Honda CR-V

Modelo importado do México oferece uma boa dose de conforto e de espaço


  1. Home
  2. Testes
  3. Honda CR-V
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Quando você olha de bate e pronto para o Honda CR-V a primeira impressão que fica é a de um carro muito grande. Porém, um dos grandes trunfos deste utilitário esportivo da marca japonesa é a praticidade, a facilidade de dirigir.

Com a prancheta na mão, o CR-V não extrapola de tamanho perante a concorrência. O Hyundai Tucson tem 4,32 m de comprimento, 1,79 m de largura e entreeixos de 2,63 m. Já o japonês, importado do México, tem 4,52 m de comprimento, 1,82 m de largura e o mesmo entreeixos do coreano.

O Chevrolet Captiva, que estréia no Brasil este ano, tem o objetivo de combater o Tucson e o CR-V. Ele terá entreeixos maior que os concorrentes 2,71 m, 4,63 m de comprimento e 1,85 m de largura.

Dia-a-dia com o Honda

Dá para incorporar tanto o Jean Alesi como a tia da perua com o CR-V devido às suas características. Para pisar como um piloto de F1 você conta com a elasticidade do motor; já para levar a família há conforto nos bancos traseiros e capacidade no porta-malas de 1.011 l.

A divisória destacável no compartimento de carga, que serve para separar a bagagem, agüenta até 10 kg. Ela é muito útil para viagens mais longas, mas pode atrapalhar na hora das compras rápidas.

O sistema de rebatimento dos bancos traseiros é funcional e prático. Com todos os três bipartido rebaixados, o carro consegue levar até 2.000 l de bagagem.

Os pneus balão 225/65R17 oferecem conforto nas ruas esburacadas, porém deixam a performance um pouco a desejar na estrada. Vale lembrar que o CR-V não é um automóvel para rasgar nas curvas: seu peso em ordem de marcha é de 1.529 kg.

O automóvel testado, versão LX de entrada, tem câmbio automático de 5 velocidades e tração 4x2. O motor 2,0 litros tem 150 cv e torque de 19,4 kgm, ambos a 6.200 rpm. O conjunto permite ao CR-V uma aceleração de 0 a 100 km/h em 10,2 s. Já a velocidade máxima do utilitário esportivo é de 190 km/h.

Estilo e design

A Honda lançou o CR-V em 1995. Na época ele contava com um desenho mais retangular que o do atual. O modelo emplacou tão bem que a marca japonesa só foi remodelá-lo em 2004. O novo SUV chegou em 2006 e ganhou as ruas brasileiras no ano passado. As diferenças do modelo comercializado no ano passado para o atual são poucas.

Para conquistar o consumidor brasileiro com algo a mais, a Honda resolveu trazer do México a versão LX e a EXL. Em 2007, só havia um acabamento, o EX. O LX, na verdade, é o modelo de entrada. Diferentemente da versão completa, ele não tem tração integral, banco em couro nem disqueteira para 6 CDs.

Bolso aperta ou não?

Longe de ser um beberrão para o seu tamanho, o CR-V fez, de acordo com as medições do WebMotors, 8 km/l em ciclo misto. A marca japonesa declara que ele faz 9,6 km/l na cidade e 14 km/l na estrada. Realmente este é um ponto positivo do CR-V: o consumo.

Os valores sugeridos para o CR-V são R$ 110 mil EXL 4WD e R$ 94,5 mil LX 2WD com frete incluso na base do Estado de São Paulo.

A GM já adiantou que o Chevrolet Captiva deve custar por volta de R$ 100 mil e o Hyundai Tucson custa cerca de R$ 80 mil. Já um Honda CR-V 2007 com tração 4WD custa por volta de R$ 108 mil. Ou seja, existe uma pequena depreciação do valor do utilitário. Um detalhe é que, nas duas situações de tração, as trilhas não devem ser enfrentadas. Os pneus não contam com cravos e a reduzida é inexistente. Uma opção boa de status para ganhar lugar à porta de restaurantes, porém péssima para se aventurar nas estradas de terra e trilhas brasileiras.

Pontos fortes
- Conforto
- Motor
- Design
- Baixo consumo
- Praticidade para rebaixar os bancos

Pontos fracos

- Falta sensor de estacionamento nas duas versões nem como opcional
- Acabamento espartano para a categoria

FICHA TÉCNICA – Honda CR-V

















MOTORQuatro cilindros em linha, transversal, quatro válvulas por cilindro, 1.997 cm³
POTÊNCIA150 cv a 4.200 rpm
TORQUE 19,4 kgm a 4.200 rpm
CÂMBIO Automático de 5 velocidades
DIREÇÃO Por pinhão e cremalheira; hidráulica progressiva
RODAS Dianteiras e traseiras em aro 17”, de liga leve
PNEUS Dianteiros e traseiros 225/65R17
COMPRIMENTO 4,52 m
ALTURA 1,68 m
LARGURA 1,82 m
ENTREEIXOS 2,62 m
PESO em ordem de marcha1.529 kg
TANQUE58 l
SUSPENSÃO Na dianteira, do tipo McPherson e na traseira sistema Multi-Link.
FREIOS A disco nas quatro rodas, ventilados na dianteira e sólido na traseira
PREÇO R$ 94,5 mil LX 2WD e R$ 110 mil EXL 4WD


Gosta de utilitários esportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Kia Sportage

Hyundai Tucson

Honda CR-V

Toyota RAV4

Land Rover Freelander

Leia também:

Os lançamentos mais quentes de 2008

Chevrolet lança Captiva na Argentina

Volvo XC60 em Genebra

Mahindra Scorpion

Jeep Renegade Concept

Guia de Compras – Ford EcoSport

Ford Edge

Toyota Venza

Ford Verve Concept

Toyota A-BAT, a picape conceito para Detroit

Ford Explorer America, conceito próximo da realidade

Vision GLK, uma prévia do futuro utilitário da Mercedes

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors