Viagem de carnaval: vá e volte com segurança

Combinação álcool/drogas, sono e veículos mal-conservados requer cuidado. Leia e tenha um ótimo feriado!
  1. Home
  2. Tecnologia
  3. Viagem de carnaval: vá e volte com segurança
Luís Figueiredo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O número estimado de vítimas fatais de trânsito por ano ultrapassa os 30 mil. Trabalho recente divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA constata que R$ 22 bilhões são gastos anualmente devido aos acidentes de trânsito nas rodovias fcaptionais. O estudo refere-se à perda de produção, associada à morte das pessoas e interrupção das atividades também dos feridos, seguido dos custos de cuidados em saúde e aos associados aos danos nos veículos.

De acordo com dados da Polícia Rodoviária Fcaptional, o número de mortes nas rodovias fcaptionais aumentou 47,5% durante os feriados de final de ano 2006/2007. Apenas nas rodovias estaduais paulistas houve diminuição de 12,6% no número de acidentes durante os feriados de fim de ano, em relação ao observado durante o mesmo período de 2006. Dados da Secretaria Estadual dos Transportes do Estado. Essa diminuição nos acidentes representou queda de 25% nas mortes ocorridas por acidentes.

Grande parte desses acidentes ocorre devido a descuidos como consumo de álcool, sono ao volante ou veículo em estado precário de conservação. O Carnaval é a época festiva no Brasil que reúne todas as possibilidades acima álcool/drogas, sono e veículos mal-conservados e requer muita cautela. Os cuidados abaixo envolvem todos os aspectos para que sua viagem seja segura da partida ao retorno. Foram selecionados a partir de recomendações do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo.

Documentos de porte obrigatório

Antes de programar ou sair em viagem, verifique toda a documentação – sua e do veículo: Carteira Nacional de Habilitação CNH ou Permissão para Dirigir PPD e o CRLV Certificado de Registro de Licenciamento do Veículo. Esquecer de um deles pode resultar em infração leve, que implica em três pontos na carteira e multa no valor de R$ 53,20. Não é mais necessário portar os comprovantes de pagamento do IPVA e do seguro obrigatório.

O veículo poderá ser apreendido se o condutor não portar o licenciamento ou se este estiver atrasado. Também gera apreensão do veículo e o fim precoce da viagem a não-habilitação do motorista ou conduzir veículo fora da categoria indicada na CNH. No Estado de São Paulo, a PPD e a CNH são apreendidas se estiverem vencidas há mais de 30 dias ou com suspeitas de falsificação.

Ao volante

Viajar em feriado é enfrentar trânsito intenso e estrada cheia. Esteja preparado para isso. Não adianta ter pressa – só vai piorar a situação e gerar risco de acidentes. Exccaption o limite de velocidade em mais de 50% dá de uma só vez 21 pontos na CNH e risco de perda do direito de dirigir. Ultrapassagem realizada pela contramão em locais em que a linha de marcação for contínua constitui infração gravíssima, com multa de R$ 191,54.

O consumo de bebidas alcoólicas é outro ponto grave, por ser uma das principais causas de acidentes. Flagrado pela autoridade dirigindo embriagado, o motorista pode perder a CNH, ter o veículo retido até que outra pessoa habilitada possa conduzi-lo e pagar multa de R$ 957,70. Segundo a Resolução 206 do Contran, de 10/11/2006, caso o condutor se recuse a realizar os testes que comprovem embriaguez, caberá à autoridade de trânsito determinar se houve consumo em excesso através de sinais como sonolência, odor de álcool no hálito, agressividade, exaltação, euforia, dispersão e dificuldade de equilíbrio.

Só pegue estrada se estiver descansado. Segundo dados da agência americana de segurança no trânsito National Traffic Safety Administration NHTSA, cerca de 100 mil acidentes são causados anualmente, nos Estados Unidos, por pessoas que dormem ao volante. Dessas, 1,5 mil resultam em mortes. Atualmente, 43% da população brasileira não repousa o quanto precisa, de acordo com a Abramet Associação Brasileira de Medicina do Tráfego. Para o neurologista Ademir Baptista Silva, da Universidade de São Paulo, a sonolência nas ruas é pior que a embriaguez. “O bêbado tenta evitar uma batida, já o motorista dormindo não esboça nenhuma reação. Por isso, o acidente, na maioria das vezes, é frontal, com vítimas fatais”.

Se estiver tomando algum medicamento, examine a bula – caso haja recomendação, não dirija. Alguns medicamentos também podem afetar a percepção, causando sonolência e aumentando o cansaço, ocorrências críticas para um acidente.

No caso de preferir viajar à noite, estando descansado, a atenção deve ser redobrada. A soma dos fatores má iluminação, dificuldade natural para enxergar em situações de pouca luz e desrespeito às leis de trânsito resulta em situação delicada. Trafegando em trechos próximos a cidades, fique atento quanto a pessoas de bicicleta, carros lentos ou parados no acostamento e acessos à rodovia. Atenção também ao passar por postos de serviço: pode haver caminhões saindo lentamente ou pequena quantidade de óleo na pista.

Veículo

Antes de pegar estrada, verifique todos os itens de segurança do automóvel inclusive o nível do óleo, o sistema de freios, o combustível e a água do sistema de arrefecimento do motor. Evite ter problemas mecânicos durante a viagem.
Faça um check-up gratuito em uma oficina cadastrada na Agenda do Carro
ou compareça ao posto da Inspeção Veicular Gratuita IVG, no Carrefour Aricanduva leia mais sobre ela aqui e fique tranqüilo.

Imprescindível estar atento quanto aos equipamentos obrigatórios exigidos. São eles: extintor de incêndio, triângulo de sinalização, sistema de iluminação externa, cinto de segurança para todos os passageiros e os pneus inclusive o estepe, que devem apresentar bom estado. Equipamentos de uso obrigatório podem variar de acordo com o tipo de veículo. Para saber de todos, clique aqui e, depois, no link Legislação.

A falta de um dos equipamentos obrigatórios, tê-los em mal estado ou em desacordo com as normas do Conselho Nacional de Trânsito configura infração grave, punível com multa de R$ 127,69 e cinco pontos na CNH. A má conservação dos pneus adiciona outra multa grave e as falhas na iluminação acrescentam multa média de R$ 85,13 e quatro pontos. E a viagem terminará ali mesmo – os problemas geram recolhimento do CRLV e liberação somente após pagamento dos débitos e realização de vistoria.

Bom ficar atento a outras infrações que podem por fim à folia. A capacidade de lotação de passageiros do veículo consta do documento do veículo deve ser respeitada. Excedê-la é infração média, com multa de R$ 85,13.

Transportar passageiros no compartimento de carga dos veículos picapes, por exemplo, prática arriscada muito comum no litoral, é infração que gera apreensão do veículo, multa de R$ 191,54 e sete pontos na CNH. Dirigir de chinelo ou com qualquer calçado que não se firme aos pés e comprometa a utilização dos pedais não é permitido. Flagrado nessas condições o condutor recebe 4 pontos na CNH e paga multa de R$ 85,13.

Crianças menores de dez anos devem ser transportadas exclusivamente no banco traseiro – nunca no dianteiro – e com equipamento específico. Determinação que consta da Resolução 15/98 do Contran. A exceção acontece apenas para veículo que possui apenas bancos dianteiros.

O transporte de bicicletas realizado de forma irregular impedindo a visão do motorista ou a visualização da placa traseira e das lanternas, além de exccaption a largura do veículo pode dar multa de R$ 191,54 pela placa sem condição de visibilidade e outra de R$ 127,69 por exccaption a largura do veículo.

Película de proteção solar acima do permitido também dá multa. E o motorista pode atrasar ainda mais a viagem ao ser obrigado a remover a película dos vidros. Além da multa de R$ 127,69, da qual ele não vai escapar. Por lei os vidros traseiros devem ter 50% de visibilidade, os laterais 70% e o pára-brisa, 75%.

Procure manter no veículo um kit de primeiros socorros, que pode ser útil em situações de emergência.

Seja responsável e tenha uma boa viagem. O automóvel ainda é uma das melhores maneiras de se conhecer o mundo e guardar ótimas recordações. Curta seu carnaval!

Leia também:

IVG avalia o seu carro de graça para você. Verifique-o antes de viajar!

Sono ao volante pode ser mais perigoso do que álcool

Contran regulamenta autuação de motoristas embriagados

Direção sob prescrição médica

Sono e direção: não corra esse risco

________________________________

Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors