Jeep Renegade

Jeep Renegade faz jus aos bons números de venda

Aceleramos a versão Longitude flex do SUV compacto, que custa R$ 106.190 e tem bom pacote de equipamentos de série

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 19,3/3750 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: 6,5 km/litro
      Estrada: 7,6 km/litro
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • 260 litros
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
8.9

Overview

Versão intermediária com motor 1.8 flex do SUV mais vendido do Brasil. Modelo tem fama de beberrão e de pouco porta-malas, mas também tem atributos.


  • + Acabamento
  • + Status da marca
  • + Visual charmoso
  • - Porta-malas
  • - Consumo
 
  • 4.5 Estrela icone
  • 4.5 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. Jeep Renegade faz jus aos bons números de venda
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Tenho um primo fã de Jeep Renegade. Ele é casado e tem duas filhas pequenas - uma família de quatro pessoas, portanto. Quis trocar de carro e resolveu me consultar. Era dono de um Toyota Etios hatch 2014/2014, que pretendia dar de entrada em algum modelo maior. "Precisa comportar as coisas de todos, ser econômico como meu Etios e sobrar conforto para todos nós". Esses eram os requisitos.

As opções de compra vieram dele mesmo: dúvida entre uma Chevrolet Spin Activ 2016 completa, um Tracker 2015 ou um Jeep Renegade Longitude 2017. Fui categórico em dizer que se espaço e economia eram prioridade, a escolha deveria ser a Spin, que ainda oferecia ótimo pacote de conectividade graças ao bom sistema multimídia MyLink e ao serviços de concierge da telemática OnStar, da GM.

Alguns dias depois recebo no whatsapp: "Fechei o Renegade. Gostei da Spin e bastante do Tracker também, mas nenhum dos dois era um Jeep". Na prática, ele assinou o cheque de um carro que tem porta-malas pouco maior que o do próprio Etios (são 320 litros no Jeep e 270 l no carro da Toyota), mas o sorriso no rosto, aposto, foi maior que o de qualquer outro modelo que aparecesse na disputa.

Jeep Renegade: o grande líder

Vamos falar sobre a versão flex do Jeep Renegade, um dos SUVs mais vendidos do Brasil nos últimos anos. Mais precisamente da configuração Longitude 1.8 A/T, que custa atualmente R$ 106.190. "Bora" descobrir, afinal, porque o carro faz jus aos bons números de venda.

Para começar, precisamos posicioná-lo em seu segmento. O Renegade é, hoje, julho de 2020, o SUV mais emplacado no mercado brasileiro se somado o acumulado de vendas dos seis primeiros meses do ano - são 20.710 unidades de janeiro a junho, na frente do Volkswagen T-Cross (o segundo, com 20.595) e do "irmão" Jeep Compass (medalhista de bronze, que tem 17.637).

Você já deve ter ouvido falar de muitos especialistas - e de vendedores de outras marcas, claro - que o porta-malas do modelo é pequeno e que o motor flex bebe demais. São dois pontos que, de fato, podem decidir uma compra. Mas por que será que ele segue tão bom nas vendas?

Jeep Renegade prata visto de frente em cima da montanha
icon photo
Legenda: Jeep Renegade foi o SUV mais vendido do Brasil em 2019 e segue na liderança em 2020
Crédito: Divulgação

Status e estilo

A primeira resposta está na marca Jeep. Embora não seja considerado um fabricante premium - como Land Rover, BMW ou Audi, por exemplo -, é fato que "ter um Jeep" soa diferente de dizer que você tem um carro da Volks, ou da GM, Ford, Renault, Hyundai ou mesmo da Honda ou Toyota.

Outra coisa que influencia na compra é o estilo. Não dá para negar que o design do carro é agradável, ainda que alguns rivais consigam oferecer desenhos tão harmônicos quanto ele. É inegável que o Renegade tem pegada diferente, mais quadradinha, de certo modo até retrô, diretamente ligada aos primeiros Jeep Willys que foram utilizados na Segunda Guerra.

Além disso, a confiança que se criou em cima do nome Jeep, e especificamente no do Renegade nestes últimos cinco anos - durante toda a vida de mercado desta primeira geração do carro, com poucos problemas sérios de construção e baixo número de recalls -, também auxilia diretamente nos bons números de vendas. Os preços competitivos nos serviços de pós-venda também contam a favor.

O Renegade que a equipe do WM1 acelerou por algumas semanas era parecido com o do meu primo, hoje feliz proprietário do SUV compacto da marca. Versão Longitude 1.8 flex (intermediária, acima da Sport e abaixo da Limited), que custa R$ 106.190.

O motor 1.8 é o da família E.torQ: tem 139 cv e 19,2 kgf.m de torque com etanol (são 135 cv e 18,7 kgf.m com gasolina). Apesar de ser conhecido por ser utilizado em outros carros do Grupo FCA, como Fiat Argo, Cronos e Toro, é um propulsor de certo modo defasado em relação aos principais rivais da categoria, que já adotaram a tecnologia do turbocompressor em atualizações mais recentes - como Chevrolet Tracker, Volkswagen T-Cross e Honda HR-V, por exemplo.

É importante lembrar, todavia, que até o ano que vem o Jeep Renegade deve receber a versão turbinada do motor 1.3 Firefly - que acaba de chegar, ainda em sua versão aspirada, à Fiat Strada -, e tirar o "atraso" tecnológico em relação aos rivais. A caixa de câmbio automática de seis marchas da fornecedora japonesa Aisin, que não empolga e também não compromete, deve continuar em linha.

Espaço interno

Falamos do porta-malas compacto, mas não destacamos o espaço para ocupantes no Jeep Renegade. Acredite, justamente pelo fato de o bagageiro ser pequeno - se comparado ao dos concorrentes -, o interior do carro chega a ser espaçoso, principalmente em altura.

Mas senti falta de aconchego - os bancos não te "abraçam" como deveriam, sabe? Talvez se os apoios laterais dos assentos fossem maiores...

O Renegade é um carro alto, embora não tão comprido - são 4,23 m de comprimento, 1,81 m de largura, 1,70 m de altura e 2,57 m de entre-eixos. Na hora do vamos ver na cabine, há boa área para os dois passageiros da frente e um ligeiro aperto nas pernas dos três que vão atrás - ainda que o espaço para as cabeças dos três ocupantes da segunda fileira seja ótimo.

Proporcionalmente, o Jeep Renegade é quase que o "contrário" do recém-lançado Volkswagen Nivus - que tem espaço traseiro apertado, mas dá um show de porta-malas (com 415 litros). Isso prova que sua carroceria segue à risca a proposta de um SUV raiz, sem qualquer pretensão de caimento de cupê.

Jeep Renegade Trailhawk 2020
icon photo
Legenda: Espaço traseiro é bom para cabeça e não tanto para as pernas - prova que carroceria segue filosofia de SUV "raiz"
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Consumo e equipamentos

Realmente não é fácil defender o Renegade quando se fala sobre o consumo de combustível. De acordo com os dados oficiais do Inmetro, são 6,9 km/l na cidade e 8,6 km/l na estrada com etanol; e 10 km/l e 12 km/l, respectivamente, com gasolina - nota "D" na comparação com outros carros da categoria e apenas "C" no geral.

Mas há um alento! O tanque de combustível é grande (são 60 litros), o que significa autonomia de até 720 quilômetros na estrada com gasolina no tanque. Na prática, apesar de beberrão, a frequência no posto não é tão grande graças ao bom volume do reservatório.

Agora que já falamos de porta-malas e consumo, é hora de aproveitar o que melhor de existe no Renegade: o excelente acabamento e a profusão de mimos a bordo. Acredite: existe até uma série de easter eggs distribuídos pela cabine e em partes da carroceria que faz parte do "charme" do modelo.

Vamos começar pelos itens de segurança: o Jeep Renegade Longitude 1.8 vem equipado com faróis de LED com regulador do facho, luzes de neblina (dianteiras e traseira), controle eletrônico de tração e estabilidade, alarme, monitoramento da pressão dos pneus, sensor e câmera de ré, assistente para partidas em rampas e Isofix para fixação de cadeirinhas infantis.

 Jeep Renegade tem visual charmoso, estilo "quadradinho", quase como um modelo retrô
Legenda: Jeep Renegade tem visual charmoso, estilo "quadradinho", quase como um modelo retrô
Crédito: Divulgação

Em termos de conforto, a configuração testada traz ar-condicionado automático de duas zonas, direção elétrica, freio de estacionamento eletrônico (por botão), trio elétrico, banco do motorista com ajuste de altura, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, sistema start/stop do motor, bancos de couro, computador de bordo e limitador de velocidade - este, o único recurso de assistência direta à direção.

O sistema multimídia, chamado de Uconnect, tem tela tátil de 8,4 polegadas, permite conexão via Bluetooth com smartphones e espelhamento da tela via CarPlay e AndroidAuto. Ainda há, por fim, algumas entradas USB espalhadas pela cabine e volante multifuncional para comando do sistema de entretenimento, além de aletas atrás da peça para trocas de marcha.

Conclusão

Explicamos que são vários os motivos que fazem o Jeep Renegade ser o SUV mais vendido do Brasil atualmente. Embora beberrão e de pouco espaço no porta-malas, como todo mundo diz, é fato que ele tenta "corrigir" essas necessidades com o grande tanque de combustível e o bom espaço interno.

Concluímos, portanto, que são a boa lista de equipamentos, o charme no visual, o status de marca mais cara e um bom atendimento no pós-venda que fazem a diferença na hora da assinatura do cheque.

Ótimo para o Grupo FCA - que a cada dia celebra bons números de vendas do Renegade, do Compass e da Fiat Toro - e perfeito também para o consumidor, que deve abrir um sorriso toda vez que põe a chave de seu Jeep na roda de conversa entre amigos.

Veja nosso raio-x com o Jeep Renegade Longitude flex

 

Ancora: Conclusão Score

Ficha Técnica

JEEP - RENEGADE - 2019
1.8 16V FLEX LONGITUDE 4P AUTOMÁTICO
R$ 99990

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Cilindrada cm³
  • 1747
  • Disposição dos cilindros
  • Linha
  • Número de cilindros
  • 4
  • Taxa de compressão
  • 12,5:1
  • Número de válvulas por cilindro
  • 4
  • Número de válvulas (comercial)
  • 16V
  • Comando de Válvulas
  • DOHC
  • Combustível (comercial)
  • Flex
  • Combustível secundário
  • Álcool
  • Alimentação
  • Aspirado
  • Start-Stop
  • Sim
  • Nomenclatura do motor (comercial)
  • E.torQ EVO
  • Potência (cv/rpm)
  • 139/5750
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 19,3/3750
  • Potência secundária (cv/rpm)
  • 135/5750
  • Torque secundário (kgfm/rpm)
  • 18,8/3750
  • Velocidade máxima (km/hora)
  • 182
  • Aceleração 0-100 km/h (segundos)
  • 11,1
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 1
  • 6,5
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 1
  • 7,6
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 2
  • 9,5
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 2
  • 10,9
  • Fonte consumo
  • INMETRO

Transmissão +

  • Transmissão
  • Automática
  • Número de marchas
  • 6
  • Nomenclatura da transmissão (comercial)
  • AT6
  • Localização do câmbio
  • Assoalho
  • Modo manual (p/ AT)
  • Sim
  • Tração
  • Dianteira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Disco sólido
  • Freio de estacionamento
  • Eletrônico
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Molas dianteiras
  • Helicoidal
  • Suspensão - Traseira
  • Multilink
  • Suspensão - Molas traseiras
  • Helicoidal
  • Direção - Assistência
  • Elétrica
  • Direção - Ajustes
  • Altura e profundidade

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 4232
  • Largura (mm)
  • 1798
  • Altura (mm)
  • 1705
  • Entre-eixos (mm)
  • 2570
  • Altura em relação ao solo (mm)
  • 200
  • Diâmetro de giro (mm)
  • 10840
  • Ângulo de ataque (graus)
  • 21,1º
  • Ângulo de saída (graus)
  • 22,3º
  • Capacidade tanque de combustível (litros)
  • 60
  • Capacidade do porta-malas (litros)
  • 260

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • Sistema de áudio - Nomenclatura (comercial)
  • UConnect
  • USB
  • Sim
  • Bluetooth
  • Função Streaming
  • Comando de voz
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 5
  • Tela de entretenimento - Sensível ao toque
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Espelhamento com smartphone
  • Apple CarPlay + Google Android Auto
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Integrado
  • Controle de áudio
  • No volante
  • Alto-falantes - Quantidade
  • 4
  • Alto-falantes - Tweeters
  • 2

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Liga leve
  • Tipo de roda - Design/cor
  • Dois tons
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 18
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 225/55
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 18
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 225/55
  • Estepe
  • Space saver

Garantia +

  • Garantia total do veículo - Duração (meses)
  • 36
  • Garantia de motor e transmissão - Duração (meses)
  • 36
  • No Bolso9.1
  • Tecnologia9.0
  • Vida a bordo8.7
  • Desempenho8.6
  • Opinião do repórter9.3
  • + Acabamento
  • + Status da marca
  • + Visual charmoso
  • - Porta-malas
  • - Consumo
 
8.9

Compartilhar
0
Comentários