Novo A6 por R$ 313,39 mil: Sedã chega com as tecnologias de seus irmãos

Sétima geração do modelo alemão vem ao Brasil em uma única versão de motor, a V6 de 3,0L que oferece 300 cv


  1. Home
  2. Testes
  3. Novo A6 por R$ 313,39 mil: Sedã chega com as tecnologias de seus irmãos
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O WebMotors foi convidado pela Audi para rodar com o novo sedã Audi A6 nas estradas da Região Metropolitana de Campinas. Em um percurso de 60 km pudemos acelerar com segurança um dos sedãs mais rápidos do Brasil. O motor que vem para cá é o 3,0L TFSI a gasolina de 2.995 cm³ que produz 300 cv e 440 Nm. Durante o trecho em que rodamos com o carro ficou nítido que o V6 fica pequeno para as ruas e estradas brasileiras. Para se ter ideia o sedã de 1.740 kg acelera de 0 a 100 km/h em 5,5s. Apesar da força do propulsor o consumo médio deste sedã não chega a ser tão exorbitante, 12,2 km/l divulgado. O segredo para chegar aos números próximos de um carro popular está nos dois intercoolers que foram retrabalhados para refrigerar ainda mais o ar comprimido, permitindo que mais oxigênio entre nas câmaras de combustão.

Por fora, o novo A6 está com 4,92 m de comprimento, 1,87 m de largura, 1,46 m de altura e um entre-eixos de 2,91 m. Comparado com o modelo anterior, o novato é 2 cm mais curto. A remodelação contribuiu bastante para o espaço interno, mas acabou roubando um pedaço do porta-malas, agora com 530 litros 995 litros com os bancos rebatidos. Se comparado com a versão antecessora houve uma perda de 15 litros.

Já no “coração”, o A6 agregou aquilo que há de mais tecnológico nos seus irmãos maiores, A7 e A8. Agora, por exemplo, estão na lista dos principais equipamentos o controle adaptativo de velocidade e a câmera de visão noturna, ambos disponíveis no pacote Advanced.

A herança dos seus irmãos maiores é perceptível na hora do embarque. Banco de couro com regulagens elétricas e comandos semelhantes. O desenho que remete à concha acústica de um teatro formada pelo console permanece na dianteira, porém em proporção menor se comparada com o A7.

Outro sistema que o WebMotors já havia avaliado no A7 e que também está presente no A6 é o drive select. Ele altera os parâmetros de dirigibilidade do carro conforme a preferência do motorista. Para a nova geração a Audi aplicou o módulo “eficiência”, que busca uma condução voltada ao menor consumo. Já os outros quatro estágios - dinâmico, auto, conforto e individual permanecem. A grande sacada deste sistema é que as regulagens atuam na direção, aceleração, suspensão, motor e transmissão. Durante a avaliação pudemos alterar por algumas vezes o modo de condução do veículo. Para efetuar a escolha, basta efetuar um simples giro no botão localizado no console.

Pacote Advanced custa R$ 30 mil
Para ter o controle adaptativo adaptative cruise control - ACC o consumidor precisa adquirir o pacote Advanced, que custa R$ 30 mil. Os principais itens do pacote são: ACC, câmera de visão noturna Night Vision, Pre Sense Plus sistema que pré-tensiona os freios ao detectar uma colisão iminente e rodas de 19 polegadas. Há também um opcional exclusivo para o sistema de som que leva a marca Bang & Olufsen R$ 10 mil.

ACC - O sistema de controle de cruzeiro regula a velocidade e a distância do sedã diante do veículo à frente, acelerando e freando em um intervalo de 0 a 250 km/h. O motorista pode usar o sistema operacional para determinar como o equipamento deve funcionar – mais confortável ou mais esportivo. Três níveis e quatro modos de distância estão disponíveis. O ACC também vem com a função stop-and-go, ideal para o tráfego da cidade, onde o sistema desacelera e freia o sedã até a parada total e automaticamente volta acelerar quando o veículo da frente se movimenta. Se em menos de três segundos o movimento não retornar, basta dar um toque no acelerador.

Impressões ao Dirigir

Embarcar em um carro V6 de 300 cv é algo prazeroso para qualquer um. Com uma relação peso potência de 5,8 kg/cv, o modelo sedã oferece emoção a toda prova. O mais interessante de tudo é que o carro oferece esportividade sem deixar a segurança de lado. Mesmo em uma condução com o controle adaptativo, algo que poderia deixar o passeio até certo ponto monótono, a viagem é emocionante. Usando a Rodovia dos Bandeirantes como uma pista de teste, deu para notar que o A6 absorve bem as poucas irregularidades do circuito. O difícil foi domar o carro para ele não ultrapassar o limite permitido no território nacional. Afinal, o motor “conversa” muito bem com o câmbio S-tronic dupla embreagem, principalmente nas retomadas. Para os amantes da tocada mais arisca, as “borboletas” atrás do volante oferecem opções manuais de trocas com intervalos bem curtos.

Embarque possível

Recentemente o WebMotors avaliou o Mercedes E 350, concorrente direto do A6. Outro modelo que concorre com o Audi é o BMW 535i. O Audi tem um valor sugerido de R$ 313,39 mil, enquanto o Mercedes-Benz tem um preço avaliado em R$ 240 mil. No início deste ano, direto de Munique, na Alemanha, o WebMotors falou que a Audi investiu em tecnologia para colocar o carro em um novo patamar. Mas tudo indica que o montante para colocar as argolas no topo do mundo da tecnologia foi passada ao consumidor, afinal mesmo com toda tecnologia é difícil justificar um preço acima de R$ 300 mil. Ainda mais porque é o dobro do que esta versão custa na Europa, algo em torno de 70 mil euros. Detalhe, se não fosse o novo IPI Imposto Sobre Produto Industrializado o carro custaria por volta de R$ 270 mil.

Os principais equipamentos da versão de entrada são: tração integral Quattro, TV, DVD, GPS, Drive Select que altera a dirigibilidade do carro ao gosto do motorista, ar-condicionado dual-zone, bancos com ajustes elétricos e memória, teto-solar e airbags frontais, laterais e de cabeça.

Gosta de sedãs de luxo?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para alguns modelos da marca:

Audi A6

Mercedes-Benz E 350

BMW 530i

Volvo S80

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors