Rubens Barrichello vence o GP da Hungria

Brasileiro assume vice-liderança no campeonato; Ferrari é campeã
  1. Home
  2. Salões
  3. Rubens Barrichello vence o GP da Hungria
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Com a vitória no GP da Hungria, conquistada no domingo 18, o brasileiro Rubens Barrichello conseguiu três feitos de uma só vez: sua terceira vitória na categoria; assumir a segunda colocação no Mundial de pilotos e proporcionar à Ferrari o seu 12º título do Mundial de construtores.

Largando na pole position, Barrichello liderou a corrida praticamente de ponta a ponta. O brasileiro só perdeu a dianteira nas duas voltas que parou nos boxes para trocar pneus.

O alemão Michael Schumacher, pentacampeão mundial por antecipação, limitou-se a desempenhar o papel de coadjuvante na corrida. Schumacher foi o escudeiro de Barrichello durante toda a prova e chegou até a “aliviar” e não ultrapassou o brasileiro nas oportunidades que teve para fazê-lo.

O irmão de Michael, Ralf Schumacher, da Williams, chegou em terceiro. Seu companheiro de equipe, o colombiano Juan Pablo Montoya, teve problemas e completou a corrida em 11º.

O brasileiro Felipe Massa, da Sauber, também teve uma boa corrida e só não pontuou graças ao excelente trabalho de recuperação da McLaren. Massa, que ocupou a quinta posição durante grande parte da prova, terminou a corrida em sétimo lugar.

Agora Barrichello soma 45 pontos no campeonato e ocupa a vice-liderança. Ralf Schumacher e Juan Pablo Montoya dividem a terceira posição com 40 pontos. Entre os construtores, a Ferrari tem 157 pontos e não pode mais ser alcançada pela segunda colocada, a Williams, que soma 80 pontos.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors