Ford apresenta o novo Focus 1,6 Flex 2008

Demorou (muito), mas veio: médio Ford agora bebe álcool ou gasolina


  1. Home
  2. Testes
  3. Ford apresenta o novo Focus 1,6 Flex 2008
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Ao lançar o Fiesta flexível combustível, a Ford justificou a demora com a qualidade do motor – maior taxa de compressão entre os 1,6-litro, sofisticado controle de detonação, melhor aproveitamento do álcool, entre outras características. Mas a demora para lançar o Focus tem poucas razões, já que o modelo utiliza o acertado motor 1,6 RoCam do Fiesta e também do EcoSport, com algumas alterações de instalação.

Assim, a Ford ganha apenas da Toyota no segmento de médio-compactos, ao lançar nesta sexta-feira 27 de abril o Focus Flex 2008. A fabricante japonesa apresentará o Corolla capaz de rodar com gasolina ou álcool apenas no final de maio, ficando com a lanterninha.

De todo modo, as notícias são boas. Em aprovada prática de mercado, já vista em outros concorrentes, a Ford manteve os preços da linha anterior e absorveu o custo da nova tecnologia. A versão hatchback tem duas opções de acabamento, GL e GLX. A primeira, de entrada, é vendida por R$ 43.490,00. É bem equipada de fábrica, com ar-condicionado, direção hidráulica, luz de nevoeiro e volante com ajuste de altura e distância, entre outros itens. Segundo Rodrigo Lourenço, gerente de marketing da linha Focus, essa é a versão mais vendida, somados os opcionais vidros elétricos dianteiros um-toque para o motorista, apenas na descida e travas elétricas. O preço dessa versão é de R$ 44.730,00.

Na versão GLX, também com carroceria hatch, são adicionados toca-CD, vidros elétricos nas quatro portas com sensor antiesmagamento, espelhos retrovisores com comando elétrico, ajuste de altura para o banco do motorista e pneus 195/60 R15, montados em rodas de 15 polegadas. Na versão GL são 185/70 R14. Preço da versão GLX: R$ 46.950,00.

O Focus Sedan com motor 1,6-litro Flex é oferecido apenas na versão GLX e custa R$ 48.720,00. Seus equipamentos de série são os mesmos do Focus hatch nessa versão de acabamento.

O Focus já denuncia sua idade. O modelo foi lançado em 1999 2000 no mercado brasileiro; em 2003 ganhou o motor 1,6-litro e passou por poucas modificações estéticas e de acabamento até hoje. É, ao lado do Ka, representante da geração de desenho “New Edge”, enquanto o Fiesta já entrou no novo estilo “Kinetic”. Ainda assim continua a ser um dos carros médios de melhor conjunto e acabamento da categoria.

Com 2,615 metros de distância entre eixos, é capaz de acomodar com conforto dois adultos no banco traseiro. O porta-malas da versão hatch tem capacidade de 350 litros 490 litros na sedã, com articulações pantográficas na tampa, que preservam o espaço do compartimento. A posição de dirigir poderia ser melhor, fosse outro o banco – o atual deixa a desejar em acomodação às costas do motorista e tem assento curto.

A Ford submeteu o quatro-cilindros de 1,6 litro flex a algumas mudanças para adaptá-lo ao Focus – e melhorar o carro. A câmara de combustão foi redesenhada, o sistema de ignição foi melhorado e o filtro de ar, alterado. Antes, a captação de ar era lateral por meio de um pequeno tubo com desenho tipo “pescoço de ganso”. Agora passa a ser frontal, o que colabora para diminuir a temperatura do ar admitido e, assim, aumentar o volume e gerar mais pressão da câmara de combustão. Resultado disso é a potência 2 cv maior do que o Fiesta/EcoSport. Em relação ao modelo anterior, “inflexível” que rodava apenas com gasolina, o ganho é de 2% com gasolina, passando de 103 cv a 105 cv e de 8% com álcool – chega a 112,6 cv, sempre a 5.500 rpm. O ganho em torque máximo foi de 5% e 10%, com gasolina e álcool, na ordem, passando a 15,1 e 16 kgfm gasolina e álcool, respectivamente, em rotação mais alta: 4.250 rpm. A Ford afirma, porém, que melhorou a curva de torque e que 98% do total estão disponíveis já a 2.500 rpm.

Ainda no motor, foram adotados novos coxins, silencioso do escapamento e ressonador para o filtro de ar – sempre com o objetivo de reduzir o nível de ruído. Rodando com o Focus essa melhoria é perceptível e o carro se mostra realmente silencioso. Além disso, o câmbio que teve a 2ª marcha encurtada em 6% para ganhar agilidade no trânsito urbano, de acordo com a Ford é muito bem acertado e, cruzando a 120 km/h, vê-se o conta-giros parado pouco acima de 3.000 rpm. Esse baixo regime de rotação colabora tanto para o menor ruído quanto para o consumo comedido.

Segundo dados de fábrica, o Focus 1,6 Flex abastecido com gasolina percorre 12,3 km com um litro de combustível na cidade e 18,3 km/l na estrada. Com álcool os números são de 7,8 km/l em percurso urbano e de 11,7 km/l em trecho rodoviário. Vale lembrar que esses números são obtidos em testes de laboratório, seguindo a norma 7024 da ABNT. Dificilmente serão reproduzidos na vida real, embora sirvam de referência.

O desempenho do Focus melhorou com o novo motor. Sua velocidade máxima com gasolina passou a 180 km/h, 3 km/h a mais do que o anterior. Com álcool, vai a 184 km/h. O carro acelera de 0 a 100 km/h em 12,8 segundos com gasolina e 12,2 com álcool.

Embora tenham demorado, essas melhorias poderão ajudar o Focus a galgar novos degraus no segmento. O modelo é o segundo hatch médio mais vendido atualmente, ficando atrás do Chevrolet Astra. Como a versão equipada com o motor 1,6-litro representa 85% do volume de vendas e a carroceria hatch, 65%, é de esperar um aumento nesse porcentual, diminuindo a procura pelo 2-litros Duratec, e que o Ford encoste no modelo GM – ainda que este se beneficie da venda a frotistas.

E, segundo Antonio Baltar, gerente geral de Marketing da Ford, a fábrica de Pacheco, na Argentina onde é produzido o Focus foi ampliada para atender ao esperado crescimento de demanda. Talvez assim não se tenha que esperar mais pelo Focus.Chevrolet Astra

Fiat Stilo

Ford Focus

Peugeot 307

VW Golf Mitsubishi Pajero Full 2008

Nissan Sentra 2.0SL x Honda Civic EXS

Volvo C30

BMW X5

Citroën C6

VW Golf 2008
_______________________________
Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários