Toyota Corolla híbrido flex chega no final do ano

Esta é a 12ª geração do sedã que terá tecnologia inédita no mundo: propulsão híbrida com motor que aceita etanol

  1. Home
  2. Notícias
  3. Toyota Corolla híbrido flex chega no final do ano
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O Brasil entra para a história automobilística mais uma vez: o primeiro veículo do mundo com motor híbrido flex será fabricado em solo nacional. Quem recebe a tecnologia é a nova geração do Toyota Corolla, que foi apresentado no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo de São Paulo, estado pioneiro na produção de etanol, e chega às concessionárias do país no último trimestre de 2019.

icon photo
Legenda: Toyota Corolla híbrido flex será produzido em Indaiatuba (SP)

E com isso podemos dizer que "fomos surpreendidos novamente", pois todos esperavam que o Prius Flex chegaria primeiro ao mercado.

O novo Corolla híbrido flex será produzido em Indaiatuba (SP), na fábrica que está enfrentando um processo de modernização que vai custar R$ 1 bilhão, investimento que foi anunciado em setembro do ano passado. A Toyota ainda não divulgou especificações sobre o novo motor, mas é provável que ele seja o 1.8 de 4 cilindros e que entrega cerca de 123 cv de potência e 16,6 kgfm de torque, assim como o Prius atual. O Corolla híbrido europeu acelera de 0 a 100 km/h em 11 segundos e atinge 180 km/h de velocidade máxima.

icon photo
Legenda: Modelo chega às lojas até o final do ano

Os estudos para desenvolver esse tipo de propulsão começaram em março de 2018, mas já em dezembro a produção foi confirmada. Assim, o anúncio está em linha com o Programa Rota 2030 que busca estimular o desenvolvimento de novas tecnologias para produzir veículos mais eficientes.

icon photo
Legenda: Desenho da 12ª geração ficou mais agressivo

A 12ª geração do Corolla será o veículo híbrido mais limpo já produzido e contará com um motor elétrico e outro flex. O novo sedã será montado sobre a plataforma TNGA (Nova Arquitetura Global da Toyota), que já está presente no Prius, no SUV C-HR e no sedã grande Camry. Para os mercados onde o veículo é exportado – Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, Peru e Colômbia – a Toyota planeja sua comercialização a partir do primeiro semestre de 2020.

icon photo
Legenda: Corolla híbrido será um dos carros mais "limpos" do mundo

“Nos últimos 50 anos, o Corolla foi sinônimo de confiabilidade, segurança e qualidade. Com essa nova geração, queremos que ele seja reconhecido também como símbolo de modernidade e, acima de tudo, como uma nova forma de mobilidade. Somos entusiastas de motores eletrificados e precursores da disseminação em massa dessa tecnologia. Agora, estamos mais uma vez fazendo história, trazendo a propulsão híbrida flex para um dos maiores ícones da indústria automotiva”, afirma Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil.

Criação do motor híbrido flex

Em meados de 2015 a Toyota iniciou os testes em laboratórios e começou a desenvolver os primeiros protótipos. A montadora colocou o seu time de engenharia do Japão lado a lado com os engenheiros da divisão brasileira da empresa para buscar a sintonia entre as tecnologias híbrida e flex. O trabalho foi direcionado para extrair o máximo de cada solução, e não se esperava menos da fabricante: alta eficiência, baixos níveis de emissões e capacidade de reabsorção dos impactos do gás carbônico (CO2).

Em março de 2018 foram iniciados os testes de rodagem com um protótipo, que foi construído sobre a plataforma de um Prius. A partir disso os engenheiros conseguiram determinar a durabilidade do carro em diversos tipos de terreno, avaliando motor e câmbio quando abastecidos com etanol.

De acordo com a Toyota, quando abastecido com etanol, o Corolla híbrido flex ajudará a abater as emissões de gás carbônico, podendo ser classificado entre os melhores processos de abatimento de CO2 do mundo. Isso ocorre ao longo do ciclo de vida do etanol, desde que o biocombustível é extraído da cana-de-açúcar até sua queima no processo de combustão do motor.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors