Fiat 500e 2959

500e é o Fiat mais divertido do Brasil

Primeiro carro 100% elétrico da marca vendido por aqui, modelo também é o mais caro do fabricante no país

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 22 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: 320 km/litro
      Estrada: N/A
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • 185 litros
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
8.9

Overview


  • + Interior
  • + Itens de série
  • - Cabo doméstico
  • - Espaço
 
  • 0.0 Estrela icone
  • 0.0 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. 500e é o Fiat mais divertido do Brasil
Lukas Kenji
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Remeter ao passado é estratégia comum em diversos segmentos comerciais. Vira e mexe os marqueteiros nos brindam com lançamentos cunhados pelo estilo vintage ou retrô. Esse apelo parece ser o foco do novo Fiat 500e. Mas só parece. Um modelo que foi lançado em 1957 e chegou somente à terceira geração com os mesmos traços de outrora não apenas remete ao passado. Vive de passado. E isso é bom. Culmina em um dos produtos mais divertidos do nosso mercado porque propõe uma mistura de nostalgia com a modernidade da propulsão elétrica.

Fiat 500e 2974
Fiat 500e tem design que mistura nostalgia e modernidade, além de ser um carro muito divertido
Crédito: Ricardo Rollo/WM1
toggle button

Um exemplo claro do que falamos fica evidente na oferta de mimos. Se a maçaneta interna nos mostra o desenho da primeira geração do compacto, por outro lado, somos brindados com uma vinheta cativante toda vez que ligamos ou desligamos o veículo.

Outro brinde de harmonia entre passado e presente fica por conta de da música emanada no momento em que o carro atinge 20 km/h. O tema do filme Amarcord, de 1973, dirigido pelo lendário Federico Fellini, é reproduzido na parte externa como forma de alertar simpaticamente aos pedestres que um silencioso elétrico está no caminho.

Tais itens podem soar como bobagem para muita gente. Mas é justamente na riqueza de detalhes que mora o encanto despertado pelo carrinho em um mercado que aos poucos ganha opções carismáticas de elétricos, como o Renault Zoe e o Mini Cooper S E.

Aliás, é na faixa de preço desses modelos que se enquadra o 500e. Com tabela de R$ 239.990, é o modelo mais caro do atual portfólio da Fiat. Passa com folga os R$ 197.990 pedidos pela Toro Ultra, que ocupava tal posto. Em um mercado que engatinha em relação aos elétricos, não tem como reclamar.

É uma pena que poucos terão condições de desfrutar da companhia da Pulga (apelido comum dado ao carrinho italiano). Por fora, o 500e mantém a silhueta consagrada, mas adere a modernos faróis full LED com visual envolvente. O formato dos elementos dá a sensação de que o modelo tem olhos e sobrancelhas.

As luzes de seta também tem aspecto peculiar. Parecem simular asas. Já as lanternas traseiras parecem ter recebido menor interferência dos designers, assim como a tampa do porta-malas e o para-choque.

Outro detalhe inusitado está nas maçanetas, que têm formato semelhante ao empregado normalmente à abertura do porta-malas. Para trancar o veículo, há um pequeno botão.

Na parte interna, a abertura das portas também chama atenção. A tarefa é feita por meio de um botão com desenho semelhante àquele de dar partida no motor. Esse pode ser considerado um frufru desnecessário, uma vez que o carro tem outro acionamento das portas, próximo ao porta-objetos.

Interior envolvente

Por falar nisso, o interior é repleto de nichos com bom volume. É um habitáculo que fornece tudo à mão e tem layout que conquista pelas formas e materiais. Apesar de ter predominância de plástico, o painel tem acabamento correto que contrasta com o caprichado e chamativo couro que reveste os bancos e tem costuras com o logo da Fiat e do 500e.

O volante também merece destaque. A empunhadura é confortável, a distribuição dos botões é intuitiva, enquanto o formato é atraente.

Não menos importantes são as telas. A central multimídia lembra muito o sistema que já está são entregues nos lançamentos recentes da Stellantis, como as renovações de Toro e Jeep Compass. Já o painel de instrumentos tem uma pegada especial, com estética carismática e boa quantidade de informações.

Em contrapartida, quando o assunto é performance, o Cinquecento não entrega atributos tão chamativos. Desenvolve 118 cv de potência e 22,4 kgf.m de torque. Como elétricos despejam todo vigor instantaneamente, a segunda medida pode ser considerada mais importante e faz com que o carrinho seja ligeiro.

A aceleração de 0 a 100 km/h é cumprida em 9 segundos. Portanto, o Fiat é meio segundo mais rápido que o Zoe, porém, fica longe dos 7,3 s entregues pelo Mini Cooper elétrico.

Pela proposta do 500e, a entrega não é ruim. Pelo contrário, o modelo pode ser considerado o carro mais divertido da Fiat no Brasil. Como a suspensão tem pegada firme, até por conta da disposição das baterias, e as medidas da carroceria são diminutas (o comprimento não passa de 3,63 m), a Pulga transmite até boa sensação de esportividade.

Apesar disso, não há nenhum modo dedicado à performance entre os três disponíveis. Além do normal, os outros dois são afeiçoados à autonomia de combustível. No Range, o motorista usa predominantemente o pedal do acelerador até a fim de parar o carro. Essa função é comum a vários outros elétricos e tem a capacidade de regenerar energia em desacelerações. Já no modo Sherpa, a velocidade é limitada a 80 km/h e o ar-condicionado é desativado a fim de poupar autonomia.

Autonomia do Fiat 500e

Segundo a Fiat, o 500e pode rodar até 320 quilômetros, sendo que 80% da capacidade das baterias podem ser recarregadas em 35 minutos em um sistema de corrente contínua de 85 kW. No entanto, o modelo vem com um cabo com conectividade padrão para ser plugado em tomadas convencionais. Sistemas de recarga mais rápida devem ser comprados à parte.

Quanto à entrega de tecnologias avançadas, o italianinho tem boa oferta, comparável às do Nissan Leaf, que está posicionado em uma categoria mais acima até por conta do porte maior. Há equipamentos como piloto automático adaptativo, assistente de manutenção em faixa, sistema de frenagem autônoma, monitoramento de ponto cego, reconhecimento de placas de trânsito e assistente de estacionamento.

Fiat 500e também entrega bom pacote de tecnologias, com destaque para sistemas semi-autônomos
Crédito: Ricardo Rollo/WM1
toggle button

Disponível no Brasil apenas na versão de acabamento Icon, há oferta ainda de seis airbags, sensor de chuva, teto solar e carregador de celular de indução que tem na base o desenho de Turim, onde o modelo é fabricado.

Em relação ao pós-venda, o plano mais em conta do AutoCompara é de R$ 3.996,21, valor condizente ao aplicado em SUVs de porte médio.

Já o orçamento das revisões é ainda mais chamativo, pelo lado positivo. A soma dos seis primeiros serviços é de R$ 1.824. Para se ter uma ideia, a Fiat Strada, que apresenta valores competitivos, cobra R$ 3.784.

 

Ficha Técnica

FIAT - 500E - 2022
ELÉTRICO
R$ 248990

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Disposição dos cilindros
  • Linha
  • Combustível secundário
  • Elétrico
  • Potência (cv/rpm)
  • 118/4200
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 22
  • Velocidade máxima (km/hora)
  • 150
  • Aceleração 0-100 km/h (segundos)
  • 9
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 1
  • 320

Transmissão +

  • Transmissão
  • Automática
  • Número de marchas
  • 1
  • Tração
  • Dianteira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Tambor
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Traseira
  • Eixo de torção
  • Direção - Assistência
  • Elétrica

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 3632
  • Largura (mm)
  • 1683
  • Altura (mm)
  • 1527
  • Entre-eixos (mm)
  • 2322
  • Capacidade do porta-malas (litros)
  • 185
  • Peso bruto (kg)
  • 1330

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • USB
  • Sim
  • CD/MP3 player
  • Sim
  • AUX-in
  • Sim
  • Bluetooth
  • Função Streaming
  • Comando de voz
  • Sim
  • Wi-Fi
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 10,25
  • Tela de entretenimento - Sensível ao toque
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Espelhamento com smartphone
  • Apple CarPlay + Google Android Auto
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Integrado
  • Concierge - Segurança
  • Sim
  • Concierge - Emergência
  • Sim

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Liga leve
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 17
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 205/40
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 17
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 205/40
  • No Bolso8.9
  • Tecnologia9.1
  • Vida a bordo8.4
  • Desempenho9.0
  • Opinião do repórter9.2
  • + Interior
  • + Itens de série
  • - Cabo doméstico
  • - Espaço
 
8.9

  • Lukas Kenji
  • Quando deixa um pouco de lado a carreira brilhante como piloto de Gran Turismo e Fórmula 1 (no Playstation), faz cobertura diária do setor automobilístico. Muscles cars e clássicos dos anos 1990 são as máquinas prediletas.
Compartilhar
Comentários