Renault Mégane Sedan Dynamique 2.0 16V

Moderno, equipado e bom de preço, sedã é uma ótima opção de compra


  1. Home
  2. Testes
  3. Renault Mégane Sedan Dynamique 2.0 16V
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Um dos padrões de comportamento dos compradores de sedãs médios é o de optar quase sempre pela versão mais sofisticada e equipada do modelo, o que inclui, invariavelmente, motor mais forte e câmbio automático. Quando começou a vender o Mégane Sedan, a Renault ainda não tinha a versão com motor 2-litros disponível, que passou a ser vendida só no final de maio. Antes dela, o motor 1,6-litro flex era a única opção. Boa opção, diga-se, mas sem o mesmo apelo dos 138 cv e do câmbio automático. Com elas, é possível que as vendas do sedã aumentem consideravelmente. Ainda mais por conta do preço: R$ 65,99 mil. É a melhor oferta, em termos de valor, do segmento, especialmente considerando que todos os seus concorrentes oferecem um preço parecido apenas em suas versões de entrada ou intermediárias, não nas mais equipadas.

O Honda Civic, bicho papão do mercado desde que suas vendas tiveram início, custa, na versão LXS, com câmbio automático, R$ 66.515, mas tem porta-malas 340 l bem menor que o do Mégane 520 l e fila de espera, com ágio, o que eleva seu preço. Na versão EXS, a mais sofisticada, o carro não custa menos de R$ 80.395.

Já o Toyota Corolla XEi custa R$ 65.391, mas seu porta-malas também é menor 437 l e seu entreeixos o coloca em uma categoria inferior, tecnicamente falando, já que é quase 10 cm menor que o do Mégane Sedan, idem 2,60 m, contra 2,69 m. Essa diferença de espaço é sensível para que vai atrás. A variante mais cara do carro, a SE-G, custa R$ 78,06 mil.

Além do Civic e do Corolla, outro concorrente do Mégane Sedan é o Chevrolet Vectra Elegance, com motor 2-litros de 128 cv com etanol, inclusive em termos de espaço interno e de porta-malas. O preço também é dos mais atraentes, R$ 61,99 mil, além de o Vectra ser o único concorrente flexível em combustível, mas, por esse preço, ele não traz nem câmbio automático nem ABS e EBD, estes últimos itens de série no Mégane Sedan desde a versão mais simples.

Equipado como o Mégane Sedan, ou seja, com transmissão automática e o auxílio antitravamento dos freios, o Vectra custa R$ 74,99 mil. A versão Elite, por sua vez, custa R$ 84.159, mas é o modelo com motor mais forte, um 2,4-litros de 150 cv com álcool e 146 cv com gasolina.

A vantagem do sistema flex será equiparada em breve pelo Civic e pelo Fit, que estrearão suas versões capazes de consumir álcool no Salão do Automóvel deste ano leia mais sobre isso aqui, mas a Renault também anunciou que teria, para o 2-litros do Mégane, a mesma possibilidade. Só não divulgou quando, mas não deve demorar.

E quais são os diferenciais que permitiriam ao Mégane se destacar no segmento? O mais charmoso deles é a chave, ou melhor, o cartão de partida. Menos sofisticado que os utilizados pela Mercedes-Benz e outras marcas de luxo, com os quais basta chegar perto do carro para que ele abra e dê a partida, o cartão do Mégane precisa ser inserido em um nicho do painel para que o carro possa ser ligado e tem botões que permitem abrir as portas. Mesmo assim, é diferente de tudo que a que o brasileiro está acostumado.

Por dentro, outro item que chama a atenção é o freio de mão, em formato de manete de avião, uma solução diferente e bem sacada, que dá ao carro uma sensação de sofisticação maior a um custo certamente não tão maior do que o de um freio de mão convencional.

Gostoso de dirigir

Nada disso faria a menor diferença, de todo modo, se o carro não tivesse um bom comportamento dinâmico e não fosse gostoso de dirigir. E ele é bastante bom quando está em movimento.

Em primeiro lugar, pela boa posição de dirigir que oferece. O Mégane Sedan tem ajuste de altura e profundidade do volante, com ajuste de altura do banco. Os comandos dos vidros e dos retrovisores elétricos estão à mão, no descansa-braço da porta esquerda. A visibilidade, por sua vez, não é das piores, considerando que os sedãs atuais têm sempre uma vigia traseira menor por conta dos porta-malas mais altos. O que atrapalha um pouco, e já se tornou uma tradição da Renault, é justamente o vidro traseiro, que gera uma distorção leve devido a sua curvatura.

Outra tradição da Renault era a alavanca do câmbio que dançava quando o carro era acelerado. No Mégane Sedan manual, isso já não acontece, mas a transmissão automática torna o tal movimento virtualmente impossível.

Esse câmbio, aliás, merece um espaço todo dele neste texto. Apesar de ter apenas quatro marchas, seu sistema de gerenciamento o torna quase tão eficaz quanto um câmbio de cinco marchas, presente, hoje, apenas no Honda Civic, entre os concorrentes citados nesta reportagem.

Quando se acelera o Mégane Sedan, o giro cresce rápido, graças à disposição do motor 2-litros 16V de 138 cv, e se mantém alto por algum tempo, agora por obra do câmbio. Isso dá mais confiança nas reações do carro, que trabalha sempre com o motor cheio em situações em que o motorista precisa de mais força, como em ultrapassagens.

Com sua aparência mais clássica, ainda que com uma certa ousadia, que o torna menos agradável a alguns consumidores, o Mégane Sedan pode se comportar de modo esportivo sempre que exigido. Além do motor e do câmbio, a suspensão é ótima, com boa calibração e compromisso entre conforto e esportividade. A direção, como não poderia deixar de ser, acompanha o bom conjunto e é precisa ao extremo, enrijecendo à medida que a velocidade aumenta.

Com todos esses fatores, cabe esperar para ver como as vendas do carro reagem à nova versão. Preço e qualidades para vender muito bem o Mégane Sedan tem de sobra.

Gosta de sedãs?

Então veja as ofertas do segmento da moda no WebMotors:

Ford Fusion

Ford Focus Sedan

Chevrolet Vectra

Honda Civic

Renault Mégane Sedan

Renault Mégane Sedan

Renault Mégane Sedan

Renault Mégane Sedan

Volkswagen Bora

Leia também:

Chevrolet Prisma

Peugeot 206 EscapadeBugatti Veyron 16.4

VW Polo 2007

Citroën C4 VTR
________________________________

Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!
________________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors