AMI, o Citroën elétrico, está à venda na França

Com espaço para dois passageiros, modelo tem 75 km de autonomia e foco na mobilidade urbana

  1. Home
  2. Tecnologia
  3. AMI, o Citroën elétrico, está à venda na França
Fabio Perrotta Junior
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Focado na mobilidade urbana, já está à venda na França o Citroën Ami. Completamente elétrico, o veículo tem espaço para dois ocupantes e 75 quilômetros de autonomia.

Segundo veículo da ofensiva elétrica lançada pela Citroën em 2020, o AMI está sendo vendido no e-commerce da marca francesa. Além das vendas online, o modelo estará exposto em diversas livrarias do país, de onde também poderá ser comprado.

Com 75 km de autonomia, o Citroën elétrico é indicado para viagens curtas pela cidade. Sua bateria de íon de lítio de 5,5 kWh pode ser carregada em apenas 3 horas através de um soquete de 220V padrão, usando o cabo que fica embutido no veículo.

icon photo
Legenda: Citroën elétrico: AMI é solução para o futuro da mobilidade, segundo a marca francesa
Crédito: Divulgação

Com um motor elétrico de 6 kW, algo em torno de 8 cv de potência, o AMI tem velocidade máxima de 45 km/h. Ultracompacto, o Citroën elétrio tem apenas 2,41 m de comprimento. Com espaço para um passageiro além do motorista, o modelo usa artifícios de seus ancestrais, como a janela com dobradiças a la 2 CV.

Sem previsão para o Brasil

Na França, o AMI custa a partir de € 6.000, incluindo imposto, algo na casa dos R$ 36 mil reais. Por lá, estão disponíveis também modalidades de aluguel a curto e longo prazo, com taxas que variam de acordo com a versão do AMI.

O AMI estará disponível na Itália e na Espanha até o fim deste ano e em 2021 em outros países da Europa. Não há previsão de vendas do carro para o Brasil.

Comentários