Focus Sedan X C4 Pallas X Mégane: qual leva a melhor?

Recém-chegado ao mercado, novo sedã médio da Ford enfrenta seus concorrentes franceses


  1. Home
  2. Testes
  3. Focus Sedan X C4 Pallas X Mégane: qual leva a melhor?
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Está chegando ao mercado um sedã médio que, em sua versão anterior, nunca ameaçou ninguém, mas que, agora, tende a disputar as primeiras posições de seu segmento. O novo Ford Focus apresenta, além de um desenho que chama bastante a atenção nas ruas, um preço que o coloca com uma excelente relação entre custo e benefício. Outro recém-chegado, o C4 Pallas Flex, oferece, como seu nome diz, uma opção que o mercado, mais do que querendo, vem exigindo: motor flexível em combustível. Qual deles se dá melhor? Para saber, também colocamos na disputa um veterano, o Renault Mégane Sedan, em sua versão mais completa, a Privilège.

De cara, o que vale pesar é a atualidade do projeto. Dos três, o Focus Sedan é o modelo mais recente. Portanto, é que tem menos chances de sofrer mudanças no curto prazo. Para o C4 Pallas, as perspectivas de mudança também parecem distantes, já que ainda não se comenta nada sobre uma nova geração do modelo. O mesmo não se aplica ao Mégane, que viu sua terceira geração nascer recentemente, no Salão de Paris. O sedã ainda não apareceu, mas chega no ano que vem. Ao Brasil, só depois de 2010.

Com plataforma dividida com o Volvo C30, o novo Focus se beneficia de detalhes técnicos do primo sofisticado, como a excelente suspensão traseira Multilink. C4 Pallas e Mégane usam barras de torção, um sistema que, se dá conta do recado, não apresenta o mesmo brilho de um sistema verdadeiramente independente.

No que se refere a acabamento, o Focus Sedan volta a levar vantagem. As peças têm um encaixe digno de modelos mais caros. É sofisticado sem ser inacessível. Os plásticos, de boa qualidade, são em duas cores e o painel central tem acabamento que imita fibra de carbono. Vale só uma ressalva para os plásticos de acabamento do banco traseiro, que escondem os parafusos de fixação. Na unidade avaliada, um deles cismava de se soltar o tempo todo. Ficou no chão, onde o encontramos. O tampão para cobrir o buraco do miolo do contato do Focus Sedan também tem um aspecto de remendo que não condiz com o carro.

Isso acontece porque, na versão avaliada, a Ghia, o Focus Sedan não precisa de chave para dar a partida. Chamado de Ford Power, o sistema conta com um botão para ligar o carro, que só funciona quando se pressiona o pedal do freio. O pioneiro nesse tipo de sistema no Brasil foi justamente o Renault Mégane, um veículo que também prima pelo bom acabamento. Não parece tão sofisticado como o do Focus, mas todas as peças estavam em seus lugares e não havia buraco de miolo de partida coberto. Todos os Mégane têm esse sistema de partida de série.

Acabamento é o ponto mais fraco do C4 Pallas. Peças mal encaixadas ou soltas foram uma constante em nossa avaliação: a capa do brake-light, o cinzeiro à frente do câmbio, sob o qual se esconde o plugue de diagnóstico do carro e a cobertura do console central. O vidro do motorista, ao subir completamente, dava um tranco, prenúncio de problemas futuros. Peças com rebarbas também são comuns, algo imperdoável em um carro nessa faixa de valor.

Espaço interno

No que se refere a espaço, o Focus Sedan é o modelo com menor entreeixos 2,64 m, contra 2,71 m do C4 Pallas e 2,69 m do Mégane, mas isso não chega a atrapalhar o conforto de quem vem atrás, possivelmente pela disposição dos bancos. Resumidamente falando, o C4 Pallas é o que acomoda melhor, com bom espaço para os ombros e para a cabeça. O problema do Citroën é o túnel central muito alto, que deixa o passageiro do meio mal acomodado.

No Focus, há espaço para os ombros e para a cabeça, mas o túnel central também atrapalha. É no Mégane que esse “relevo” da carroceria menos incomoda, mas falta espaço para os ombros.

Em relação ao porta-malas, a impressão é que o do C4 Pallas é o maior, mas há controvérsias. Isso porque a Citroën divulga 580 l, obtidos por uma norma diferente da brasileira. Quando o teste segue os mesmos padrões dos outros modelos, esse valor cai para 513 l. É, assim, o menor dos três porta-malas. O do Mégane Sedan chega a 520 l e o do Focus Sedan, aos 526 l. Espaço para bagagem, em todos, é algo que não deve faltar.

Ao volante

O slogan da Ford, de que o Focus é um carro para quem gosta de carro, é bastante feliz. Ele é, dos três veículos testados, o que mais conversa com o motorista. É fácil encontrar a melhor posição de dirigir, o volante transmite todas as condições do piso e responde rápido e a impressão geral é de uma solidez germânica. Apesar de ser da Ford, o Focus é um projeto alemão, nascido em Colônia. Parece, realmente, um carro mais sofisticado, até na forma de guiar.

O porém fica por conta do câmbio automático, certamente o pior dos três que avaliamos. Quando ele é chamado a reduzir, joga o giro do motor lentamente para cima e parece amarrar o carro. Também dá trancos leves e não transmite a confiança necessária para ultrapassagens. Com o tempo, você até se habitua a ele, mas o início do contato é pedregoso. Em um carro como o Focus Sedan, ele é um item a lamentar.

A sorte do carro da Ford é o motor Duratec, que seria o mais forte do grupo. Seria porque o que se sai melhor é o do C4 Pallas, que chega a 151 cv com álcool. O Focus Sedan ainda não tem o motor 2-litros flex, ainda que este motor esteja para ser apresentado no EcoSport. Isso é sinal de que ele, em breve estará no sedã. Também é sinal de que o modelo puramente a gasolina terá vida curta, algo que os interessados em comprá-lo devem levar bastante em consideração. O risco é o modelo atual desvalorizar.

Os câmbios do C4 Pallas e do Mégane, também automáticos de quatro marchas, lidam muito melhor com os motores que controlam. Eles respondem imediatamente ao kick-down e permitem que o motor eleve seus giros sem amarras. É o que se espera de um bom câmbio, por mais que uma marcha adicional pudesse fazer muito bem a ele.

Por fim, chegamos ao fator preço, que é o faz a balança pender definitivamente para o Ford Focus Sedan. Ele custa, na versão Ghia, apenas R$ 70,39 mil e vem equipado com ar-condicionado digital de duas zonas, sistema de som com Bluetooth e entrada USB, comando de voz com um simpático sotaque lusitano, ora pois!, bancos de couro, teto solar e regulagem elétrica de altura do banco. Com o câmbio automático, que não é a melhor opção, e pintura metálica, ele sai por R$ 75.725.

Custa menos do que o C4 Pallas, que começa em R$ 74,99 mil, mas sem a pintura metálica. Com ela, o preço pula para R$ 75.915. Com o pacote Tecnologique, que inclui ESP, faróis de xenônio, alarme, bancos de couro com regulagem elétrica, alarme e airbags, o preço pula para R$ 82,65 mil. É muito pouca diferença para um Ford Fusion, que é maior, oferece nível similar de equipamentos e sai por R$ 83,62 mil.

O Renault Mégane é o mais caro. Sai por R$ 77,29 mil, mas tem a vantagem de não ter nenhum opcional. Não é desvantagem: ele já vem completo, o que, na hora de revender, será muito mais interessante. O valor de tabela será muito próximo do real.

Em suma, das três opções presentes neste comparativo, o Ford Focus Sedan é o que se mostrou mais equilibrado e com o melhor preço. Se há algo contra ele é a chegada iminente do motor flex, o câmbio automático abaixo do nível geral do carro e o probleminha de acabamento que encontramos, o que pode ser perdoado considerando a atualidade de seu projeto e os olhares que ele atrai nas ruas. Belo carro.

FICHA TÉCNICA – Ford Focus Sedan 2.0 Ghia X Citroën C4 Pallas Flex X Renault Mégane Sedan Privilège

MODELOSFord Focus Sedan 2.0 GhiaCitroën C4 Pallas Flex ExclusiveRenault Mégane Sedan Privilège
MOTORESQuatro tempos, 4 cilindros em linha, transversal, 16V, refrigeração a água, 1.999 cm³Quatro tempos, 4 cilindros em linha, transversal, 16V, refrigeração a água, 1.997 cm³Quatro tempos, 4 cilindros em linha, 16V, 1.998 cm³
POTÊNCIAS145,5 cv a 6.000 rpm143 cv gasolina e 151 cv álcool a 6.000 rpm138 cv a 5.500 rpm >
TORQUES185 Nm a 4.500 rpm200 Nm gasolina e 212 Nm álcool a 4.100 rpm185 Nm a 4.500 rpm
CÂMBIOSAutomático, 4 velocidadesAutomático, 4 velocidadesAutomático, 4 velocidades
TRAÇÕESDianteiraDianteiraDianteira
DIREÇÕESPor pinhão e cremalheira; eletro-hidráulicaPor pinhão e cremalheira; eletro-hidráulicaPor pinhão e cremalheira; eletro-hidráulica
RODASAro 16” de liga-leveAro 16” de liga-leveAro 16” de liga-leve
PNEUS205/55 R16215/55 R16205/55 R16
COMPRIMENTOS4,48 m4,77 m4,50 m
ALTURAS1,50 m1,51 m1,46 m
LARGURAS1,84 m1,77 m1,78 m
ENTREEIXOS2,64 m2,71 m2,69 m
PORTA-MALAS526 l513 l520 l
PESOS em ordem de marcha1.215 kg1.409 kg1.355 kg
TANQUES55 l60 l60 l
SUSPENSÕESDianteira independente tipo McPherson; traseira independente, tipo Multilink, com braço de controle e barra estabilizadoraDianteira independente, tipo McPherson; traseira com barra de torçãoDianteira com pseudo McPherson; traseira com barra de torção
FREIOSDiscos ventilados na dianteira e sólidos na traseira com ABS, EBD e CBCDiscos ventilados na dianteira e sólidos na traseira com ABS, AFU, ESP e REFDiscos ventilados na dianteira e sólidos na traseira com ABS e EBV
CORESBranco Ártico, Prata Atenas, Prata Gearda, Azul Mônaco, Preto Gales, Cinza Ubatuba, Verde Ipanema e Vermelho ParisBleu de Chine azul, Gris Aluminium prata, Gris Cendrè pérola, Gris Fer cinza, Perla Nera preta e Rouge vermelhaAzul Crepúsculo, Bege Angora, Cinza Acier, Cinza Eclipse, Prata Étoile, Preto Nacré
PREÇOSR$ 70,39 mil R$ 75.725, conforme avaliadoR$ 74,99 mil R$ 82,65 mil, conforme avaliadoR$ 77,29 mil
Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Gosta de sedãs?

Então veja as ofertas do segmento da moda no WebMotors:

Ford Focus Sedan

Renault Mégane Sedan

Citroën C4 Pallas

Toyota Corolla

Honda Civic

Chevrolet Vectra

Volkswagen Bora

Ford Fusion

Volkswagen Jetta

Honda AccordLeia também:

Se você quiser um Ford Ka, sua escolha é o Tecno

De volta, VW Voyage ganha em conforto e perde em personalidade

Novo Honda Fit perde CVT, mas ganha mais potência

Apontado como luxuoso, Ford Edge, disso, só tem o preço

Veja como anda a Meriva equipada com motor 1,4-litro

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors