Hummer H3 leva táticas militares para o trânsito

Além da capacidade para o off-road, veículo é feito sob medida para a blindagem


  1. Home
  2. Testes
  3. Hummer H3 leva táticas militares para o trânsito
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Conforme o prometido, esta semana o WebMotors traz a seus leitores a experiência de dirigir um dos automóveis mais chamativos que existem hoje no mundo, o Hummer H3. E não só por sua aparência robusta e angulosa, mas por ser inspirado em um dos veículos militares mais extraordinários do mundo, o Humvee. Na mesma oportunidade, o WebMotors pôde avaliar o Saturn Sky Red Line , um dos carros mais gostosos de dirigir já criados pela GM, e o Cadillac SRX.

Do Humvee o H3 tem a grade, o estilo mais preocupado com função que com aparência, os vidros retos e curtos, especialmente criados para facilitar a blindagem, e o aspecto resistente, de carro que enfrenta qualquer obstáculo sem muita reclamação.

As diferenças ficam por conta de uma certa “domesticação”. O H3 é muito mais estreito que o Humveee, o que o torna apto a circular pelas faixas das avenidas brasileiras, por exemplo o H1, versão civil do Humvee, ocupa pelo menos uma faixa e meia. Sua plataforma também é mais civilizada, a mesma que a picape S10 norte-americana utiliza.

Os mais puristas podem até torcer o nariz para o carro, com a sensação de que ele é apenas um Chevrolet com cara de Hummer, mas isso seria injustiça com o veículo. Especialmente por suas características de desenho, que, mais do que a capacidade off-road, que não é má, são seu fator de identidade e de classificação como um legítimo Hummer.

Um Hummer, mais do que um carro que serve para instalar rodas de aro 30”, como é moda atualmente nos EUA, é um modelo civil com identidade militar. No Brasil o veículo possivelmente teria um mercado grande, já que oferece conforto, boa visibilidade, por ser alto, e é feito para receber blindagem. Triste, mas seria ideal para enfrentar a guerra civil que ocorre nas grandes cidades brasileiras. Um Caveirão particular...

Externamente, o carro chama a atenção por seu aspecto quadradão e suas rodas enormes, de aro 18”, e pneus igualmente grandes, 265/65 R18. Como ele é muito alto, o acesso a sua cabine é difícil para pessoas de baixa estatura, que têm de contar com os estribos laterais para “escalar” o carro mais facilmente. No H3, os estribos não são mero detalhe decorativo, mas o tornam ainda mais invocado.

Por dentro, o menor dos Hummer atualmente à venda mantém o estilo reto no painel, console central e nas portas. O conforto de que o motorista desfruta não é o mesmo oferecido aos três passageiros que o banco traseiro comporta. Ali, a herança da S10 se faz sentir, com um piso muito próximo do banco e um teto baixo, o que pode tornar uma viagem longa bastante cansativa, especialmente se for em pisos irregulares. O porta-malas, com capacidade para 835 l de bagagem até o teto, é mais do que suficiente para levar o necessário para uma temporada em um sítio de difícil acesso.

A versão trazida ao Brasil, modelo 2007, tinha o bom motor Vortec 3500, ou L52, um cinco-cilindros a gasolina com 223 cv, já aposentado. No modelo 2008, ele deu lugar ao Vortec 3700, o LLR, com 200 cm³ e 11 cv a mais.

Por US$ 29.995, o Hummer H3 vem com câmbio manual de cinco marchas, que muitos norte-americanos nem sabem usar, o que torna quase obrigatória a adoção de um câmbio automático, de apenas quatro marchas, por US$c 31,69 mil.

O trajeto de avaliação do H3, apenas na pista off-road da GM, em Indaiatuba, não permitiu saber se as quatro marchas são suficientes para o carro, mas é evidente que o câmbio de cinco marchas que equipa o Cadillac SRX seria muito mais interessante.

De todo modo, as trocas de marchas são suaves e o câmbio automático, por ter conversor de torque, consegue dar ao Hummer força suficiente para sair de atoleiros e terrenos difíceis sem maiores esforços. O torque do motor L52 é de bons 31,1 kgm, mas, em situações mais difíceis, pode ser insuficiente para lidar com os 2.132 kg do utilitário.

No terreno que o WebMotors enfrentou com o H3, a suspensão se mostrou macia e adequada para trilhas, mas ela é extremamente antiquada, de um ponto de vista técnico: barras de torção na dianteira e eixo rígido na traseira. Como não foi avaliado em asfalto, não foi possível constatar se isso compromete de alguma forma sua estabilidade, nem que seja apenas por proporcionar reações mais lentas ou piores do que modelos com suspensão independente nas quatro rodas.

Sob o ponto de vista da durabilidade, entretanto, esse conjunto de suspensão deve agradar muito aos compradores, que não querem velocidade máxima ou curvas rápidas, mas sim um veículo que não os deixe na mão, especialmente em lugares de difícil acesso.

FICHA TÉCNICA – Hummer H3


MOTOR Quatro tempos, cinco cilindros em linha, longitudinal, quatro válvulas por cilindro, refrigeração a água, 3.501 cm³
POTÊNCIA223 cv a 5.600 rpm
TORQUE 31,1 kgm a 2.800 rpm
CÂMBIO Automático de quatro velocidades
TRAÇÃO Integral permanente
DIREÇÃO Hidráulica, por pinhão e cremalheira
RODAS Dianteiras e traseiras em aro 18”, de liga-leve
PNEUS Dianteiros e traseiros Michelin 265/65 R18
COMPRIMENTO 4,74 m
ALTURA 1,89 m
LARGURA 1,90 m
ENTREEIXOS 2,84 m
PORTA-MALAS 835 l com a terceira fileira de bancos rebatida
PESO em ordem de marcha 2.132 kg
TANQUE87 l
SUSPENSÃO Dianteira interdependente, por barra de torção; traseira com eixo rígido e feixe de molas, tipo Hotchkiss
FREIOS Discos ventilados na dianteira e na traseira, com ABS
PREÇO US$ 31,69 mil nos EUA


Gosta de utilitários de luxo?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta para você:

  • Infiniti FX45

  • Infiniti FX35

  • Lexus RX 300

  • Volkswagen Touareg

  • Volvo XC90

  • BMW X3

    Leia também:

    Cadillac SRX, uma interpretação norte-americana do luxo

    Nissan X-Trail enfrenta concorrência com bons atributos Mitsubishi Pajero Full

    Novo BMW X5 chega maior e melhor

    Land Rover Discovery TDV6 S
    ________________________________

    Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!
    ________________________________
    E-mail: Comente esta matéria

    Envie essa matéria para uma amigoa
  • Comentários