Piloto japonês morre depois de bater a 200 km/h; Alexandre Barros não completou a prova

Morte nas oito horas de Suzuka
  1. Home
  2. Salões
  3. Piloto japonês morre depois de bater a 200 km/h; Alexandre Barros não completou a prova
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- 01/08 - 19:30 - O piloto japonês Mamoru Yamakawa bateu sua motocicleta a 200 km/hora, ontem, durante prova válida pelo Mundial de Resistência de Motovelocidade, disputada neste final de semana, em Suzuka, Japão.

O acidente ocorreu no início da prova, apenas 01h06m depois da largada. A prova foi interrompida durante alguns minutos, mas recomeçou normalmente, terminando com a vitória da dupla japonesa Tohru Ukawa e Daijiro Kato, pilotansdo uma Honda. Em segundo lugar, com uma volta atrás dos vencedores, ficou a dupla, também japonesa, formada por Akira Ryo e Keiichi Kitagawa, com Suzuki. Em terceiro, com três voltas de atraso em relação as 215 voltas dos vencedores, ficaram o japonês Tamaki Serizawa e o australiano Peter Goddard, com Kawasaki, campeão mundial de resistência em 1997 e único não-nipônico presente ao pódio.

O brasileiro Alexandre Barros, que venceu a edição 99 da prova, largou em terceiro em parceria com o japonês Makoto Tamada, mas sua Honda não resistiu às exigências da prova, que dura oito horas, e deixou a dupla nipo-brasileira fora da prova.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors