Peugeot 206 Quiksilver

Apelo à esportividade


  1. Home
  2. Testes
  3. Peugeot 206 Quiksilver
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon














ITENS TESTADOS 



























































  GOSTOU?


206
usado
 

Compare
todas as versões
  




 
 
 











O nome da série especial
do 206 remete a esportes radicais. Nascida nas
praias australianas, a Quiksilver é marca
de artigos de surf, skate, windsurf e snowboard.
A intenção da Peugeot é ressaltar
o apelo jovem e esportivo do modelo, oferecendo
acessórios, acabamento e detalhes exclusivos.
Seu preço e as características -
boas e ruins - das versões “comuns”
também permaneceram.


Em comemoração ao seu aniversário
de um ano produzindo no Brasil o 206 1.0 16V e
ao início da produção do
1.6 16V, a Peugeot resolveu lançar uma
série especial do hatchback, menina dos
olhos da montadora francesa. Trata-se do 206 Quiksilver,
que nasce como série limitada, mas se der
certo vai passar a integrar a gama de modelos.


Repleto de acessórios de apelo esportivo,
como bancos com assento elevado, rodas de liga
leve, pára-choques esportivos na cor do
veículo com faróis de neblina incorporado,
volante e manopla do câmbio revestidos em
couro (apenas no 1.6), detalhes metalizados no
painel e mais uma série de detalhes, o
Quiksilver promete agradar aos jovens, que até
então contavam apenas com a versão
Rallye.


Exceto as mudanças estéticas, mecanicamente
o 206 nada mudou. O modelo está disponível
nas duas opções de motor - 1.0 e
1.6 litro.


Seu desempenho é agradável, e sua
estabilidade estimula uma direção
esportiva - aliás, o 206 é o modelo
utilizado pela Peugeot no Campeonato Mundial de
Rally (WRC).


As deficiências também permanecem
as mesmas - como a suspensão barulhenta,
o câmbio longo e de engates duros e o material
de gosto duvidoso utilizado no acabamento interno.


E, como a exclusividade tem seu preço,
o 206 Quiksilver completo custa tanto quanto o
206 Rallye - na versão com motor 1.6.


Fotos:
Luís Felipe Figueiredo




























































DESEMPENHO

Motor e estabilidade agradam, mas câmbio deixa a
desejar

O 206 Quiksilver pode ser equipado com motor 1.0 16V
de 70 cavalos ou com o 1.6 16V, de 110 cavalos, como
o modelo testado por WebMotors.


O desempenho do 206 é agradável, macio,
e o leve ronco do motor realça o apelo esportivo
do carro, embora não um modelo propenso a satisfazer
as mais radicais estripulias. Afinal, trata-se de um
1.6. Ainda assim, a vedete franco-brasileira é
agradável na estrada, e aceita bem viagens longas
a uma velocidade de cruzeiro elevada. Mesmo com chuva,
o 206 transmite segurança e estabilidade.


A estabilidade, aliás, é um dos pontos
fortes do modelo. Divertido de guiar em trechos sinuosos,
o 206 encara bem curvas fechadas e inclina pouco a carroceria
- demonstrando seus dotes para a velocidade no asfalto,
primeiro campo no qual atuou no Campeonato Mundial de
Rally. Graças à curta distância
entre-eixos, o carro se comporta bem e não requer
muito malabarismo para mantê-lo no trilho.


Mas se a suspensão é estimulante, também
é barulhenta. Na dianteira é composta
por um sistema de rodas independentes, tipo McPherson,
molas helicoidais e amortecedores hidráulicos
integrados. Na traseira o conjunto é formado
por rodas independentes, semi horizontal, com barras
de torção transversais e amortecedores
hidráulicos.


Na cidade ou em trechos esburacados ou calçados
com paralelepípedos o 206 mostrou-se barulhento,
transmitindo a sensação de que havia alguma
coisa solta no carro. Felizmente, era só impressão.


O câmbio do 206 também deixa a desejar.
Longo e de engates duros, não colabora em uma
troca rápida de marchas.


De acordo com dados da Peugeot, o 206 1.6 16V acelera
de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e chega a 198 km/h
de velocidade máxima.


voltar





















CONFORTO



Bancos esportivos e espaço traseiro compensam
barulho


O 206 Quiksilver sai de fábrica com uma gama
de equipamentos atraente: direção hidráulica,
travas elétricas das portas e do porta-malas
com telecomando na chave e vidros com acionamento elétrico.
A versão 1.6 conta, ainda, com air bag duplo,
computador de bordo com 5 funções, antena
de teto traseira curta amplificada e pára-lamas
dianteiros mais largos, que conferem um aspecto mais
agressivo ao carro.


Opcionalmente, o Peugeot 206 Quiksilver pode vir equipado
com ar condicionado e pára-brisa atérmico
- segundo a montadora, trata-se de um vidro laminado
que recebe uma camada de óxidos metálicos,
material que reflete os raios ultra-violeta, responsáveis
pelo aquecimento do interior do veículo.


Além disso, os bancos dianteiros esportivos
fazem com que o motorista e o passageiro fiquem “encaixados”.
O volante e a manopla do câmbio revestidos em
couro como o da versão testada dão um
toque a mais de requinte no carro.


O revestimento de plástico nas portas e no painel,
entretanto, é de gosto duvidoso e, em lugares
empoeirados pode dar um bom trabalho para o proprietário,
já que é todo “enrugado”, o
que dificulta a limpeza.


Já o porta-luvas do 206 é um detalhe
à parte. Enorme, leva muito mais do que apenas
o manual do proprietário do veículo e
alguns poucos CDs.


voltar





















DESIGN

Modelo tem visual esportivo e atraente




Voltado ao público jovem, o Peugeot 206 Quiksilver
incorpora vários equipamentos exclusivos e de
cunho esportivo, como rodas em liga leve, pára-choques
esportivos na cor da carroceria com faróis de
neblina incorporados e faróis com lente lisa.
Além disso, detalhes como a ponteira do escapamento
cromada, console central na cor cinza carbono, volante
e manopla do câmbio revestidos em couro - como
no modelo testado - realçam as características
esportivas do modelo.


A exclusividade do modelo também está
presente no desenho exclusivo do tecido dos bancos,
laterais, tampa do porta-luvas e tapetes estilizados.


Só um detalhe: o 206 Quiksilver está
disponível apenas na configuração
3 portas e na cor Cinza Aluminium.


voltar


















SEGURANÇA

206 incorpora itens de tecnologia avançada




A série especial Quiksilver incorpora, como os
demais 206 modelo 2002, o sistema Multiplex, q ue possibilita
a redução do número de fios e conectores
elétricos.


A adoção da multiplexagem, segundo a
Peugeot, possibilita a introdução de recursos
de segurança e conforto para o motorista, como,
por exemplo, a temporização do limpador
de pára-brisa dianteiro, que varia o número
de passadas de acordo com a velocidade do veículo.


Outro destaque fica por conta do gerenciamento da carga
elétrica, que permite que a bateria sempre disponha
de energia suficiente para dar partida no motor.


O modelo também traz 3 apoios de cabeça
traseiros com regulagem de altura em formato de "vírgula",
bancos dianteiros e traseiros com efeito anti mergulho
- os assentos do motorista tem regulagem de altura na
região próxima às costas -, barras
de proteção laterais, break light, cintos
de segurança dianteiros com pré-tensionadores,
3 cintos de segurança traseiros de três
pontos e retráteis e corte de combustível
em caso de acidente. Além disso, também
conta com indicador de portas abertas no mostrador digital
e banco do passageiro da frente com sistema de fixação
ISOFIX.


O Quiksilver dispõe de freios dianteiros a disco
(ventilados

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors