Bmw Série 3 320i M Sport Active Flex 0238

BMW 320i M Sport é prova de que Brasil produz luxo

Aceleramos a versão de entrada do sedã médio da marca alemã, feito no país e com o pacote M Sport, que custa R$ 274.950

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 30,5/1350 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: 11,1 km/litro
      Estrada: 12,5 km/litro
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • 480 litros
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
9.5

Overview

Versão de entrada do BMW Série 3 com o pacote M Sport, que dá um aspecto visual e mais agressivo ao carro que, veja só, é fabricado no Brasil.


  • + Motor e câmbio
  • + Design
  • + Acabamento
  • + Tecnologia embarcada
  • - Preço
  • - Porta-malas
 
  • 0.0 Estrela icone
  • 0.0 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. BMW 320i M Sport é prova de que Brasil produz luxo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Há pelo menos dois anos eu queria acelerar a nova geração do BMW Série 3, que chegou importada ao nosso país no começo de 2019, mas só começou a ser feita por aqui meses depois. E nesse teste quem veio parar em minhas mãos foi o BMW 320i M Sport, a versão de entrada do sedã com um pacote visual da série M, divisão preparadora da empresa. Se eu gostei? Venha que vou te contar.

O belíssimo carro preto que você confere nas imagens exclusivas do fotógrafo Ricardo Rollo é um 320i M Sport, que custa, atualmente, R$ 274.950 - a versão de entrada sem as alterações visuais sai por R$ 253.950. É caro, mas é o mesmo ou até menos do que a maioria dos rivais (Mercedes-Benz Classe C, Volvo S60 e Audi A4, entre outros) cobram. E esse BM ainda é feito no Brasil - e isso é incrível.

Como é o BMW 320i M Sport

Visual invocado na frente, rodona esportiva de 19 polegadas na silhueta e uma traseira arrebatadora são as maiores virtudes do design desse sedã, que me encanta desde 2019 e também me parece ser um dos desenhos automotivos mais atemporais que já conheci. É fato: o carro é bonito hoje e será lindo mesmo daqui a 10 anos.

Abro a porta e quase faço um exercício: ele é baixo (são só 1,44 m de altura) e por isso sinto que praticamente sento sobre o assoalho do carro. Ajusto os bancos por botões elétricos nas laterais (quem vai ao meu lado, na frente, pode fazer o mesmo) e noto que consigo descer ainda mais a posição de dirigir.

Coloco as mãos no volante e sinto aquela sensação que só um BMW consegue oferecer: vou me divertir. Acredite, em 13 anos que atuo nessa área, foram raras as vezes que uma pegada firme na direção me deram certeza de que o que estava por vir era diversão.

Isso só acontece com carros da BMW e outras marcas alemãs, como a Porsche. Ok, com modelos de Ferrari, McLaren, Alfa Romeo e Lamborghini também tive sensações parecidas - e algumas até melhores -, mas isso é outra história.

A pegada de direção dos carros da BMW é um show à parte. Com assistência elétrica, o modelo oferece o peso na medida certa de acordo com o modo de condução - o 320i M Sport tem os estilos "Sport", "Comfort" e "Eco Pro", além de um "Individual", totalmente personalizável. Pela central multimídia dá para configurar respostas de motor, câmbio, suspensão e escape de um jeito bem fácil.

Bancos de couro sintético marrom - no tom Mocha/Preto, que é um espetáculo -; equipamentos e mimos espalhados por toda a cabine, inclusive para quem vai atrás; e o cuidado com o acabamento que a BMW toma com o Série 3 impressionam. De fato, surpreende saber que esse carro é feito no Brasil, com todo o respeito aos funcionários da BMW de Araquari (SC). Aliás, para essas pessoas, só tenho como oferecer uma humilde salva de palmas.

Bmw Série 3 320i M Sport Active Flex 0258
Desenho é arrebatador e muita gente deve ficar boquiaberto ao descobrir que esse carro é feito no Brasil
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Conectado, semi-autônomo e tecnológico

O carro também tem elementos de condução semi-autônoma. Corrige o volante automaticamente em escapadas eventuais de faixa; freia sozinho - e avisa que fará isso pelo painel de instrumentos - caso detecte uma situação de emergência; emite alertas de colisão frontais; tem sinal de tráfego cruzado traseiro e também vem de série com itens como assistente de partida em rampa, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, alerta de ponto cego e um serviço de chamada de assistência em caso de emergências.

Tem mais: em termos de segurança passiva, vem com sete airbags; sensores de estacionamento dianteiro e traseiro; controles eletrônicos de tração e estabilidade, como já mencionado; assistência na recuperação veicular em caso de furto e uma série de outras funcionalidades oferecidas pela central multimídia que, veja só, também oferece conexão com a internet.

Internet à bordo

Conecto meu celular e percebo que o sistema consegue oferecer informações de trânsito em tempo real, o que é ótimo. Uma central de botões no console resume tudo que o sistema pode oferecer: rádio, acesso à internet por meio de apps, mapa individual e sistema navegador do GPS. Uma espécie de roldana giratória, sensível ao toque como a tela, é quem comanda tudo.

Demora um tempo para você entender, mas depois que se acostuma, fica perfeito. Dá até para escrever, letra por letra, sobre esse equipamento. O 320i M Sport ainda vem com serviço de concierge, como já faz a GM e outras marcas do segmento premium, disponível por meio de um botão no teto, perto dos comandos do teto solar, que é elétrico, mas não panorâmico.

Bmw Série 3 320i M Sport Active Flex 0326
Volante esportivo tem uma das melhores pegadas de direção que um carro pode oferecer
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

A tela da central multimídia também é bem intuitiva: um botão que parece uma casinha fica na parte de cima, com a função de "home" caso você se perca pela navegação. Funções adentro, é possível configurar o sistema de áudio; alterar as luzes ambiente, que são de LED; e até ajustar o assistente de estacionamento. Tem também duas entradas USB e um carregador de celular sem fio no console.

Pelo volante também é possível mexer em alguns ajustes da central e em funções do computador de bordo, que fica no quadro de instrumentos 100% digital atrás do volante. Do lado direito também dá para manusear as funções de comando de voz e fazer ligações; do esquerdo ficam todas as configurações do controle de cruzeiro adaptativo (ACC), outro de seus equipamentos.

Para quem vai atrás - mesmo atrás de mim, com o banco bem pra baixo e ajustado para meus 1,80 metro -, o espaço é excelente. Mas só para dois adultos, já que o túnel no assoalho, ao centro, é bem elevado. Duas pessoas adultas ou três crianças, que seja, mas três adultos já sofrem um pouco. Pelo menos há uma zona de ar-condicionado exclusiva e duas entradas USB-C só para quem vai lá atrás.

Esse privilégio de ter espaço na cabine, porém, compromete o tamanho do porta-malas, que tem apenas 365 litros de capacidade volumétrica, número pequeno para um sedã médio, já que o carro suporta um estepe temporário e ainda a bateria no compartimento - que possivelmente foi colocada ali porque não coube no espaço sob o capô. A tampa, pelo menos, é motorizada.

Espaço traseiro é ótimo para dois adultos e três crianças, mas isso sacrifica o espaço do porta-malas
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Por baixo

Quem move o BMW 320i M Sport e demais versões de entrada do Série 3 é um motor 2.0 turboflex de até 184 cv e 30,6 kgf.m com os dois combustíveis. Aliado a ele está uma caixa de câmbio automática de oito marchas e o sistema de tração traseira, para delírio dos puristas - como eu.

Não é possível desativar totalmente os controles de tração e estabilidade, o que é bom em termos de segurança, mas ineficiente para quem pensa em comprar o carro a fim de levá-lo para a pista - se você é uma dessas pessoas, consulte seu mecânico para descobrir como fazer o procedimento. Vale destacar que esse mesmo motor consegue oferecer versões e potência e torque ainda mais fortes em outras configurações de acabamento que são vendidas fora do Brasil.

Dou partida no botão que fica ao lado da manopla de câmbio e já coloco o carro no modo "Sport", que automaticamente desativa o sistema start-stop - que desliga e liga o motor em paradas rápidas para economizar combustível. O ronco não é nervoso e, para ser sincero, é bem silencioso pelo que o carro consegue oferecer - segundo a marca, o 0-100 km/h é feito em 7,1 segundos.

Percorro trechos de cidade e estrada e noto que seu desempenho é progressivo, e não instantâneo como em versões mais nervosas - o próprio Série 3, no Brasil, tem uma versão híbrida com 292 cv muito mais apta a engolir asfalto e, olha só, economizar combustível; mas nesse caso o patamar de preço sobe para R$ 354.950 (etiqueta da versão 330e M Sport).

Muito mais do que "low profile", mesmo com desenho bem agressivo, o carro faz curva como poucos rivais. Tem estabilidade e uma tocada como um bom e legítimo carro alemão, mesmo tendo origem catarinense. E por oferecer a possibilidade de trocas de marchas por aletas atrás do volante, é difícil não se encantar com o carro.

E o consumo? Segundo o Inmetro, que mediu o carro apenas na gasolina, ele é capaz de fazer até 11,1 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada. Nossa média, em percurso misto, sempre com duas pessoas à bordo, ar-condicionado ligado e o mesmo combustível, foi de 10,4 km/l. E achei isso ótimo.

Apesar de "manso", 320i M Sport consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 7,1 s nessa configuração mecânica
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Conclusão

É realmente complicado, como falamos algumas vezes, pagar quase R$ 280 mil em um BMW Série 3 de entrada, ainda que a versão testada seja bem completa e visualmente atraente. Principalmente porque em seu lançamento, dois anos atrás, o carro, na mesma versão, chegava por aqui pela etiqueta de R$ 219.950 - naquela época, o 330i M Sport, mais completo e potente, custava R$ 269.950.

Mas o mundo mudou e sabemos que a maioria dos compradores dessa faixa de veículos manteve a capacidade financeira de assinar o cheque. Então se você é um desses, procura um sedã médio alemão e acredita - e confia - no potencial da fábrica brasileira da BMW, pode ir sem medo, porque o 320i M Sport prova que nosso país pode produzir luxo com propriedade.

Ancora: Conclusão Score

Ficha Técnica

BMW - 320I - 2021
2.0 16V TURBO FLEX M SPORT AUTOMÁTICO
R$ 274950

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Cilindrada (litros)
  • 2.0
  • Cilindrada cm³
  • 1998
  • Disposição dos cilindros
  • Linha
  • Número de cilindros
  • 4
  • Número de válvulas por cilindro
  • 4
  • Número de válvulas (comercial)
  • 16v
  • Comando de Válvulas
  • DOHC
  • Comando de válvulas variável
  • Sim
  • Alimentação
  • Turbo
  • Start-Stop
  • Sim
  • Potência (cv/rpm)
  • 184/5000
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 30,5/1350
  • Potência secundária (cv/rpm)
  • 184/5000
  • Torque secundário (kgfm/rpm)
  • 30,5/1350
  • Velocidade máxima (km/hora)
  • 240
  • Aceleração 0-100 km/h (segundos)
  • 7,1
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 1
  • 11,1
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 1
  • 12,5
  • Fonte consumo
  • INMETRO

Transmissão +

  • Transmissão
  • Automática
  • Número de marchas
  • 8
  • Nomenclatura da transmissão (comercial)
  • Automático
  • Localização do câmbio
  • Assoalho
  • Modo manual (p/ AT)
  • Sim
  • Tração
  • Traseira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Disco sólido
  • Freio de estacionamento
  • Manual
  • Freios regenerativos
  • Sim
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Molas dianteiras
  • Helicoidal
  • Suspensão - Traseira
  • Multilink
  • Suspensão - Molas traseiras
  • Helicoidal
  • Direção - Assistência
  • Eletro-hidráulica
  • Direção - Ajustes
  • Altura e profundidade

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 4624
  • Largura (mm)
  • 1811
  • Altura (mm)
  • 1429
  • Entre-eixos (mm)
  • 2810
  • Altura em relação ao solo (mm)
  • 140
  • Diâmetro de giro (mm)
  • 11500
  • Capacidade tanque de combustível (litros)
  • 60
  • Capacidade do porta-malas (litros)
  • 480
  • Peso líquido em ordem de marcha (kg)
  • 1420

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • USB
  • Sim
  • CD/MP3 player
  • Sim
  • Bluetooth
  • Conexão com celular
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 7
  • Tela de entretenimento - Sensível ao toque
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Integrado
  • Controle de áudio
  • No volante
  • Alto-falantes - Quantidade
  • 4
  • Alto-falantes - Tweeters
  • 2

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Liga leve
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 19
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 225/40
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 19
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 255/35
  • Estepe
  • Não disponível

Garantia +

  • Garantia total do veículo - Duração (meses)
  • 24
  • Garantia de motor e transmissão - Duração (meses)
  • 24
  • No Bolso8.5
  • Tecnologia9.5
  • Vida a bordo9.3
  • Desempenho9.9
  • Opinião do repórter9.7
  • + Motor e câmbio
  • + Design
  • + Acabamento
  • + Tecnologia embarcada
  • - Preço
  • - Porta-malas
 
9.5

Compartilhar
Comentários