Schumacher: “Nem sonho em desistir do título.”

  1. Home
  2. Salões
  3. Schumacher: “Nem sonho em desistir do título.”
Rodolpho Siqueira
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A forte campanha do piloto espanhol Fernando Alonso e da equipe Renault não abalaram o moral do heptacampeão Michael Schumacher, da Ferrari. A fábrica francesa venceu seis das oito corridas disputadas – sendo cinco com Alonso e uma com Giancarlo Fisichella. Schumacher faturou os dois GPs restantes. Além de vencer as últimas três corridas em seguida, o atual campeão também acumula uma vantagem de 23 pontos sobre o alemão, com 10 provas a serem disputadas até o fim da temporada.

No fim de semana passado, durante o GP da Inglaterra, Alonso liderou do começo ao fim e jamais foi importunado por Schumacher, que cruzou a linha de chegada em um distante segundo lugar. Mas o piloto da Ferrari ainda acredita que a vantagem de Fernando pode ser reduzida.

“Eu nem sequer sonho em desistir. Mas é certo que a briga pelo título será muito difícil se as coisas continuarem dessa forma”, admitiu o alemão. “É preciso levar em consideração que ainda não completamos nem metade da temporada. Então, se Alonso conseguiu abrir essa vantagem, ela também pode ser revertida até o final do ano. É assim que eu e a minha equipe enxergamos a situação.”

Para Schumacher, porém, essa meta só será possível se a Ferrari reagir. “Precisamos reduzir a vantagem agora e a única maneira de fazer isso é ser mais veloz que Fernando e os Renault. Mas não será fácil, pois a Renault está fazendo um trabalho muito bom”. O alemão diz, no entanto, que as dificuldades o estimulam: “Não há nada melhor do que uma luta dura e difícil. É muito inspirador.”
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors