Tesla terá picape e caminhão com motor elétrico

Marca também foi oficializada pela agência ambiental norte-americana como fabricante do elétrico de maior autonomia

  1. Home
  2. Tecnologia
  3. Tesla terá picape e caminhão com motor elétrico
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Esta semana tem sido cheia de notícias positivas envolvendo a Tesla, fabricante californiana de automóveis elétricos. Após a marca superar, ao menos momentaneamente, Ford e General Motors em valor de mercado, Elon Musk, CEO da montadora, confirmou para julho o lançamento do Model 3, sedã compacto que pretende ser um dos elétricos mais acessíveis dos Estados Unidos, com preço inicial na faixa dos US$ 35 mil (cerca de R$ 110 mil na conversão direta). Além disso, Musk anunciou para setembro a apresentação do primeiro caminhão da marca, 100% elétrico e dotado de tecnologias de condução autônoma e segurança ativa, e prometeu a chegada da primeira picape da Tesla dentro de 18 a 24 meses. A picape, que já havia sido antecipada pelo chefão da montadora, inclusive ganhou uma projeção de como poderá se parecer, feita pelo site "Truck Trend".

Projeção de picape da Tesla
icon photo
Legenda: Projeção de picape da Tesla
Crédito: Projeção de picape da Tesla

Para completar a semana, a EPA, agência de proteção ambiental dos Estados Unidos, oficializou o sedã Model S 100D como o elétrico com a maior autonomia dentre os veículos já avaliados pelo órgão ambiental, chegando a 539 km no modo combinado, levando em conta trajetos urbanos e rodoviários.

A medição da EPA ratifica a autonomia divulgada pela própria Tesla ao lançar o Model S 100D, há cerca de três meses. Com isso, o sedã consegue rodar 32 km a mais com as baterias completamente carregadas que o segundo colocado, também da Tesla – o Model S P100D, versão de alta performance, capaz de fazer o zero a 100 km/h em cerca de 2,4 segundos. A versão sem o “P” no nome faz o mesmo em aproximadamente 4,3 segundos.

O Model S 100D cobra a conta ao permitir, digamos, ir de São Paulo até o Rio de Janeiro com uma carga completa e ainda sobrar energia para um rolê na Barra da Tijuca. Nos EUA, o carro tem preço inicial de US$ 92,5 mil (R$ 291 mil na conversão direta e custa US$ 3.000 (R$ 9,5 mil) acima do valor cobrado pelo Model S 90D, que tem baterias de menor capacidade e autonomia um pouco mais baixa, de 473 km.

 

Comentários