Ranger e Amarok poderão ter SUV de 7 lugares

Próxima geração das picapes da Ford e Volkswagen irão dividir plataforma e outros componentes, mas só em 2022

  1. Home
  2. Segredos
  3. Ranger e Amarok poderão ter SUV de 7 lugares
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

É algo comum as montadoras aproveitarem os projetos de picapes médias e criarem versões SUV, como a Chevrolet S10 com o Trailblazer. Agora, segundo os amigos do mexicano Autologia, o chamado Projeto Cyclone, das próximas gerações de Ranger e Amarok, também poderá acrescentar versões SUV com sete lugares.

Tudo ainda não passa de especulação, uma vez que as matrizes das marcas não deram sinal verde para a extensão do projeto. Falta ainda avaliar custos e rentabilidades dos novos modelos.

Ensaios e experiências

Vale ressaltar que a Ford já teve o Everest baseado na Ranger, vendido por várias gerações na Ásia. Já no caso da picape da Volkswagen, um utilitário esportivo seria algo inédito.

Imagem mostra projeção de um SUV baseado na picape Amarok da Volkswagen na cor prata
icon photo
Legenda: Projeção de quando a Volkswagen cogitou ter um SUV derivado da Amarok

A marca alemã até idealizou em algum momento o modelo, mas os índices de emissões de poluentes impediram a continuidade do projeto. A marca também acreditou que não deveria concorrer com produtos do próprio portfólio, como o Touareg, apesar da proposta diferente.

No entanto, pensando no mercado atual, esses SUVs concorreriam com Toyota SW4, Chevrolet Trailblazer e Mitsubishi Pajero Sport.

Perto do Brasil

Internamente, o projeto da Ranger atende pelo codinome P703, enquanto o da Amarok recebe a alcunha de J73 - e o do SUV, de U704. A possível economia gerada pelo Projeto Cyclone trouxe força nova às ideias, uma vez que vários itens seriam compartilhados.

Caso sejam confirmados, todos os modelos (dois SUVs e as novas Ranger e Amarok) serão produzidos na Argentina, na fábrica de Pacheco. Porém, só lá para 2022.

 

Comentários