Volkswagen vai lançar SUV e sedã elétricos

Utilitário será apresentado em Xangai, enquanto o três-volumes será atração em Frankfurt

  1. Home
  2. Tecnologia
  3. Volkswagen vai lançar SUV e sedã elétricos
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Abalada pelo escândalo de manipulação de testes de emissões de poluentes em motores a diesel, a Volkswagen deu uma guinada em direção aos carros elétricos e limpos e espera vender 1 milhão desses veículos por ano a partir de 2025.  Essa meta passa pela família de automóveis 100% elétricos ID, que será formada por quatro modelos – hatch, minivan, SUV e sedã.

O hatch (foto acima) foi apresentado em novembro passado no Salão de Paris (França), na forma do conceito ID, enquanto a variante minivan, que mais lembra uma releitura futurista da Kombi, deu as caras em janeiro, no Salão de Detroit, nos Estados Unidos, também como protótipo, chamado de ID Buzz.

Este mês, no Salão de Xangai (China), será a vez de mostrar o conceito elétrico com carroceria de utilitário esportivo, enquanto o sedã irá aparecer, provavelmente, no Salão de Frankfurt (Alemanha), em setembro.

Segundo Klaus Bischoff, chefe de design da Volkswagen, a família de elétricos, apesar das variações de carrocerias, terá uma linguagem visual em comum, incluindo a dianteira sem grade, fechada – afinal de contas, não há motor a combustão para ser resfriado pelo ar que entraria pela grade, se ela existisse. Bischoff, inclusive, lembrou que a Volkswagen nasceu sem grade dianteira, afinal, o pioneiro Fusca trazia motor na parte traseira.

Apesar da ausência da grade convencional, o executivo esclareceu que os modelos da família ID trazem uma entrada de ar na parte dianteira inferior para resfriar as baterias quando elas são carregadas. Como nos conceitos já apresentados, que são totalmente funcionais, os próximos também vão trazer faróis, lanternas e até o logotipo da Volkswagen iluminados por LEDs.

Os elétricos da Volks serão construídos sobre a plataforma MEB, dedicada para automóveis da marca abastecidos com baterias. No caso do hatch, a versão de produção deverá acelerar de zero a 100 km/h em menos de oito segundos e oferecer autonomia de até 600 km com uma carga completa. A família também vai contar com tecnologia de condução autônoma.

Os quatro modelos devem chegar ao mercado, já na versão de produção, em 2020.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors