Volvo quer acelerar projetos de carros autônomos

Marca sueca faz parceria para ampliar sua capacidade de desenvolvimento de sistemas de assistência ao motorista

  1. Home
  2. Tecnologia
  3. Volvo quer acelerar projetos de carros autônomos
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Volvo Cars criou uma divisão só para cuidar das tecnologias autônomas. O fabricante sueco acaba de firmar uma joint-venyure com a Veoneer para a criação da Zenuity, empresa de desenvolvimento de softwares de condução assistida e autônoma.

Segundo a marca, a empresa é dividida em duas. O novo braço do grupo terá foco no desenvolvimento de novas formas de condução. O objetivo é acelerar o desenvolvimento e comercialização dos softwares de condução autônoma.

Com a divisão, a parte da Zenuity que pertence à Volvo se concentrará no desenvolvimento e comercialização de software de condução autônoma - que será introduzido na segunda geração de carros com a plataforma modular SPA2. A empresa permanecerá separada da Volvo e executará seus próprios canais de distribuição.

Já a outra parte, que será integrada à Veoneer, companhia global de desenvolvimento de tecnologias automotivas, focará no desenvolvimento e comercialização de sistemas de assistência ao motorista. A estimativa é que a nova empresa inicie suas operações a partir do terceiro trimestre de 2020.

"A Volvo está comprometida em introduzir uma unidade autônoma segura e sem supervisão nas rodovias em sua próxima geração de carros. Permitir que a nova empresa se concentre totalmente nesse desenvolvimento nos ajudará a cumprir essas ambições", aposta Håkan Samuelsson, CEO da Volvo Cars.

Veja o Volvo S60 com tecnologia semi-autônoma

 

Comentários