O que esperar do novo Chevrolet Onix Plus: Motor

Sedã que substitui o Prisma vai estrear conjunto mecânico, mais moderno e limpo, movido por um 1.0 turboflex

  1. Home
  2. Segredos
  3. O que esperar do novo Chevrolet Onix Plus: Motor
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Em mais uma reportagem de "esquenta" para o lançamento do Onix Plus, o WM1 antecipa para você, caro leitor, o conjunto mecânico que vai equipar o sucessor do Prisma. Depois de falarmos sobre o design, que será inspirado no do modelo chinês, agora vamos destrinchar o motor da nova geração do sedã que será lançado no próximo dia 12 de setembro.

OFERTAS WEBMOTORS

Tudo novo

O sedã vai estrear um inédito motor 1.0 turbo, conforme já havíamos noticiado, que terá configuração de montagem de três cilindros, será flex e ainda usará injeção direta de combustível. Tudo para render 116 cavalos - o propulsor será de uma nova família, chamada CSS Prime, que não tem nada a ver com a atual SPE/4. O câmbio, segundo informações prévias, será manual ou automático, ambos com seis marchas.

O novo conjunto promete ser mais "limpo" que a atual gama de motores de quatro cilindros, com menor nível de emissão de poluentes e certamente melhores números de consumo que valores atuais do Prisma Joy 1.0. De acordo com o Inmetro, o sedã veterano faz 8,7 km/l e 10,9 km/l (cidade e estrada, com etanol) e 12,9 km/l e 15,6 km/l (cidade e estrada, com gasolina).

O Onix Plus ainda deverá receber a tecnologia de wi-fi à bordo em uma configuração topo de linha, que deverá se chamar Premier, assim como já faz o Cruze. Os preços do novo modelo devem ficar entre R$ 65 mil e R$ 80 mil - no entanto, também são esperadas até o final do ano versões com motor aspirado, que serão mais baratas e voltadas a frotistas.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors