Hyundai Hb20s Evolution Pack 7

Hyundai HB20S Evolution Pack está de bom tamanho

Você não precisa ter a versão completa para levar para casa um sedã com motor turbo e bem equipado

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 17,5/1500 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: 9,5 km/litro
      Estrada: 10,6 km/litro
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • N/A
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
9.1

Overview


  • + Consumo de combustível
  • + Itens de segurança
  • - Espaço traseiro
  • - Ausência de alguns equipamentos
 
  • 0.0 Estrela icone
  • 0.0 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. Hyundai HB20S Evolution Pack está de bom tamanho
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Itens importantes de conforto e segurança ficaram mais acessíveis na linha 2021 do HB20S. Sistemas como frenagem de emergência e alerta de mudança de faixa integram a configuração intermediária, o Hyundai HB20S Evolution Pack. A versão já oferece o potente e econômico motor 1.0 turbo, além de diversos equipamentos relevantes na categoria. Será que isso a torna a melhor versão do sedã?

O preço de tabela está em R$ 81.590. São R$ 3 mil a mais em relação à configuração Evolution. Essa grana extra banca os itens de segurança exclusivos do segmento, citados no começo do texto, além de câmera de ré e quatro airbags.

Direção elétrica com ajustes de altura e profundidade, travas, retrovisores e vidros elétricos também fazem parte do pacote de itens de série. A lista continua com rodas de 15 polegadas de acabamento bicolor, volante multifuncional, controle de cruzeiro e ar-condicionado. Este tem visor digital, mas não é automático, nem tem seletor de temperatura em graus.

Não há ressalvas, no entanto, ao falarmos da central multimídia de oito polegadas. Ela é sensível ao toque, intuitiva, bem organizada e tem compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay. O display de formato flutuante, como as montadoras gostam de dizer, é o elemento que mais enriquece o interior do sedã.

O interior sóbrio do Hyundai HB20S Evolution Pack

Embora seja simples, o acabamento interno tem materiais de boa qualidade. Há elementos macios na base acima do cluster, bem como no apoio de braços. Por falar nisso, bem que o volante poderia ganhar revestimento em couro.

Outras ausências relevantes são saídas de ar-condicionado e ao menos uma porta USB dedicada a quem viaja no banco traseiro. Há dois conectores desse tipo, mas que ficam localizados no nicho à frente do câmbio.

Os passageiros de trás também não tem muita folga para as pernas. O espaço é apenas suficiente para quem tem estatura mediana. Isso pode ser explicado pelo entre-eixos de 2,53 metros. É o mesmo do hatch HB20. São nove centímetros a menos ao compararmos com o Nissan Versa.

Em contrapartida, há muito espaço no porta-malas. Os 475 litros de capacidade são suficientes para abrigar duas malas grandes, além de outras duas de porte médio. Cabe até mais um pouquinho se utilizarmos as laterais do bagageiro.

Conjunto eficiente

Outro ponto positivo do modelo é a performance do motor 1.0 turboflex. O propulsor rende 120 cv de potência a 6.000 rpm. Mas o chamariz fica por conta do torque de 17,5 kgf.m entregue rapidinho, aos 1.500 rpm. Essa característica deixa o carro sempre à mão. O sedã é ligeiro para rodar na cidade e vigoroso na estrada.

A boa dirigibilidade também é resultado de uma posição de dirigir versátil aliada a uma suspensão com ajuste fino em nome do conforto, mas sem perder estabilidade em curvas de alta.

O único ponto de atenção quanto à dinâmica de rodagem é notado em ladeiras. Parece que o câmbio automático de seis marchas fica confuso ao manter a segunda ou escalonar para a terceira. Esta indecisão faz com o que o sedã perca o vigor neste cenário. Nada grave.

Até porque o consumo de combustível eficiente faz você esquecer pormenores. Segundo dados do Inmetro, o sedã tem desempenho de 12,1 km/l e 8 km/l na cidade. Nas rodovias, os números sobem para 15,3 km/l e 10,8 km/l, sempre na ordem gasolina e etanol.

Pós-venda é destaque

A toada positiva continua no pós-venda. Isso porque o modelo apresenta apólice de seguro de R$ 2.183,82, no AutoCompara. O valor está na média do segmento, assim como o orçamento das revisões periódicas. Os seis primeiros serviços chegam a um total de R$ 3.316,66. Ressalta-se que a marca coreana tem como diferencial a garantia de cinco anos para o sedã.

É possível dizer, portanto, que o modelo continua como uma das opções mais vantajosas da categoria de sedãs compactos. Além de ter itens relevantes de segurança e conforto mais acessíveis, o modelo também ficou mais atraente em termos estéticos. Na linha 2021, a grade abandonou elementos cromados para ganhar um material em preto brilhante com aspecto de cascata.

A versão Evolution Pack é ótima opção para quem não faz questão de ter um carro com todos os equipamentos possíveis, mas que não abre mão de itens de comodidade e um bom conjunto mecânico.

Ficha Técnica

HYUNDAI - HB20S - 2021
1.0 TGDI FLEX EVOLUTION AUTOMÁTICO
R$ 80090

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Cilindrada (litros)
  • 1.0
  • Cilindrada cm³
  • 998
  • Disposição dos cilindros
  • Linha
  • Número de cilindros
  • 3
  • Taxa de compressão
  • 10,5
  • Número de válvulas por cilindro
  • 4
  • Número de válvulas (comercial)
  • 12V
  • Comando de Válvulas
  • DOHC
  • Comando de válvulas variável
  • Sim
  • Combustível (comercial)
  • Flex
  • Combustível secundário
  • Gasolina
  • Alimentação
  • Turbo
  • Potência (cv/rpm)
  • 120/6000
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 17,5/1500
  • Potência secundária (cv/rpm)
  • 120/6000
  • Torque secundário (kgfm/rpm)
  • 17,5/1500
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 1
  • 9,5
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 1
  • 10,6
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 2
  • 12,8
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 2
  • 14,7
  • Fonte consumo
  • INMETRO

Transmissão +

  • Transmissão
  • Automática
  • Número de marchas
  • 6
  • Localização do câmbio
  • Assoalho
  • Tração
  • Dianteira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Tambor
  • Freio de estacionamento
  • Manual
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Molas dianteiras
  • Helicoidal
  • Suspensão - Traseira
  • Eixo de torção
  • Suspensão - Molas traseiras
  • Helicoidal
  • Direção - Assistência
  • Elétrica
  • Direção - Ajustes
  • Altura e profundidade

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 4260
  • Largura (mm)
  • 1720
  • Altura (mm)
  • 1470
  • Entre-eixos (mm)
  • 2530
  • Carga útil (kg)
  • 420

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • Sistema de áudio - Nomenclatura (comercial)
  • blueMedia
  • USB
  • Sim
  • AUX-in
  • Sim
  • Bluetooth
  • Função Streaming
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 7"
  • Tela de entretenimento - Sensível ao toque
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Espelhamento com smartphone
  • Apple CarPlay + Google Android Auto
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Via espelhamento (smartphone)
  • Tela de entretenimento - TV digital
  • Sim
  • Controle de áudio
  • No volante
  • Alto-falantes - Quantidade
  • 4

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Aço
  • Tipo de roda - Calotas
  • Integrais
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 15
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 185/60
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 15
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 185/60
  • Estepe
  • Space saver

Garantia +

  • Garantia total do veículo - Duração (meses)
  • 60
  • Garantia de motor e transmissão - Duração (meses)
  • 60
  • No Bolso9.1
  • Tecnologia9.3
  • Vida a bordo9.0
  • Desempenho9.2
  • Opinião do repórter8.8
  • + Consumo de combustível
  • + Itens de segurança
  • - Espaço traseiro
  • - Ausência de alguns equipamentos
 
9.1

  • Lukas Kenji
  • Quando deixa um pouco de lado a carreira brilhante como piloto de Gran Turismo e Fórmula 1 (no Playstation), faz cobertura diária do setor automobilístico. Muscles cars e clássicos dos anos 1990 são as máquinas prediletas.
Compartilhar
0
Comentários