, etc, como utilizado em pista, é montado sobre a plataforma, que transmite sinais de atuadores que podem reproduzir todos os movimentos possíveis em todas as direções e assim, unir quase tudo o que um piloto poderia sentir no carro. É impossível reproduzir com exatidão todos os movimentos do carro real, porque isso exigiria um espaço tão grande como uma pista de corrida real: por conseguinte, técnicas são usadas para selecionar e reproduzir alguns destes movimentos de maneira que são compatíveis com o espaço disponível e que o piloto sentiria estando na pista.

A pista é duplicada em um computador específico que utiliza uma reprodução em 3D fiel, incluindo os objetos encontrados na parte lateral da pista e, no fundo, a pista em si, suas características em termos de zebras, e à superfície da pista real. Além disso, contém dados digitalizados em relação à posição do sol e as sombras que este cria. O simularor também possibilita que sejam modificados alguns parâmetros externos, como o ar e a temperatura da pista, assim como o vento.

Estes simuladores têm ganhado importância nas últimas temporadas, principalmente devido as restrições de testes.

O chefe da equipe Stefano Domenicali, que esteve presente na inauguração, disse: "É um dia importante para nós. A conclusão deste projeto significa que agora seremos capazes de enfrentar com mais confiança alguns dos desafios que compõem o dia a dia da Formula 1 moderna, além de colocar a Ferrari na vanguarda em termos de tecnologia."

"Além disso, alegra-me que um projeto tão complexo como este, que teve início há cerca de dois anos atrás, foi concluído no prazo original graças aos esforços de todos aqueles que trabalharam nele."

Twitter
_________________

Gosta de superesportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

Porsche

Maserati

Bentley

Bugatti

Aston Martin

Ferrari

Lamborghini

Leia mais:

SEGREDO - Nova geração do Audi A8 aparece dia 30 em Miami

SEGREDO - Nova geração do BMW Série 3 será lançada em 2012

SEGREDO - Ford Explorer terá carroceria monobloco

SEGREDO - BMW M5 está quase pronto para a briga

SEGREDO - Segunda geração do Mercedes-Benz CLS nasce em 2011

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors