Holofotes para os superesportivos

Confira lista das cinco supermáquinas que estão expostas no Salão de São Paulo
  1. Home
  2. São Paulo
  3. Holofotes para os superesportivos
Marcelo Monegato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Os superesportivos são protagonistas onde quer que estejam – nas ruas, nas estradas, nas lojas ou mesmo ali, parados, estacionados em meio a outros veículos. No Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, que vai até 9 de novembro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, eles, mais uma vez, roubaram a cena. E para homenageá-los, o WebMotors listou os cinco principais do maior evento automotivo da América Latina.

1º PORSCHE 918 SPYDER

IMAGE

Gosto não se discute. Para muitos, talvez, o Porsche 918 Spyder não seja o superesportivo mais bonito do Salão de São Paulo. No entanto, ele é referência em dois quesitos: potência e preço.

O modelo exposto no estande da marca alemã é o mais caro do evento. De acordo com a marca, o 918 Spyder parte de R$ 4 milhões. O carro mais próximo dele em termos de preço é a Ferrari 458 Speciale, que custa R$ 2,3 milhões e o ‘irmão’ 911 Turbo S Cabriolet de R$ 1,199 milhão. Três já foram vendidos no País.

Com relação ao desempenho, o Porsche utiliza sistema híbrido de propulsão – trata-se, aliás, do primeiro veículo de rua da marca com tal tecnologia. O 918 Spyder tem um motor 4.6 V8 de 608 cv e outros dois elétricos que juntos geram 285 cv. Ao todo, o ‘bólido’ descarrega no asfalto 887 cv. A aceleração de 0 a 100 km/h acontece em 2,6 segundos e a velocidade máxima é de 345 km/h.

2º - MERCEDES-BENZ AMG GT

IMAGE

A marca alemã surpreendeu. Duas semanas após apresentar oficialmente ao mundo o AMG GT no Salão de Paris, a Mercedes-Benz trouxe para a capital paulista seu mais novo superesportivo. Trata-se do segundo ‘bólido’ desenvolvido totalmente pela AMG, divisão esportiva da Mercedes – o primeiro foi o SLS.

O AMG GT na versão S – mesma exposta no salão – é equipada com motor 4.0 V8 biturbo de descomunais 510 cv de potência máxima e 66,3 kgf.m de torque. A transmissão é automatizada de dupla embreagem e sete marchas. Em termos de desempenho, o ‘capeta’ germânico acelera de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 310 km/h.

Sua chegada ao Brasil está confirmada: maio de 2015. O preço ainda não foi revelado, mas deverá ser próximo ao do Porsche 911, seu principal concorrente.

3º NISSAN GT-R

IMAGE

Ninguém recebe o apelido de ‘Godzilla’ por acaso. Presente oficialmente pela primeira vez no Salão de São Paulo, o GT-R roubou a cena no estande da Nissan, mesmo branco e dividindo espaço com o aguardado Kicks Concept – futuro crossover da marca que será fabrica do no Brasil.

O GT-R traz sob o capô motor 3.8 V6 biturbo de 545 cv de potência e torque de 64 kgf.m. E assim como o AMG GT, tem câmbio automatizado de dupla embreagem, só que de apenas seis marchas. Sua aceleração de 0 a 100 km/h acontece em apenas 3,9 segundos e a velocidade máxima é de 315 km/h.

O único ‘porém’ do Godzilla é que a Nissan garante não ter planos de importa-lo oficialmente para o Brasil.

4º FORD MUSTANG

IMAGE

Com a proposta de ser um veículo global, o novo Ford Mustang deu as caras em São Paulo nas versões cupê e conversível. No entanto, a marca norte-americana frustrou os aficionados do ‘pony car’ ao afirmar que ainda não há planos de ele passar a ser importado oficialmente, como acontece com seu arquirrival, o Chevrolet Camaro.

O Mustang é ofertado em três opções de motorização. A menor delas é a 2.3 turbo (motor de quatro cilindros da família EcoBoost), que gera interessantes 309 cv de potência e 41,4 kgf.m de torque. Também estão à disposição dos consumidores dos Estados Unidos um propulsor 3.7 V6 de 304 cv, e o mais irado de todos: 5.0 V8 de 426 cv e 53,9 kgf.m de força.

5º CHEVROLET CORVETTE STINGRAY

IMAGE

Outro da terra do ‘Tio Sam’ que está no salão, mas não quer saber de ser importado oficialmente, é o Chevrolet Corvette Stingray – confira avaliação completa do modelo. De acordo com a marca, a supermáquina ideal para o mercado brasileiro é o Camaro, modelo que, na opinião da Chevrolet, cumpre muito bem as expectativas de venda.

O Stingray é comercializado em diversas configurações. A que está presente no Salão de São Paulo e que teria chances de vir ao Brasil oficialmente, é a equipada com motor 6.2 V8 de 461 cv de potência máxima. Este propulsor, acoplado uma transmissão automática de oito marchas, leva o Corvette do 0 aos 100 km/h em apenas 3,8 segundos.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors