Pane elétrica lidera ranking de sinistro

Ocorrência é a mais comum no período de férias. Confira alguns cuidados para não ficar na estrada
  1. Home
  2. Tecnologia
  3. Pane elétrica lidera ranking de sinistro
Adriana Bernardino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Nada mais frustrante do que ter problemas com o carro em plena viagem de férias. Ainda que nenhum motorista esteja imune a uma pane inesperada, fazer manutenção preventiva e ir à oficina para revisões periódicas pode reduzir, e muito, os riscos de parar na estrada. O mais comum deles, segundo levantamento feito pela seguradora Tokio Marine em 2011, é a pane elétrica.

Entre janeiro e fevereiro do ano passado, 42,8% dos motoristas acionaram a assistência 24 horas da seguradora com algum problema dessa categoria. “Carro superaquecido é a pane elétrica mais comum”, diz Fabiana Guadani Dias, mecânica especializada em injeção eletrônica. De acordo com a profissional, o problema pode ser evitado com a troca periódica do sensor de temperatura cebolão, colocando-se aditivo e a água no nível.

Os sinais de uma pane elétrica são, em geral, a ventoinha parar de funcionar e o fusível queimar devido à sobrecarga de energia.

Cuidados

Para reduzir os riscos de pane elétrica, Fabiana faz duas recomendações:
1ª – antes de ligar GPS, carregador de celular, iPod etc., peça a um eletricista para verificar se a amperagem do fusível suporta a carga;
2ª – nunca, jamais, abra a tampa do reservatório de água com o carro quente.

Pane mecânica
O segundo lugar no ranking de sinistros ficou com a pane mecânica, que representara 32,7% das ocorrências. Segundo Fabiana, o sinal mais comum de pane mecânica é a luz do óleo do motor acender. “O motorista não pode se esquecer de trocar o óleo do motor, um item essencial à vida do veículo”, alerta. Entre os cuidados necessários, a mecânica aconselha também trocar a correria dentada nas revisões e não ficar com o pé na embreagem, o que gera desgaste.

Pane não identificada

A pane não identificada ficou com o terceiro lugar no ranking da seguradora 24,16%. Entram nessa classificamos as situações em que o carro para de funcionar sem explicação. “Alguns defeitos de injeção eletrônica nem sempre são de fácil identificação. Nesse caso, percorremos um longo caminho até chegar a um diagnóstico, mas um defeito ou é elétrico ou é mecânico”, esclarece Fabiana.

Pane seca

O quarto lugar da seguradora ficou com a pane seca 0,36%. Segundo dados de uma concessionária de estradas de São Paulo, veículos parados por falta de combustível chegaram a representar 10% das ocorrências nas rodovias em 2011. Pane seca é considerada infração média pelo Código de Trânsito Brasileiro, com multa de R$ 85,13 e pena de 4 pontos na carteira.

_________________________
Fabiana Guadani
Mecânica ‘Alemão, o Bom’: 11 5687-8929
Av João Dias 115 - Santo Amaro-SP

_________________________
Fique atento às necessidades do seu veículo. Cadastre-se na Agenda do Carro ou Agenda da Moto e receba grátis alertas com as principais revisões.

Saiba 5 preços do seguro do seu veículo em uma cotação
________________________
Leia também:

Motores mais eficientes que chegam ao mercado este ano vão exigir cuidados extras do motorista

Seu carro bebe muito? Veja dez dicas para ajudar diminuir a sede dele

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors