Fit 2018 chega dia 15 de setembro. Veja os preços

Hatch terá reestilização discreta e controle de estabilidade em todas as versões. A partir de R$ 57,8 mil

  1. Home
  2. Segredos
  3. Fit 2018 chega dia 15 de setembro. Veja os preços
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Honda já anuncia no seu site oficial a chegada da linha 2018 do Fit, exibindo a silhueta da dianteira do hatch na versão de topo EXL, que vai ganhar luzes de condução diurna de LEDs integrada aos faróis No endereço https://www.honda.com.br/automoveis/fit, os interessados podem se cadastrar para receber informações a respeito do lançamento, que chega dia 15 de setembro à rede autorizada. Pela imagem, que mostra o carro quase todo coberto por sombras, dá para ver também que o modelo produzido em Sumaré (SP) terá também grade dianteira redesenhada, seguindo um estilo um pouco diferente do aplicado nas versões do Fit vendidas no Japão e nos Estados Unidos, reestilizadas recentemente. Os para-choques também serão redesenhados.

O WM1 confirmou com concessionárias da cidade de São Paulo os preços de todas as versões e os principais novos itens de série do hatch. A primeira coisa a destacar é que, agora, todas as configurações do Fit virão equipadas de série com controles de tração e estabilidade e assistente de partida em rampa - uma antecipação à obrigatoriedade do controle de estabilidade em todos os carros novos vendidos no Brasil a partir de 2022.

Outro destaque fica por conta dos preços, a maioria reajustada para cima. A configuração de entrada DX é a única a ficar mais em conta: custava R$ 63,2 mil e vai sair por R$ 57,8 mil. O detalhe é que, agora, essa configuração, que tinha câmbio CVT, passará a ser oferecida apenas com transmissão manual de cinco marchas. Aliás, será a única opção com essa caixa de marchas disponível para o modelo.

icon photo
Legenda: honda fit 2018 teaser
Crédito: honda fit 2018 teaser

Para preencher a lacuna deixada pelo Fit DX CVT, que deixa de existir, a Honda vai lançar a versão Personal, com preço de R$ 68,7 mil. Equipada com CVT, será baseada na versão DX, com mais alguns itens de série. Vai ser oferecida ao púlbico PCD (portador de deficiência), que tem direito a isenções fiscais na compra, mas também estará disponível a qualquer consumidor, informou o vendedor na concessionária consultada.

Voltando aos preços, o Fit LX terá o preço reajustado de R$ 67,6 mil (com CVT) para R$ 70,1 mil, enquanto o EX subirá de R$ 73,8 mil para R$ 75,6 mil. Já a configuração de topo EXL vai saltar de R$ 78,9 mil para R$ 80,9 mil. Com pintura metálica, os valores são acrescidos de R$ 1.000 e a cor branca perolizada, uma novidade, vai sair por R$ 1.290 adicionais.

ITENS HERDADOS DO CITY

Além disso, dois itens já disponíveis para as versões mais caras do City, sedã que compartilha a plataforma e vários componentes com o Fit, passam a ser oferecidos para o hatch. Agora, as versões EX e EXL passam a trazer ar-condicionado automático e digital e borboletas atrás do volante para trocas manuais das sete marchas virtuais do câmbio CVT. Essa transmissão vai manter o modo Sport, para respostas mais ágeis.

Além disso, a configuração EXL vai ganhar nova central multimídia, compatível com Android Auto e Apple CarPlay, interfaces para tornar mais fácil, intuitiva e segura a conectividade com dispositivos móveis Android e iOS. Agora, o Fit EX passa a vir de série com quatro airbags (dois dianteiros e dois laterais) e luzes diurnas de LEDs ao lado dos faróis de neblina, na parte inferior do para-choque dianteiro - por falar neles, passam a vir de fábrica em todas as configurações, a partir da LX.

Já a versão EXL segue com seis bolsas infláveis (duas dianteiras, duas laterais e duas de cortina).

Quanto à parte mecânica, fomos informados que seguirá como hoje, mantendo o motor 1.5 flex de até 116 cv de potência e 15.3 kgf.m de torque máximo - por enquanto, nada de motor 1.5 turbo para o nosso Fit, já disponível nos Estados Unidos e Europa e que hoje é uma exclusividade do Civic Touring aqui. Veja a tabela completa de preços.

DX (manual)

R$ 57,8 mil (era R$ 63,2 mil com CVT)

Personal

R$ 68,7 mil (versão inédita)

LX

R$ 70,1 mil (era R$ 67,6 mil)

EX

R$ 75,6 mil (era R$ 73,8 mil)

EXL

R$ 80,9 mil (era R$ 78,9 mil)

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors