Tesla Model 3 não terá painel de instrumentos

Elon Musk afirmou que sedã compacto vai reunir as informações em tela de LCD no console central

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Tesla Model 3 não terá painel de instrumentos
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Muita gente reclamou do painel de instrumentos centralizado do Toyota Etios quando ele foi lançado no Brasil, em setembro de 2012. Polêmicas à parte, o consumidores em geral estão acostumados ao cluster na posição tradicional, atrás do volante, de modo que o motorista possa conferir informações como velocidade sem desviar muito os olhos do trajeto.

Tesla Model 3
icon photo
Legenda: Tesla Model 3
Crédito: Tesla Model 3

A Peugeot, por exemplo, traz um painel mais alto (e na posição convencional) em alguns modelos. E carros de luxo, geralmente vem equipados com o chamado “head-up display”, que projeta as principais informações direto para-brisa, sem que o motorista precise desviar o olhar da pista.

Conhecida pela inovação e pela tecnologia embarcada nos seus veículos 100% elétricos, a Tesla anunciou, por meio do CEO Elon Musk, que o Model 3, modelo mais acessível da marca, vai dispensar o painel centralizado e inclusive o “head-up display”. O sedã compacto, que começa a ser produzido em pré-série em meados deste ano, terá apenas a tela de 17" no console central trazendo todas as informações concentradas, inclusive aquelas normalmente exibidas por um painel de instrumentos ao qual todos estamos acostumados.


Tesla Model 3
icon photo
Legenda: Tesla Model 3
Crédito: Tesla Model 3

O Model S e o Model X, por exemplo, já contam com essa tela, mas não dispensam o cluster atrás do volante. As informações sobre o Model 3 foram confirmadas por Musk na sua conta no Twitter, em resposta a questionamentos de alguns seguidores.

Elon Musk também definiu o próximo lançamento da Tesla como uma “versão menor, mais acessível, menos potente e com menos equipamentos que o Model S, que tem tecnologia mais avançada.”

Especulações apontam que o Model 3  terá preço inicial na faixa dos U$ 35 mil (cerca de R$ 109 mil na conversão direta), cerca de metade do valor do Model S, e terá autonomia de pelo menos 345 km com uma carga completa das baterias de íons de lítio. A versão básica terá tração traseira, mas, a exemplo do S, deverá contar com uma opção dotada de dois motores elétricos (um em cada eixo) e, portanto, tração integral.

O Model 3 “básico” deverá acelerar de zero a 100 km/h em cerca de seis segundos e trazer o Autopilot, sistema de condução autônoma presente nos demais carros da marca norte-americana.

Comentários