Nissan Kicks Advance 0151

Nissan Kicks Advance é boa opção de SUV compacto

Versão intermediária do carro da marca japonesa é uma dos melhores do mercado até R$ 110 mil, com bom custo-benefício

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 15,5/4000 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: 7,7 km/litro
      Estrada: 9,4 km/litro
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • 432 litros
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
9

Overview


  • + Acabamento interno
  • + Painel digital
  • - Autonomia
  • - Desempenho
 
  • 0.0 Estrela icone
  • 0.0 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. Nissan Kicks Advance é boa opção de SUV compacto
Lukas Kenji
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

É prática comum das montadoras restringir as principais novidades de uma nova linha às versões mais caras. Com o Nissan Kicks 2022 não foi diferente. Quase todos os equipamentos de segurança e entretenimento inéditos no SUV só estão disponíveis na versão Exclusive com o pacote Tech, que custa R$ 122.490. Mas será que vale a pena esse investimento ou há versões mais baratas que dão conta do recado?

Nissan Kicks Advance 0167
Nissan Kicks Advance oferece diversos itens de comodidade e, no pacote de segurança, seis airbags
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Para responder a essa pergunta, avaliamos a configuração Advance, que está tabelada em R$ 108.990. Embora não ofereça novidades como faróis full LED, monitor de ponto cego, além de tecnologias como alerta de mudança de faixa e frenagem de emergência, a configuração intermediária carrega diversos itens de comodidade que costumam ser demandados em um SUV com tabela superior a R$ 100 mil.

A lista começa com volante multifuncional revestido em couro com ajustes de altura e profundidade, vidros dianteiros e traseiros elétricos, piloto automático, chave presencial com partida por botão, sensores de estacionamento, luzes de freio e assinatura frontal em LED, além de rodas de liga leve de 17 polegadas.

No quesito segurança, destaque para o conjunto de airbags duplos frontais, laterais e de cortina. Ao todo, há seis bolsas de proteção.

Painel digital

Mas o diferencial do Kicks Advance perante concorrentes com faixas de preço semelhantes é o painel de instrumentos com tela digital de 7 polegadas. Ela não chega a ser envolvente como a do Volkswagen T-Cross, mas enriquece a viagem e oferece diversas informações relevantes de maneira clara.

A central multimídia também foi atualizada em relação à linha anterior do Kicks, mas a atualização não é muito notável. Ela passou de 7 para 8 polegadas, mas a base do sistema é praticamente a mesma. Há câmera de ré, além de pareamento com Android Auto e Apple CarPlay.

Os adendos ficam por conta do ar-condicionado (que é de série, mas não é digital), além dos bancos (que têm regulagem de altura, mas são revestidos em tecido). Por R$ 2 mil a mais, o consumidor leva assentos revestidos em bancos sintéticos, únicos opcionais do Kicks Advance.

Já equipamentos como faróis de neblina em LED, câmera 360 graus e sistema de som premium assinado pela Bose ficam restritos ao Kicks Exclusive Pack Tech.

Motor polêmico

O que não muda, independentemente da versão, é o conjunto mecânico. Ele é formado por câmbio CVT e motor 1.6 16V aspirado, que desenvolve 114 cv a 5.600 rpm de potência, além de 15,5 kgf.m de torque máximo a 4.000 rpm.

Nissan Kicks Advance 0141
O motor flex aspirado 1.6 16V entrega 114 cv de potência e 15,5 kgf.m de torque
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

É verdade que o conjunto está longe de transmitir a pujança dos motores turbo presentes no Chevrolet Tracker e Volkswagen T-Cross, mas é capaz de cumprir bem com as tarefas diárias. A falta de fôlego é mais evidente na estrada, onde ultrapassagens e retomadas são feitas com uma certa preguiça.

Ainda assim, a tônica da performance do Kicks continua sendo o conforto. O ajuste de suspensão é macio, isola bem as batidas secas, sem torcionar muito a carroceria.

Mas o argumento mais plausível a favor do famigerado conjunto 1.6 é o custo de manutenção, que tende a ser mais em conta na comparação com os motores turboalimentados dos rivais citados.

Nissan Kicks Advance tem ajuste de suspensão macio e bom custo de manutenção mecânica
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Já um ponto que poderia jogar contra o conjunto aspirado é o consumo de combustível. Não é o caso. O Kicks apresenta números de desempenho semelhantes ao do Tracker 1.2 turbo. Na cidade, a média é de 11,4 km/l com gasolina, e 7,7 km/l, com etanol no tanque. Na mesma ordem de combustíveis, o índice na estrada é de 13,7 km/l e 9,4 km/l.

O que mais pega contra o modelo produzido em Resende (RJ) é o tamanho do tanque de combustível. Com 41 litros, é o menor da categoria, e vai fazer com que o consumidor visite os postos ainda com mais com frequência.

Receita de sucesso

Se a parte dinâmica do Nissan tem seus altos e baixos, o SUV compacto continua uma das melhores opções da categoria em termos de porte e acabamento interno. O modelo tem 4,31 metros de comprimento, sendo que o entre-eixos é de 2,61 m. São medidas muito semelhantes ao do Honda HR-V, referência no segmento em relação a tamanho. O mesmo pode ser dito em relação ao porta-malas de 432 litros.

SUV da Nissan é um dos melhores da categoria em termos de porte e acabamento interno
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Já o acabamento continua caprichado. Há emprego de couro no painel e nas portas, além de detalhes cromados e em preto brilhante no console. Tudo de boa qualidade ao toque e que transmite conforto aos passageiros.

A boa oferta do Kicks continua no pós-venda. O valor somado das seis primeiras revisões, que correspondem a 60 mil quilômetros rodados, está na média da concorrência. Custa R$ 3.021. A máxima também vale para o seguro. A oferta mais em conta no AutoCompara é de R$ 2.580,54.

Sendo assim, é possível dizer que o Nissan Kicks Advance é uma das melhores opções da categoria de SUVs compactos na faixa entre R$ 100 mil e R$ 110 mil. O modelo entrega boa oferta de equipamentos e se vale ainda de bons recursos de conforto e segurança.

Nissan Kicks Advance entrega boa oferta de equipamento e tem ainda de bons recursos de conforto e segurança.
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

 

 

Ficha Técnica

NISSAN - KICKS - 2022
1.6 16V FLEXSTART ADVANCE XTRONIC
R$ 108990

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Cilindrada (litros)
  • 1.6
  • Cilindrada cm³
  • 1598
  • Disposição dos cilindros
  • Linha
  • Número de cilindros
  • 4
  • Taxa de compressão
  • 10,7:1
  • Número de válvulas por cilindro
  • 4
  • Número de válvulas (comercial)
  • 16V
  • Comando de Válvulas
  • DOHC
  • Comando de válvulas variável
  • Sim
  • Combustível (comercial)
  • FlexStart
  • Combustível secundário
  • Gasolina
  • Alimentação
  • Aspirado
  • Potência (cv/rpm)
  • 114/5600
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 15,5/4000
  • Potência secundária (cv/rpm)
  • 114/5600
  • Torque secundário (kgfm/rpm)
  • 15,5/4000
  • Velocidade máxima (km/hora)
  • 175
  • Aceleração 0-100 km/h (segundos)
  • 12
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 1
  • 7,7
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 1
  • 9,4
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 2
  • 11,4
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 2
  • 13,7
  • Fonte consumo
  • Montadora

Transmissão +

  • Transmissão
  • CVT
  • Nomenclatura da transmissão (comercial)
  • XTRONIC CVT
  • Localização do câmbio
  • Assoalho
  • Modo manual (p/ AT)
  • Sim
  • Tração
  • Dianteira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Tambor
  • Freio de estacionamento
  • Eletrônico
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Molas dianteiras
  • Helicoidal
  • Suspensão - Traseira
  • Eixo de torção
  • Suspensão - Molas traseiras
  • Helicoidal
  • Direção - Assistência
  • Elétrica
  • Direção - Ajustes
  • Altura e profundidade

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 4310
  • Largura (mm)
  • 1760
  • Altura (mm)
  • 1610
  • Entre-eixos (mm)
  • 2620
  • Capacidade tanque de combustível (litros)
  • 41
  • Capacidade do porta-malas (litros)
  • 432

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • Sistema de áudio - Nomenclatura (comercial)
  • Nissan Connect
  • USB
  • Sim
  • AUX-in
  • Sim
  • Bluetooth
  • Função Streaming
  • Wi-Fi
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 8
  • Tela de entretenimento - Sensível ao toque
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Espelhamento com smartphone
  • Google Android Auto
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Via espelhamento (smartphone)
  • Controle de áudio
  • No volante
  • Alto-falantes - Quantidade
  • 4
  • Alto-falantes - Tweeters
  • 2

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Liga leve
  • Tipo de roda - Design/cor
  • Dois tons
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 17
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 205/55
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 17
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 205/55
  • Estepe
  • Space saver

Garantia +

  • Garantia total do veículo - Duração (meses)
  • 36
  • No Bolso8.9
  • Tecnologia8.8
  • Vida a bordo9.3
  • Desempenho8.5
  • Opinião do repórter8.8
  • + Acabamento interno
  • + Painel digital
  • - Autonomia
  • - Desempenho
 
9

  • Lukas Kenji
  • Quando deixa um pouco de lado a carreira brilhante como piloto de Gran Turismo e Fórmula 1 (no Playstation), faz cobertura diária do setor automobilístico. Muscles cars e clássicos dos anos 1990 são as máquinas prediletas.
Compartilhar
Comentários