VW Golf Sportline, mudado, conserva suas boas qualidades

Hatch médio da Volkswagen tem acabamento e dirigibilidade de alto nível


  1. Home
  2. Testes
  3. VW Golf Sportline, mudado, conserva suas boas qualidades
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A Volkswagen do Brasil, em vez de trazer para o país a quinta geração do Golf, preferiu uma solução mais caseira e incorporou ao carro uma nova aparência sem que isso implicasse mudanças significativas em sua estrutura. Isso se explica, em primeiro lugar, pelos problemas que o Golf 5 enfrenta na Europa: ele leva duas vezes mais tempo para ser fabricado em relação aos concorrentes, o que o torna mais caro. Como o mercado europeu é muito disputado, e o Golf não pode custar mais do que os concorrentes, isso representou prejuízo para a empresa. Enquanto o mundo aguarda o lançamento da sexta geração, que contou, em seu desenvolvimento, com a ajuda de engenheiros brasileiros, o Brasil está com a geração 4,5. Sorte dela é que sua base já era muito boa.

O Golf Sportline é, assim como o modelo lançado no Brasil no fim da década de 1990, um carro muito gostoso de dirigir. O volante com regulagem em altura e distância, o banco que apóia bem o corpo e os comandos à mão, em especial a alavanca de câmbio de engates curtos e precisos, tornam mesmo o motor 1,6-litro de 103 cv com álcool um convite a acelerar. Não que o carro acelere muito, mas ele tem perfil esportivo. Mais do que isso, ele gosta de ser dirigido, e isso é uma qualidade especial.

Vendido por R$ 53,7 mil, ele já traz ar-condicionado e direção hidráulica. Equipado como o da reportagem, com pintura metálica R$ 915, ar-condicionado eletrônico Climatronic R$ 795, ABS e EBD R$ 3.015, airbags dianteiros R$ 2.155, descansa-braço dianteiro R$ 445 e rádio com MP3 R$ 840, seu preço sobe para R$ 61.865.

O preço o coloca em desvantagem diante dos concorrentes, que são, inclusive, mais atuais do que ele. O Nissan Tiida, o mais moderninho desta turma, começa em R$ 52.115 e tem o atrativo de um seguro muito baixo: a partir de R$ 675, segundo a marca. Além de mais moderno, o Tiida já traz, de série, airbag para o motorista, toca-CD e outros mimos.

O segundo hatch mais moderno do mercado é o Peugeot 307, que, na versão Presence, custa R$ 54,1 mil. Seu motor, também 1,6-litro, é mais forte do que o do Golf. Em seguida vêm o Ford Focus, um excelente automóvel, mas prestes a sair de linha, o Fiat Stilo e o Chevrolet Astra, todos modelos mais antigos e defasados em relação tanto ao Golf. São mais baratos, mas a razão é justamente o tempo de mercado que carregam.

A maior vantagem dos concorrentes em relação ao Golf, e ela está ao lado de quase todos eles, é o entreeixos maior, na casa dos 2,60 m. O do Golf fica em 2,52 m, apenas 1 cm maior que o do Fiat Punto, o que coloca o médio da Volks tecnicamente concorrendo com o compacto premium da Fiat, que, além de mais barato, é mais atual.

Para custar mais, o Volkswagen se apóia em um acabamento bem cuidado, em um status de carro maior, apesar de não ser, e nesta receptividade calorosa a quem gosta do exercício de dirigir, algo em que o Punto, aliás, não se sai mal.

Se a aparência do novo Golf não é unanimidade, havendo que a adore e quem a deteste, as rodas de liga-leve Aztec, essas sim, recebem a aprovação de todos que param para apreciá-las. Combinam bem com o estilo esportivo do carro.

Em suma, assim como o Punto Sporting, o Golf Sportline promete uma esportividade na aparência que não consegue cumprir na prática, ainda que, em termos de sensações, ele seja mais pródigo que o modelo da Fiat. O VW mudou na aparência, mas continua o mesmo. Tão bom quanto antes.

FICHA TÉCNICA – VW Golf Sportline




















MOTORES Quatro tempos, quatro cilindros em linha, transversal, duas válvulas por cilindro, refrigeração a água, flexível em combustível álcool e gasolina, 1.599 cm³
POTÊNCIA101 cv gasolina e 103 cv álcool a 5.750 rpm
TORQUE 14,3 kgm gasolina e 14,5 kgm álcool a 3.250 rpm
CÂMBIOManual de cinco velocidades
TRAÇÃO Dianteira
DIREÇÃO Hidráulica, por pinhão e cremalheira
RODAS Dianteiras e traseiras em aro 16”, de liga-leve, modelo Aztec
PNEUS Dianteiros e traseiros 205/55 R16
COMPRIMENTO 4,20 m
ALTURA 1,46 m
LARGURA 1,74 m
ENTREEIXOS 2,52 m
PORTA-MALAS 330 l
PESO em ordem de marcha 1.213 kg
TANQUE55 l
SUSPENSÃO Dianteira independente, tipo McPherson; traseira por eixo de torção
FREIOS Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira
PREÇO R$ 53,7 mil R$ 61.865 com o nível de equipamentos do modelo avaliado


Gosta de hatches médios?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Fiat Stilo

Peugeot 307

Peugeot 306

Volkswagen Golf

Renault Mégane

Chevrolet Astra

Ford Focus

Leia também:

BMW 335i, o faz-tudo da marca da Baviera

VW Passat 3.2 V6, a nova jóia da coroa alemã

Honda Civic X Chevrolet Vectra

Renault Mégane Sedan 2.0 16V

Nissan Sentra 2.0SL x Honda Civic EXS
________________________________

Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!
________________________________
E-mail: Comente esta matériaEnvie essa matéria para uma amigoa

A propriedade intelectual de todo o material apresentando no www.webmotors.com.br é do WebMotors – ou de seus clientes, parceiros e fornecedores –, incluindo programas, bases de dados, imagens, arquivos ou materiais de qualquer outra espécie e que têm contratualmente autorizadas as suas veiculações neste website. É proibida, sem a prévia autorização por escrito dos responsáveis acima identificados, a reprodução de qualquer material do www.webmotors.com.br, entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição. O uso indevido de propriedade intelectual ou de marcas comerciais apresentadas no www.webmotors.com.br será caracterizado como violação das leis sobre direitos autorais e/ou de marcas comerciais e sujeitará o infrator às ações judiciais cabíveis.

Comentários