Como funciona o sensor de ponto cego?

Dispositivo ajuda a mostrar ao motorista carros, motos e bicicletas que não sejam possíveis enxergar pelo retrovisor

  1. Home
  2. Tecnologia
  3. Como funciona o sensor de ponto cego?
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O avanço da tecnologia na indústria automotiva facilitou a vida dos motoristas e tornou o trânsito mais seguro. Um desses dispositivos que exerce essa dupla função é o sensor de ponto cego.

Seu principal diferencial é mostrar ao motorista que há algum objeto que ele não consegue enxergar através do retrovisor.

Não tem jeito. Não adianta colocar o banco e os espelhos na posição mais perfeita. O ponto cego sempre estará presente. Ele se dá por conta das colunas e outras partes da carroceria do carro. São áreas que parecem invisíveis, mas que podem ser ocupadas por outro carro, moto, bicicleta ou pedestre na rua.

Com isso, o sensor de ponto cego visa minimizar o risco de acidentes. Ele funciona de forma relativamente simples. Sensores emitem ondas constantemente para estas áreas que fogem aos olhos do condutor.

Toyota Etios Sedã X Plus Automático
icon photo
Legenda: Nem mesmo o ajuste perfeito da posição do retrovisor é capaz de zerar o ponto cego
Crédito: Divulgação

Ao receber o sinal de que há algum obstáculo naquela área, o sensor informa ao motorista, geralmente por meio de uma pequena luz no retrovisor ou próximo dele. Assim, quem estiver ao volante sabe que precisa tomar cuidado ao realizar qualquer manobra.

Comentários