Volkswagen Jetta 250 TSI Comfortline

O dia a dia com o Toyota Corolla híbrido

Eletrificado mais acessível do Brasil, versão do sedã médio campeão de vendas atrai pelo rodar suave e eficiência

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 14,5/3600 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: 10,9 km/litro
      Estrada: 9,9 km/litro
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • N/A
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
8.6

Overview


  • + Economia de combustível
  • + Ergonomia
  • - Itens de série
  • - Acabamento
 
  • 0.0 Estrela icone
  • 0.0 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. O dia a dia com o Toyota Corolla híbrido
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Nos últimos quatro anos, a comercialização de veículos híbridos no Brasil saltou de 959 para 11.320 unidades em 2019, de acordo com dados da Anfavea (a associação dos fabricantes de automóveis). Ainda restrito a modelos topos de linha, premium e de luxo, esse segmento ainda é pequeno em território nacional - enquanto esboça um mercado de usados em ascensão.

O modelo ecologicamente correto mais barato do País é o Toyota Corolla Altis Hybrid, que parte de R$ 137.890 e chega a R$ 145.390, e detém o título de único flex híbrido do mundo. O sedã traz um conjunto formado pelo casamento de um 1.8 flex de 101 cv e 14,5 kgf.m (etanol) a dois motores elétricos que somam 72 cv de potência e 16,6 kgf.m de torque que dão vida à bateria que movimenta o carro. O câmbio é do tipo CVT.

Manutenção e uso diário

No dia a dia, o Corolla híbrido agrada pela condução suave, mérito garantido pela direção elétrica e pela suspensão independente nas quatro rodas. Em velocidades baixas, o carro é movido eletricamente e, conforme o ponteiro do velocímetro sobe, o motor a combustão entra em ação automaticamente - o processo é gerenciado por uma central eletrônica.

O motorista, no entanto, pode optar pelo modo de condução Eco ou Power, de acordo com a demanda por desempenho. Conta a favor do modelo o fato de ser o único flex híbrido do mundo, ou seja, você ainda pode optar pelo combustão mais em conta no momento para garantir uma economia maior.

O nível de ruído é tão baixo que muitas vezes o motorista se engana com o liga e desliga do veículo, feito por meio de botão. Para quem espera esportividade, é bom avisar: a versão híbrida do Corolla não foi feita para acelerar. Apesar de contar com motor a combustão, a unidade não é a mesma da Altis “tradicional”, que usa um 2.0 de 177 cv de potência.

Diante disso, tanto nas ultrapassagens como ao vencer ladeiras, o conta-giros precisa subir até as 4.000 rpm para ganhar velocidade nessas situações. O câmbio CVT também se mostra um pouco perdido até casar bem com a faixa de rotações.

Aos que pensam em trabalhar com o veículo como motorista de aplicativo, vale ressaltar que a posição de dirigir agrada. Além de ser fácil de ser encontrada, a espuma dos bancos tem densidade ideal. No que diz respeito ao espaço interno, os passageiros terão 2,70 m de entre-eixos e 1,78 m de largura disponíveis. No bagageiro, a capacidade chega aos 470 litros.

E um Corolla híbrido seminovo?

Um Toyota Corolla Altis Hybrid com cerca de um ano de uso é cotado a R$ 113 mil pela tabela Fipe e pode já ter passado pela primeira revisão - essa manutenção tem o mesmo valor que as outras versões do Corolla, R$ 300, e a segunda parte de R$ 700. Na vistoria são analisados os mesmos itens da revisão de veículos “comuns”, com a adição da leitura do sistema elétrico por um software.

Somada à tradicional confiabilidade da marca japonesa, há a garantia de oito anos do sistema híbrido. O modelo completará um ano de mercado em breve, portanto, ainda restam mais sete anos cobertos pela marca - mas vale saber que uma nova bateria é cotada em cerca de R$ 10 mil.

De acordo com o engenheiro elétrico Mario Anauate, a parte mecânica de um veículo híbrido pode ter menos peças quando comparada a um carro a combustão, o que facilita a manutenção, uma vez que o desgaste também é menor.

Ele destaca, no entanto, a atenção redobrada com a vida útil da bateria, pois, quanto mais rodado o carro, por mais ciclos de carregamento a peça passou, uma vez que ela é recarregada durante as frenagens.

Um item em especial que deve ser trocado em todas as revisões é o filtro de ar que refrigera todo o sistema. Dessa forma, evita-se o superaquecimento da bateria. Vale lembrar que tanto as oficinas como os profissionais que fazem a manutenção deste tipo de veículo precisam ser qualificados devido não só à especificidade da tecnologia, mas também à alta intensidade de corrente gerada em todo o sistema

 

Ficha Técnica

TOYOTA - COROLLA - 2021
1.8 VVT-I HYBRID FLEX ALTIS CVT
R$ 142090

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Cilindrada (litros)
  • 1.8
  • Disposição dos cilindros
  • Linha
  • Número de cilindros
  • 4
  • Número de válvulas por cilindro
  • 4
  • Número de válvulas (comercial)
  • 16V
  • Comando de Válvulas
  • DOHC
  • Comando de válvulas variável
  • Sim
  • Combustível secundário
  • Elétrico
  • Alimentação
  • Aspirado
  • Nomenclatura do motor (comercial)
  • DYNAMIC FORCE
  • Potência (cv/rpm)
  • 101/5200
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 14,5/3600
  • Potência secundária (cv/rpm)
  • 72
  • Torque secundário (kgfm/rpm)
  • 16,6
  • Velocidade máxima (km/hora)
  • 180
  • Aceleração 0-100 km/h (segundos)
  • 12
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 1
  • 10,9
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 1
  • 9,9
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 2
  • 16,3
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 2
  • 14,5
  • Fonte consumo
  • INMETRO

Transmissão +

  • Transmissão
  • CVT
  • Número de marchas
  • 10
  • Nomenclatura da transmissão (comercial)
  • Multidrive-S
  • Localização do câmbio
  • Assoalho
  • Modo manual (p/ AT)
  • Sim
  • Tração
  • Dianteira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Disco sólido
  • Freio de estacionamento
  • Manual
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Molas dianteiras
  • Helicoidal
  • Suspensão - Traseira
  • Double Wishbone
  • Suspensão - Molas traseiras
  • Helicoidal
  • Direção - Assistência
  • Elétrica
  • Direção - Ajustes
  • Altura e profundidade

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 4630
  • Largura (mm)
  • 1780
  • Altura (mm)
  • 1455
  • Entre-eixos (mm)
  • 2700
  • Capacidade tanque de combustível (litros)
  • 50
  • Peso bruto (kg)
  • 1440

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • USB
  • Sim
  • CD/MP3 player
  • Sim
  • Bluetooth
  • Conexão com celular
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 8
  • Tela de entretenimento - Sensível ao toque
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Espelhamento com smartphone
  • Apple CarPlay + Google Android Auto
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Via espelhamento (smartphone)
  • Controle de áudio
  • No volante
  • Alto-falantes - Quantidade
  • 4
  • Alto-falantes - Tweeters
  • 2

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Liga leve
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 17
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 225/45
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 17
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 225/45
  • Estepe
  • Convencional

Garantia +

  • Garantia total do veículo - Duração (meses)
  • 60
  • No Bolso8.8
  • Tecnologia8.0
  • Vida a bordo9.0
  • Desempenho8.5
  • Opinião do repórter8.2
  • + Economia de combustível
  • + Ergonomia
  • - Itens de série
  • - Acabamento
 
8.6

Compartilhar
0
Comentários