Grand Caravan

A grande minivan da Chrysler


  1. Home
  2. Testes
  3. Grand Caravan
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon
















ITENS TESTADOS 













































Disponível
no Brasil em duas versões, a Grand Caravan é
mini só no nome. Amplo, confortável e
potente, esse monovolume da Chrysler tem porte ideal
para transportar famílias de até sete
pessoas


É no mínimo estranho chamar a Grand Caravan
de minivan. Essa peruona monovolume que a Chrysler está
trazendo para o Brasil nas versões SE, mais “simples”,
e Limited, “top” de linha, esbanja espaço
interno e conforto para até sete passageiros,
acabamento sofisticado e desempenho invejável.


Ambas as versões vêm equipadas com um
elástico motor V6 de 3.3 litros e 182 cavalos,
com câmbio automático de quatro marchas,
tendo em alguns equipamentos de conforto e acabamento
suas principais diferenças.


Com mais de cinco metros de comprimento e dois de largura,
a Chrysler Grand Caravan causa admiração
pela facilidade de ser conduzida e pela variada lista
de equipamentos de série que incorpora. Entre
outros, a versão Limited, por exemplo, tem portas
laterais deslizantes com acionamento elétrico
e console central removível, que pode ser instalado
entre os bancos dianteiros ou centrais.


A versão SE, embora mais simples, não
fica muito atrás. Tão bem acabada quanto
a Limited, oferece, entre outros, equipamentos sofisticados
como freios dianteiros e traseiros com ABS, piloto automático
e faróis com lavador de alta pressão e
controle elétrico dos fachos de luz.

















Fotos: divulgação


























DIRIGIBILIDADE DE AUTOMÓVEL




Desconsiderando
o tamanho, é tão fácil de conduzir
quanto um carro


Ela é grande, mas está longe de ser um
trambolho sobre rodas. Equipada com um eficiente sistema
hidráulico de direção, oferecendo
uma excelente posição de dirigir a motoristas
de qualquer estatura e grande visibilidade através
de sua vasta área envidraçada, a Grand
Caravan é quase tão fácil de dirigir
quanto qualquer automóvel.


O motorzão de 182 cavalos e o câmbio automático
de quatro velocidades, com alavanca na coluna da direção
para aumentar o espaço entre os bancos da frente,
proporcionam certa agilidade ao veículo. As respostas
do câmbio são rápidas e eficientes,
tanto quando solicitadas através da alavanca
de câmbio, quanto através do próprio
pedal do acelerador. As grandes retas e estradonas levemente
sinuosas são seu “habitat” natural.
Mesmo pesando 2.083 quilos, essa “vansona”
desliza célere e estável sobre o asfalto.
Segundo a fábrica, ela atinge os 100 km/h em
10,5 segundos e velocidade máxima de 190 km horários.


voltar






















ACABAMENTO IMPECÁVEL



Versão Limited é mais sofitisticada


O pacote de equipamentos incorporado à Chrysler
Grand Caravan Limited tem características exclusivas.
A tampa traseira do compartimento de bagagens, por exemplo,
é acionada por motores elétricos. Com
um simples toque no botão localizado no console
de teto no através do controle remoto, a abertura
e o fechamento se processam automaticamente. O sistema
incorpora também um alarme de advertência
às pessoas próximas, avisando que a porta
(enorme) está se movimentando.


As portas laterais, que também são acionadas
por motores elétricos, são equipadas com
um sofisticado sistema de detecção de
obstáculos, que interrompe e inverte imediatamente
o fechamento ou abertura da porta, quando acusar qualquer
tipo de obstrução.


O console central removível, que pode ser instalado
entre os bancos dianteiros ou centrais, se encaixa em
suportes no assoalho, onde existem tomadas de alimentação
de corrente elétrica. Quando o console é
retirado, o suporte funciona como porta-objetos.


voltar






















VISUAL REVITALIZADO

Modelo foi lançado em 1983 e já
recebeu mais de 50 inovações




Pioneira na produção de minivans no mercado
mundial, Chrysler já incorporou quase 50 inovações
na Grand Caravan, desde o lançamento do primeiro
modelo em 1983. As versões atualizadas da Grand
Caravan Limited e SE, que acabam de chegar ao mercado
brasileiro, ganharam novo visual, com formas mais agressivas,
principalmente no capô do motor e nas laterais.
As linhas do teto e da lateral ficaram mais pronunciadas,
da frente até a traseira, dando mais personalidade
e definição ao perfil do veículo,
com especial destaque para o vinco que percorre toda
a extensão da carroceria.


As maçanetas das portas são planas e
estão posicionadas mais baixo do que o usual
em outros modelos. As luzes traseiras, por sua vez,
estão localizadas mais para cima, e a terceira
luz de freio, instalada no nível do teto, integrada
ao aerofólio traseiro, confere visual mais limpo
e atraente ao modelo.


O capô do motor foi elevado em 2,5 centímetros
em relação à versão anterior,
incorporando dois vincos longitudinais em V. Os novos
faróis do modelo, além de terem dobrado
de tamanho, iluminam, segundo a fábrica, com
80% mais eficiência que os modelos anteriores.
Já os conjuntos óticos traseiros ganharam
lentes translúcidas e refletores mais brilhantes,
aumentando a visibilidade e segurança para os
veículos que vêm atrás.


voltar























CONFORTO E SEGURANÇA

Qualidades casadas tornam modelo mais
confiável




A lista de itens de comodidade nas novas Grand Caravan
é generosa. O ar-condicionado vem com controle
independente de temperatura para motorista e passageiros
(versão Limited), com tomadas de força
no painel, no porta-malas e na coluna central. O som
ambiente fica por conta de um sistema de alta fidelidade
que inclui disqueteira de quatro discos embutida no
painel.


O quesito segurança também foi aprimorado.
Foram incluídos air-bags laterais no encosto
dos bancos dianteiros, otimizando a segurança
em casos de impactos laterais. Os air-bags frontais
tem infladores múltiplos, que são acionados
em três estágios distintos, de acordo com
a intensidade do choque.


Os pára-choques suportam impactos de até
8 km/h e, para evitar que o veículo entre em
movimento involuntariamente, foi adicionado um sistema
de bloqueio na alavanca da transmissão automática,
que só é liberada com a aplicação
de pressão no pedal do freio.


voltar





 





Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors