Nissan Kicks UEFA Champions League

Kicks UEFA Champions League só vale para fanáticos

Edição limitada a 800 unidades acrescenta apenas elementos estéticos ao SUV compacto da Nissan


  1. Home
  2. Testes
  3. Kicks UEFA Champions League só vale para fanáticos
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Apesar de serem duas paixões muito populares no Brasil, é difícil pensar como carros e futebol podem se unir. Já tivemos Monza Club, Gol Copa, Gol Seleção, HB20 Copa e a tentativa mais recente foi lançada em março deste ano. Criado para celebrar o patrocínio da Nissan à maior competição de clubes do mundo, o Kicks UEFA Champions League é vendido por R$ 95.290. Baseado na versão SV Pack Plus - que custa R$ 93.490 -, a edição limitada a 800 unidades traz apenas mudanças estéticas. Direto ao ponto: não vale a pena pagar R$ 2 mil a mais por uma configuração diferente de cores e alguns adesivos. Mas se você é fã do campeonato o suficiente para arcar com esse investimento extra, vamos te ajudar falando sobre ele.

O Kicks UCL se difere das versões comuns pela pintura vermelha metálica que contrasta com teto, rodas e retrovisores pintadas de preto. Há ainda molduras prateadas nos para-choques dianteiro e traseiro. Além disso, adesivos com o logo da competição na traseira, colunas C e portas dianteiras, marcam bem a identidade da versão.

Na grade dianteira, um dos gomos é pintado de vermelho e carrega um desenho da taça dos campeões junto com o número de série do modelo. Internamente, as molduras das saídas de ar-condicionado são no mesmo tom de vermelho do exterior. Bonito. E é isso.

icon photo
Legenda: Nissan Kicks UEFA Champions League
Crédito: Iago Garcia/WM1

OFERTAS WEBMOTORS

O pacote de equipamentos é bem interessante, afinal, é baseado em uma versão abaixo da topo de linha SL. Há bancos em couro, câmera e sensor traseiro, 6 airbags, central multimídia com espelhamento, direção elétrica, controle de tração e estabilidade e chave presencial com botão de partida. Ainda ficam faltando piloto automático, ar-condicionado digital e freio de estacionamento eletrônico, equipamentos disponíveis em Hyundai Creta e Honda HR-V, por exemplo, nas versões equivalentes - mas todas elas com no máximo 4 airbags.

 Nissan Kicks UEFA Champions League
Legenda: Nissan Kicks UEFA Champions League
Crédito: Iago Garcia/WM1

Se não é tão generoso na cesta de itens, o Kicks é um dos SUVs compactos mais prazerosos ao dirigir. Muito disso se deve ao ótimo acerto de suspensão que mesmo mais firme que os seus adversários, é muito equilibrado para o uso urbano e na estrada. A direção elétrica tem o peso certo, mas ainda não traduz bem o que se passa nas rodas.

O motor 1.6 de 114 cv é bem elástico e os 15,5 kgf.m de torque aparecem aos 4.000 rpm, quando o tanque é abastecido de etanol. Quem contribui com esse bom desempenho são os 1.142 kg do Kicks, o mais leve do segmento. Poderia ser ainda melhor se o câmbio CVT fosse mais ágil nas saídas e retomadas. Rodando com etanol, o consumo ficou na casa dos 7,9 km/l rodando na maior parte do tempo na cidade. Segundo o Inmetro, na gasolina, ele roda 11,4 km/l na cidade e até 13,7 km/l na estrada.

 Nissan Kicks UEFA Champions League
Legenda: Nissan Kicks UEFA Champions League
Crédito: Iago Garcia/WM1

Com ajuste de altura e profundidade do volante e altura do banco, é fácil encontrar uma boa posição de dirigir. Os bancos são os melhores do segmento, com ótimo apoio lombar e assento com comprimento certo para apoiar bem as coxas.

A cabine é bem construída e usa materiais de bom toque e aparência, com destaque para o couro utilizado em partes do painel e na lateral da porta. Mas, como o Atlético de Madrid, que chegou perto, mas nunca conquistou um título da Champions, a sensação de sofisticação acaba nos primeiros minutos da partida. As laterais de porta tem muito plástico e uma certa pobreza no desenho e no acabamento em volta das maçanetas. Por mais que tente, nunca será um Real Madrid, maior campeão da competição, com 13 troféus.

Nissan Kicks UEFA Champions League
icon photo
Legenda: Nissan Kicks UEFA Champions League
Crédito: Iago Garcia/WM1

O cluster é sóbrio, intuitivo e bonito, mas o computador de bordo tem poucas opções. Além disso, o equipamento não tem nenhum comando no raio direito do volante. O gerenciamento é feito por um botão à esquerda da coluna de direção, quebrando a boa ergonomia geral do interior do Kicks.

CATÁLOGO 0KM

Falando em volante, ele tem ótima empunhadura e tamanho, enquanto os comandos da central multimídia no raio esquerdo são intuitivos e suaves ao toque. A central multimídia também merece destaque: tem espelhamento com Android Auto e Apple CarPlay. Você aprende como manuseá-la rapidamente, sendo que a tela responde bem e garante ótima resolução.

 Nissan Kicks UEFA Champions League
Legenda: Nissan Kicks UEFA Champions League
Crédito: Iago Garcia/WM1

Os bancos traseiros possuem ISOFIX, sistema de fixação de cadeirinhas infantis, e carregam com folga as três taças de UEFA Champions League do Manchester United. Ou se for mais o seu caso, três adultos viajam tranquilamente.

Já o porta-malas, com seus 432 litros, seria seria capaz de carregar os gols dos três maiores artilheiros brasileiros da história do Barcelona: Evaristo de Macedo, Rivaldo e Neymar fizeram, somados, exatamente 432 gols com a tradicional camisa azul e grená. O porte do bagageiro, aliás, é muito parecido com o dos rivais Creta (431 litros) e HR-V (437).

Se a versão UCL não é tão atrativa, o Nissan Kicks por si só é um ótimo produto. Completo, honesto à sua proposta e na versão SV, um dos melhores custo-benefício da categoria. Portanto, comprar a edição limitada seria algo como pagar para assistir a um jogo do Campeonato Espanhol ou da Champions League. A qualidade de ambos é a mesma, o que muda é a embalagem e o preço cobrado.

Ancora: Conclusão Score

VÍDEO RELACIONADO

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors