Hb20xwm103

Hyundai HB20X é um aventureiro gourmet

Modelo prioriza o requinte, mas ainda é melhor opção do segmento


  1. Home
  2. Testes
  3. Hyundai HB20X é um aventureiro gourmet
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Para percorrer uma trilha a pé são necessários alguns equipamentos específicos mesmo que o roteiro não seja tão desafiador. Não dá para chegar no rolê de chinelo, por exemplo. Basta um escorregão no barro para ele se quebrar ou você se esborrachar no chão. E aqueles que tentam cumprir a missão de calça jeans? Não têm mobilidade para subir um mínimo degrau – as constatações são por experiência própria.

A impressão é de que o Hyundai HB20X comete esses erros básicos. Idealizado para ser aventureiro, transmite a sensação de querer enfrentar a lama de salto alto. Tem todos os atributos para ser taxado de poser, aquele sujeito que deseja aparentar ser o que não é.

Aí é que mora o engano. Na verdade, o hatch está trajado com vestimentas erradas, mas sim, roupas de grife. Em vez de poser, o HB20X está mais para um aventureiro gourmet.

O novo desenho da parte frontal é o retrato da evolução do modelo que acabou por tornar-se o mais evoluído, plasticamente falando, da família HB20. A grade hexagonal tem contorno cromado e sua base traz uma barra de proteção de visual agressivo. O conjunto ótico é outro destaque, sendo que os faróis principais têm novo desenho com acabamento interno cromado. Já os faróis de neblina chamam mais atenção pelo músculo da carroceria que está a sua volta.

O desenho da frente está em consonância com a parte de trás. Também há lanternas de neblina em forma de cículo e difusor plástico na cor cinza. Há ainda acabamento plástico preto em toda a base da carroceria, do para-choque frontal ao traseiro.

Por dentro, a versão básica Style (R$ 57.245), personagem desta avaliação, traz poucos diferenciais. Os bancos têm diversas gravuras e costuras na cor verde. Outros diferenciais são os pedais cromados e o volante com acabamento em couro. Vale ressaltar que o ambiente é totalmente diferente na configuração com bancos de couro de tonalidade marrom, que também servem para revestir parte das portas – mas aí já estamos falando de uma versão de R$ 68.335.

AVENTURA URBANA

Embora tenha se dedicado ao incremento visual, a Hyundai não esqueceu de oferecer componentes relevantes em termos de perfomance. O HB20X passou a ser o único da linha HB a contar com direção elétrica. Mas o que faz mais diferença ao rodar é a munutenção da suspensão 4,1 centímetros elevada em relação ao hatch convencional.

Isso permite com que o carro seja um ótimo aventureiro. Mas não remeta o pensamento somente a barro, lama e terra. O HB20X encara bem trilhas leves, mas sua melhor performance é entregue ao enfrentar a selva de pedra das cidades grandes e a infinidade de ruas de asfalto irregular. É mais confortável estar a bordo de um carro altinho ao ter de lidar com buraqueiras.

Outro elemento importante é a nova transmissão manual de seis velocidades. Ótima para economizar combustível na estrada por exercer menos poder de fogo ao motor 1.6 16V, o câmbio também é uma boa pedida em cenário urbana por ter escalonamento curtinho – há opção por câmbio automático a partir de R$ 61.545.

icon photo
Legenda: Hb20xwm116

BEBE MENOS

Outra importante alteração no trem de força e que visa o consumo está no próprio motor. Além de ter sistema de partida a frio, o propulsor de 122/128 cv a 6.200 rpm ganhou elementos como velas de iridium e recalibragem de pistões e anéis. Isso ocasiona em menos atrito no funcionamento do motor e, de quebra, melhora no consumo de combustível. A eficiência desta mudança é comprovada pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem do Inmetro, no qual o hatch pulou da nota “B” para “A” em relação aos concorrentes do mesmo segmento. O desempenho agora é de 11,6 e 8,3 km/l na cidade. Na estrada, a relação é 13,4 e 9,8 km/l, sempre na ordem gasolina e etanol.

Bom no consumo, o Hyundai também manda bem na performance. A nova relação com o câmbio de seis marchas deu mais gana ao carro nas três primeiras escalonagens, apesar de o torque demorar a ser entregue em sua plenitude. Com gasolina, a força motriz de 16 kgf.m surge apenas aos 4.500 rpm. Com combustível vegetal, temos torque de 16,5 kgf.m aos 5.000 giros.

Mas o mais relevante é que o hatch cumpre a distância 0 a 100 km/h abaixo de 10 segundos quando abastecido de etanol (precisa de 9,8 s).

OUTRAS OPÇÕES

Em termos de equipamentos, a oferta inclui apenas um pacote, digamos, obrigatório para um hatch que beira os R$ 60 mil: ar-condicionado, direção elétrica, travas, vidros e retrovisores elétricos, volante multifuncional, rodas de liga leve de 16 polegadas com acabamento diamantado, computador de bordo, direção e banco do motorista com ajustes e faróis de neblina.

Bem que a central multimídia blueMedia com suporte às tecnologias Apple Car Play e Android Auto poderia estar disponível desde a versão básica - é mimo apenas na versão Premium. Seria um bom diferencial para o modelo, uma vez que está disponível no rival Volkswagen CrossFox. Mas também é verdade que o rival parte de R$ 66.850, ou seja, R$ 9,6 mil mais que o HB20X.

Outro comparativo pode ser feito em relação ao Sandero Stepway. Tabelado a R$ 56.200, o Renault tem o custo-benefício superior por trazer central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas, além de sensor de estacionamento.

Aliás, o Stepway é uma boa opção ao HB20X. Tem comportamento semelhante, porém foca em que deseja visual mais despojado e dimensões superiores. São 4,06 m contra 3,90 m de comprimento. O entre-eixos de 2,59 m é 9 cm superior e o porta-malas de 320 litros é 20 litros mais espaçoso.

O HB20X é opção para quem privilegia prazer ao dirigir, performance e visual mais requintado.

IMAGE

PÓS-VENDA

Outro ponto positivo do modelo fabricado em Piracicaba (SP) está no pós-venda. Oferece cinco anos de garantia e revisão com preço fechado (confira o valor das três primeiras revisões na tabela acima). Outro aspeccto em que o modelo vai bem é no seguro. Foi o que apresentou menor cotação no sistema do AutoCompara em relação a Sandero Stepway e CrossFox. O valor foi de R$ 1.395,55 levando em consideração perfil de homem casado, com garagem em casa e no trabalho e residente na zona sul de São Paulo (SP).

Este é mais um dos pontos que colocam o Hyundai em vantagem em um segmento em que o estilo é primordial. Ora, estamos falando de hatches superiores a R$ 55 mil que não têm equipamentos adequados para trechos offroad pesados. Portanto, o modo estético cujo cada modelo se apresenta é importante e o HB20X é que tem características para suprir as necessidades do consumidor.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors