Caoa Chery Tiggo 3X

Teste: como roda o novo Caoa Chery Tiggo 3X

SUV compacto é novo modelo montado sobre o conhecido Tiggo 2, mas tem novo motor 1.0 turboflex e câmbio CVT inédito

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 17/2000 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • 420 litros
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
8.7

Overview

SUV criado com base no Tiggo 2, para ficar entre Tiggo 2 e Tiggo 5X, Tiggo 3X tem motor 1.0 turboflex com bons consumo de combustível e acabamento.


  • + Consumo
  • + Porta-malas
  • + Acabamento
  • - Desempenho
  • - Central multimídia
  • - Ausência de itens de auxílio à condução
 
  • 0.0 Estrela icone
  • 0.0 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. Teste: como roda o novo Caoa Chery Tiggo 3X
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Depois da apresentação, hora de acelerar o Caoa Chery Tiggo 3X, mais novo lançamento da marca chinesa que tem como objetivo ser o carro-chefe da empresa aqui no Brasil. Para nossa avaliação, recebemos a configuração Pro, mais cara, que tem etiqueta de R$ 99.990.

Visualmente, como se vê, o Tiggo 3X é montado sobre o que já conhecemos do Tiggo 2, mas tem diferenças no design. Na frente, o desenho é inédito e tem um pontilhado de LEDs na parte superior - que também funciona como DRL (lembra o design criado pelo Jeep Cherokee no começo da década passada e tem um "quê" de Toro e C4 Cactus) - e uma grade 3D, que é exclusiva dessa versão.

Já o desenho de traseira é praticamente igual ao do Tiggo 2, embora traga um novo para-choques. Em termos práticos, daria para dizer que o novo carro poderia ser uma reestilização do modelo já conhecido, mas a empresa preferiu criar algo totalmente novo e nomeá-lo - algo que a Peugeot fez com 206 e 207 e que a Mitsubishi recentemente adotou com ASX e o "novo" Outlander Sport.

Hora de acelerar o Caoa Chery Tiggo 3X

A chave já é diferente e tem um formato no qual não estamos habituados. Tem tamanho e o formas de um isqueiro, mas é sofisticada. Abro o carro, mas também noto que seria possível ligar o motor para climatizar a cabine do lado de fora, o que é ótimo para temporadas de verão - esse recurso, no entanto, é limitado à versão mais cara "Pro".

Abro, sento e ajusto banco e retrovisores para meu tamanho - os bancos têm regulagem manual, mas os espelhos no Tiggo 3X Pro são eletricamente reguláveis. Dou a partida pelo botão - outra singularidade da configuração mais cara - e saio rumo ao meu destino. Estava em São José dos Campos e iria para São Francisco Xavier, ambas cidades no interior de São Paulo.

O combustível no tanque é etanol. O motor é inédito: 1.0 turboflex de até 102 cv e 17,1 kgf.m com etanol (98 cv e 16,8 kgf.m com gasolina), acoplado a uma caixa de câmbio também dita como nova pela Caoa Chery - é um CVT com simulação de nove marchas. A "novidade", no caso, é justamente a possibilidade de emular nove escalas de velocidade.

Caoa Chery Tiggo 3X
Caoa Chery Tiggo 3X, nacional, é o novo SUV da marca chinesa: fica entre o Tiggo 2 e o Tiggo 5X
Crédito: Divulgação

Saio da inércia e o barulho que invade a cabine "ainda" me incomoda - o SUV tem ótima acústica para um carro de marca chinesa, já que o trabalho dos fabricantes sino-brasileiros como Chery, JAC e BYD tem sido cada vez melhor nesse quesito, por isso o "ainda". Quando você precisa de fôlego, o Tiggo 3x entrega, mas deixa claro para quem está na cabine que um esforço precisa ser feito.

Motor e câmbio são bem casados, mas há um delay do turbo que demora a responder em algumas condições de trânsito. É fato, por isso, que o carro é muito mais ágil em retomadas e reacelerações, onde o motor já trabalha em médios regimes, do que em partidas da inércia. Em termos dinâmicos, é o mesmo que o Tiggo 2: sai um pouco de frente, mas tem boa estabilidade para um crossover.

Mas há um lado bom nessa história: o consumo. Fizemos uma média de 9,5 km/l com etanol em percursos mistos (cidade e estrada), sempre com duas pessoas dentro do carro e ar-condicionado ligado. Segundo a Caoa Chery, o Tiggo 3X consegue fazer 7,8 km/l na cidade e 8,5 km/l na estrada com etanol e 11,2 km/l e 12,2 km/l nas mesmas condições com gasolina.

Caoa Chery Tiggo 3X
Tiggo 3X é rival de Nivus, WR-V e outros utilitários "subcompactos" que vão chegar ao mercado
Crédito: Divulgação

Espaço interno

Este é outro ponto interessante, já que pelo valor e pela proposta falamos de um carro com pegada mais familiar. Mesmo com os bancos dianteiros posicionados para quem tem 1,80 m de altura, há bom espaço para duas pessoas na parte de trás - um palmo de distância entre os bancos e os encostos dos dianteiros e uma palma fechada para a cabeça. Três já vão com aperto, mas três crianças cabem sem aperto.

Os bancos de couro da versão mais cara também reforçam a sensação de luxo que o Tiggo 3X quer passar. E o acabamento no geral é muito bom, mas não poderia ser diferente pelos valores cobrados. Mas é fato que por essa faixa de preço é possível encontrar ofertas de carros com interior mais refinado, mesmo que de outras categorias, se isso for importante na hora de fechar uma compra.

Já o porta-malas é digno de elogios. Tem os mesmos 420 litros de capacidade de um Tiggo 2, número tão bom que pode ser comparado ao de um sedã ou SUV médio.

Caoa Chery Tiggo 3X
Modelo pretende ser o "carro-chefe" da Caoa Chery no Brasil e assumir a função que hoje é do Tiggo 2
Crédito: Divulgação

Sport ou Eco

Há, também, dois modos de condução, que podem ser escolhidos e selecionados por um botão na chave de comandos ao lado esquerdo do volante - que fica bem escondido, para ser sincero. No Sport, o display de LCD no quadro de instrumentos fica vermelho e o carro altera o comportamento de motor e câmbio e até da válvula wastegate do turbo para uma tocada mais instantânea.

Nessa opção, as respostas ficam mais rápidas, as trocas de marcha idem e o Tiggo 3X fica mais esperto de modo geral. Já na Eco, que é a escolha "standard" do carro e que ativa quando se dá a partida no motor, o painel digital atrás do volante fica azul e tudo é programado pela ECU (central de comandos do carro) para economizar combustível e emitir menos poluentes.

Chery Tiggo 3X tem botão eletrônico para o freio de estacionamento lá fora; no nacional, é alavanca
Crédito: Divulgação

Conectividade

A central multimídia também passou pela avaliação do WM1. Embora não seja flutuante e ainda não forneça CarPlay ou Android Auto sem fio, o sistema conectado via cabo é rápido e responsivo. Já nas funções principais sem conexão com o celular a central emite aquele barulhinho tradicional de sistemas chineses, mas pelo menos há possibilidade de deixá-lo no mudo.

Mas uma coisa não me agradou: o botão de desligar/ligar e ajustar o volume não fica na tela, e sim escondido atrás da alavanca de câmbio. Isso significa que este escriba ficou pelo menos dois minutos procurando tal recurso em uma necessidade quase que urgente de botar no mudo o rádio...

Ao lado desse "Power" da central multimídia ficam também os botões do sistema de controle de descida, que funciona muito bem, e um com o símbolo de "configurações" que leva a tela da central multimídia à página de ajustes. A única contrapartida nesse pedaço fica por conta do freio de estacionamento, que lá fora é por botão eletrônico, mas no carro nacional ainda é por alavanca.

Ancora: Conclusão Score

Ficha Técnica

CHERY - TIGGO 3X - 2022
1.0 VVT TURBO IFLEX PRO CVT
R$ 99990

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Cilindrada (litros)
  • 1.0
  • Disposição dos cilindros
  • Linha
  • Número de cilindros
  • 3
  • Número de válvulas por cilindro
  • 4
  • Número de válvulas (comercial)
  • 12V
  • Combustível (comercial)
  • iFlex
  • Combustível secundário
  • Gasolina
  • Alimentação
  • Turbo
  • Potência (cv/rpm)
  • 102/5000
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 17/2000
  • Potência secundária (cv/rpm)
  • 98/5000
  • Torque secundário (kgfm/rpm)
  • 16,8/2000
  • Aceleração 0-100 km/h (segundos)
  • 14,2
  • Fonte consumo
  • Montadora

Transmissão +

  • Transmissão
  • CVT
  • Localização do câmbio
  • Assoalho
  • Modo manual (p/ AT)
  • Sim
  • Tração
  • Dianteira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Tambor
  • Freio de estacionamento
  • Eletrônico
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Molas dianteiras
  • Helicoidal
  • Suspensão - Traseira
  • Eixo de torção
  • Suspensão - Molas traseiras
  • Helicoidal
  • Direção - Assistência
  • Elétrica
  • Direção - Ajustes
  • Altura

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 4200
  • Largura (mm)
  • 1760
  • Altura (mm)
  • 1570
  • Entre-eixos (mm)
  • 2555
  • Altura em relação ao solo (mm)
  • 154
  • Ângulo de ataque (graus)
  • 20,4
  • Ângulo de saída (graus)
  • 31
  • Capacidade tanque de combustível (litros)
  • 50
  • Capacidade do porta-malas (litros)
  • 420
  • Peso líquido em ordem de marcha (kg)
  • 1249
  • Carga útil (kg)
  • 386

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • USB
  • Sim
  • Bluetooth
  • Função Streaming
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 9"
  • Tela de entretenimento - Sensível ao toque
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Espelhamento com smartphone
  • Apple CarPlay + Google Android Auto
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Integrado
  • Controle de áudio
  • No volante

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Liga leve
  • Tipo de roda - Design/cor
  • Dois tons
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 16
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 205/55
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 16
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 205/55
  • Estepe
  • Space saver

Garantia +

  • Garantia total do veículo - Duração (meses)
  • 60
  • Garantia de motor e transmissão - Duração (meses)
  • 60
  • No Bolso8.8
  • Tecnologia8.1
  • Vida a bordo8.9
  • Desempenho8.9
  • Opinião do repórter9.1
  • + Consumo
  • + Porta-malas
  • + Acabamento
  • - Desempenho
  • - Central multimídia
  • - Ausência de itens de auxílio à condução
 
8.7

Compartilhar
Comentários