Mitsubishi MotorSports Nordeste: final da 1ª etapa

Belas paisagens e muita adrenalina na abertura da temporada 2004
  1. Home
  2. Salões
  3. Mitsubishi MotorSports Nordeste: final da 1ª etapa
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O Mitsubishi MotorSports Nordeste deu a largada para a sua quinta temporada na região, com a disputa da primeira das quatro etapas do calendário deste ano. A prova aconteceu em Recife, Pernambuco, no sábado, dia 17 de abril, reunindo 119 duplas – 39 na categoria Graduados e 80 na Turismo - com seus Mitsubishi Pajero e suas L200 Cabine Dupla. E contou com um visual muito bonito e muita adrenalina ao longo de todo o percurso.

A vitória entre os Graduados ficou com os gaúchos Alípio Petzinger e Augusto Petzinger, da cidade de Igrejinha, com um total de 86 pontos perdidos. Duas duplas de Natal RN – Jefferson Barbalho/Rômulo Cirne e Iuri Afonso/Rodrigo Castro -, respectivamente segunda e terceira colocadas.

Já na Turismo, os pernambucanos Ricardo da Fonte e Francisco Cerpa venceram em casa, terminando a etapa com 221 pontos perdidos. Uma dupla da cidade de Cabedelo, na Paraíba, e mais três de Recife completaram os cinco primeiros lugares da categoria, mostrando a força da região.

A largada, com chuva, aconteceu na famosa Praia de Boa Viagem, em frente ao Bar Boteco. Mas logo o sol reapareceu e as duplas seguiram por uma trilha de 175 quilômetros em direção ao Litoral Norte, até a chegada no Gavôa Praia Hotel, em Igaraçu, próximo da praia de Maria Farinha.

Matas naturais, plantações de cana, engenhos e açudes fizeram parte do caminho das duplas, que enfrentaram muitas poças e barro, já que choveu ao longo da semana na região. Assim, a trilha saiu de Recife em direção a São Lourenço, passando por Pau D´Alho e Aldeia, até Igaraçu. Sempre com um belo visual. Como na barragem do açude de Goitá, em São Lourenço.

A prova para a categoria Turismo terminou na Usina São José, com pilotos e navegadores seguindo para o Gavôa Praia Hotel, após 4h30 de disputa. Enquanto isso, os Graduados enfrentavam um dos trechos mais difíceis do percurso: um areião no canavial, com uma plantação de cana margeando matas nativas, parecendo um labirinto, sinuoso. Um trecho de muita adrenalina, onde errar poderia significar colocar toda a prova a perder. No total, foram 5 horas até a chegada no Gavôa, um local muito bonito, misturando um visual de mata e praia. Lá, as cinco melhores duplas da Graduados e da Turismo foram premiadas com troféus.

Agora, as atenções se voltam para a próxima prova, a segunda da temporada, que acontece em Salvador, no dia 5 de junho.

Graduados
1º - Alípio Henrique Petzinger/Augusto Henrique Petzinger - 86
2º - Jefferson Barbalho Penha/Rômulo de Medeiros Cirne - 90
3º - Yuri de Oliveira Afonso/Rodrigo Fernando Diaz Castro - 126
4º - Waldemiro Veiga/Fábio R Baeumle - 138
5º - João Bosco Araújo Almeida/Pedro Eurico C.rego - 141

Turismo
1º - Ricardo da Fonte/Francisco Serpa - 221
2º - Ricardo Alves Rolim/Jean Paul Bernhardt - 334
3º - Wilson Rodriges dos Santos/Ednaldo Torres de Barros Jr - 405
4º - Bruno da Fonte/Luiz Costa - 477
5º - Nelson Barreto Coutinho B M/Flavio Figueredo - 542


Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors