Volvo C30 mostra como menos é mais

Simplicidade do modelo, longe de ser um demérito, deixa o motorista diante do que realmente importa: a dirigibilidade e o prazer de dirigir


  1. Home
  2. Testes
  3. Volvo C30 mostra como menos é mais
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A Volvo já abandonou há tempos a imagem de marca de carros seguros, mas visualmente desinteressantes. Desde o S80 de primeira geração, todos os modelos da empresa vêm ganhando linhas mais arredondadas, crescentemente sedutoras, e o hatch C30 é o resultado mais recente desta evolução desconsiderando o XC60, que ainda não veio ao Brasil e deve demorar um bocadinho, ainda.... Mas não é só isso que o hatch evidencia. Ele também mostra uma postura interessante da Volvo: a de que menos é mais.

Já havíamos notado isso quando andamos com a segunda geração do S80. Ao contrário de seus competidores, o sedã não trazia uma profusão de botões, de funções, equipamentos, essas coisas que, segundo um alto executivo de uma montadora alemã, tornavam o carro em algo “estressante”. Ele era limpo, simples, direto ao ponto. O mesmo acontece com o C30.

O exterior do carro, apesar de ser um dos mais bonitos do mercado, não tem rebuscamentos. Suas linhas são simples e marcantes. O mesmo acontece em seu interior. O painel traz as informações necessárias. Não há excesso de luzes, de padrões, de telas, de relógios, nada.

No painel há, do lado esquerdo, o mostrador do velocímetro, que traz dentro de si o marcador de temperatura do motor. À direita, o mostrador do conta-giros, que incorpora o marcador de combustível. Entre os dois relógios, acima, está o computador de bordo, em letras verdes. Abaixo, o hodômetro. E só.

Com isso, o motorista do carro de entrada da Volvo pode se concentrar no que o carro oferece de melhor: o volante. Ele tem seus botões, mas só os do controlador de velocidade. Não é em sua sofisticação, portanto, que reside seu poder de atração. Ele está no que é básico para quem gosta de dirigir:o controle do automóvel. E que belo exemplar deste tipo de máquina os suecos conseguiram criar.

O motor não é nenhum exagero. Trata-se de um 2-litros 16V de 145 cv a 6.000 rpm que, se não é brilhante, como o do Honda Civic SI, dá conta do recado, ainda mais com um caro que pesa 1.279 kg e tem câmbio manual. As reações são rápidas, o volante é preciso e o carro se comporta bem, com alguma tendência a sair de dianteira, comum nos Volvo.

Como o motor é bem disposto, o consumo não é exatamente baixo. Conosco, apenas em percurso urbano, com ar-condicionado ligado o tempo todo e explorando o motor sem dó, mantendo-o no giro em que ele fica mais feliz, o C30 apresentou uma média de 6,7 km/l.

O preço, de R$ 89.933, pode assustar, ainda mais aqueles que tentarem enxergar no hatch o mesmo benefício oferecido por um Ford Fusion, um Honda Accord ou um VW Jetta em termos de espaço e comodidade, mas, entre os modelos premium, é uma pechincha.

Tanto que tem feito a Volvo vender como nunca. O modelo de luxo mais próximo do C30 é o Audi A3 Sportback, que sai por R$ 110,9 mil. O desempenho do Audi é bem superior, mas, por pouco mais de R$ 20 mil de diferença, pode não compensar.

A questão é que o hatch da Volvo não se presta a ser um carro para a família. Ele é para uma pessoa solteira e bem sucedida ou, no máximo, para um casal jovem. O espaço interno, excelente, tem acesso difícil, mesmo com bancos dianteiros que correm para a frente para facilitar a entrada. O porta-malas, de apenas 233 l, não é propriamente um compartimento, mas sim um nicho, com uma capa para proteger seu conteúdo da curiosidade alheia. Tudo por conta da linda traseira do carro, com uma tampa que nada mais é do que a vigia. Há casos em que a forma sacrifica a função. No caso do C30, dificilmente seu proprietário verá nisso um problema.

FICHA TÉCNICA – Volvo C30 2.0


MOTOR Quatro tempos, quatro cilindros em linha, transversal, quatro válvulas por cilindro, refrigeração líquida, 1.999 cm³
POTÊNCIA145 cv a 6.000 rpm
TORQUE 185 Nm
CÂMBIO Manual de cinco velocidades
TRAÇÃO Dianteira
DIREÇÃO Hidráulica, por pinhão e cremalheira
RODAS Dianteiras e traseiras em aro 16”, de liga-leve
PNEUS Dianteiros e traseiros 205 / 55 R16
COMPRIMENTO 4,25 m
ALTURA 1,45 m
LARGURA 1,82 m
ENTREEIXOS 2,64 m
PORTA-MALAS 233 l
PESO em ordem de marcha 1.279 kg
TANQUE55 l
SUSPENSÃO Dianteira independente, tipo McPherson; traseira independente sistema não informado
FREIOS Discos ventilados na dianteira e discos simples na traseira
PREÇO R$ 89.933

______________________________


_______________________________

Gosta de hatches médios premium?

Volvo C30

Então veja as ofertas deste segmento no WebMotors:

Audi A3 Sportback

BMW 120i

Citroën C4 VTR

Mini

Leia também:

Volkswagen Jetta

Citroën Xsara Picasso Exclusive BVA

Fiat Siena é uma boa opção na versão 1.4; na 1.0...

Renault Logan 1.6 8V

Fiat Stilo 2008

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors