Marcas do Grupo Volks esquentam os motores de Frankfurt

Novo Tiguan, Huracán Spyder, bentlen Bentayga e Porsche 100% elétrico roubam a cena
  1. Home
  2. Frankfurt
  3. Marcas do Grupo Volks esquentam os motores de Frankfurt
Marcelo Monegato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


(Frankfurt/Alemanha) - Como já se tornou tradição, o Grupo Volkswagen realizou nesta segunda-feira (14), noite que antecede os dias de imprensa do Salão de Frankfurt, na Alemanha, uma apresentação prévia das principais novidades que a marca terá no maior evento automotivo do ano. Entre as principais atrações estão a nova geração do Tiguan, o Lamborghini Huracan Spyder, o esquisito Bentley Bentayga – primeiro utilitário esportivo da marca – e um Porsche 100% elétrico.

Para o mercado brasileiro, o lançamento mais importante, sem sombra de dúvidas, foi a nova geração do Tiguan. Ainda sem data de chegar ao mercado brasileiro (as apostas são para 2016), o utilitário esportivo compacto está com linhas mais arrojadas, que remetem ao conceito Taigun, apresentado no Salão de São Paulo de 2012. O design também já está em sintonia com o novo Passat, que deu as caras este ano no Salão de Buenos Aires,na Argentina, mas que também não tem data para chegar ao Brasil.

Foram reveladas as versões R Line, com pegada mais esportiva, e a GTE, que tem propulsão híbrida (motor elétrico + motor a combustão) com autonomia de aproximadamente 500 km - confira mais informações sobre o modelo aqui.

IMAGE

Outro que naturalmente roubaria a cena – como fez – foi o inédito superesportivo Huracán LP 610-4 Spyder. Com visual arrebatador e ronco de fazer inveja, o Lamborghini entrou na Fraport Arena, em Frankfurt, impondo respeito – nesta terça-feira, no primeiro dia de coletivas do salão, a Ferrari deverá apresentar a versão spyder da 488, revelada em Genebra, concorrente direta do Huracán.

O italiano é equipado com motor 5.2 V10 com 610 cv de potência a elevados 8.250 rpm e torque de 57,1 kgf.m a 5.600 rpm. Com estes números, mais tração integral e câmbio automatizado de dupla embreagem de 7 velocidades, a aceleração de 0 a 100 km/h do Huracán Spyder acontece em apenas 3,4 segundos (de 0 a 200 km/h em 10,2 segundos) e atinge a velocidade máxima de 324 km/h.

IMAGE

Outro que chamou muito a atenção – não pela esportividade como o Huracán ou pela importância mercadológica como o Tiguan – foi o Bentayga. O primeiro SUV da Bentley tem visual de beleza questionável, mas requinte suficiente para atrair os multimilionários (seu público-alvo).

Com 5,12 metros de comprimento, o Bentayga é equipado com motor W12 biturbo (injeção direta de combustível) de 610 cv de potência máxima e 91,7 kgf.m de força. A aceleração de 0 a 100 km/h é em 4,1 segundos e a velocidade máxima é de 301 km/h – números que fazem muitos esportivos morrerem de inveja.

IMAGE

A Porsche fechou a festa com os 911 Carrera S Coupé e Cabrio. A novidade está para a nova família de motores biturbos dos esportivos da casa de Stuttgart, que passam a entregar 420 cv de potência máxima e torque de 50,9 kgf.m de torque – boa parte desta força entregue entre 1.700 e 5.000 rotações. Outro ponto importante é que o ‘up grade’ de desempenho chega com menor consumo de combustível e queda nas emissões de gases poluentes.

No entanto, quando a festa parecia ter acabado, a Porsche revelou mais uma belezinha – esta, porém, focada no futuro. Trata-se do Mission E. Com sistema de propulsão 100% elétrico – com 0 de emissões -, o esportivo tem 600 cv de potência e acelera de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e de 0 a 200 km/h em 12 segundos. A velocidade máxima é de 250 km/h.

No entanto, o mais impressionante são as capacidades técnicas de causar inveja a muitos elétricos por ai. A primeira delas é a autonomia impressionante de 500 km – coisa que muito carro à combustão não tem – e capacidade de recarga de 80% da bateria em apenas 15 minutos.

Quando este Mission E chega às ruas? A resposta é muito difícil. Mas de acordo com o manda-chuva da Volkswagen, Martin Winterkorn, 20 novos modelos elétricos ou híbridos plug-in serão lançados pelas marcas do grupo até 2020. Será que este Porsche não está no pacotão? Quem sabe...

IMAGE

OUTROS MODELOS

Entre outras atrações, a Audi, por exemplo, atacou com uma família repaginada de A4. Os carros estão com visual mais esportivo e perderam - finalmente - aquela cara de tiozão. Logo deve chegar ao Brasil nas versões sedã e perua.

Já a Ducati, marca que recentemente passou a fazer parte do Grupo Volkswagen, apresentou pela primeira vez ao mundo a nova Monster 1200 R. Já a Bugatti, que ainda não encontrou um substituto para o insubstituível Veyron, atacou com uma máquina para as pistas, o Vision Gran Turismo.

IMAGE

Consute preços de carros novos e usados na Tabela Fipe e WebMotors.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors