Tatuados homenageiam automóveis pelo corpo

Fãs mostram tatuagens de Volkswagen, Yamaha e carros antigos
  1. Home
  2. Vídeos
  3. Tatuados homenageiam automóveis pelo corpo
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

Do que vocêseria capaz para mostrar o tamanho da sua paixão por alguma coisa? WebMotors reuniu quatro tatuados que amam tanto o mundo dos automóveis e das motos que resolveu eternizá-los na pele em forma de tatuagem. Marcas como Volkswagen e Yamaha estão entre as homenagens, assim como modelos antigos e da cultura hot rod.


“Até mesmo quem tem tatuagem fica impressionado quando vê”, explica o representante comercial Flávio Gagliardi. Ele se refere à primeira tatuagem feita, um dos mais antigos logos da Volkswagen para cobrir todas as costas, acompanhado de uma águia alemã. A paixão logo se explica ao olhar a garagem de Gagliardi, que tem 7 modelos da marca alemã. “Eu prometi que quando fosse fazer a primeira tatuagem, faria algo impactante”, lembra.


Não demorou muito para Flávio fazer mais duas tatuagens nos braços com bielas e turbina, peças comuns em motores de alta potência, mas foi no peito que ele realizou a sua mais recente dedicatória a marca Volkswagen: um gigantesco motor a ar de Fusca estilizado junto de uma caveira.  “Quero ter a mesma proporção de carros em tatuagens, tomara que eu cubra o corpo todo”, brinca Flávio. 


ASSISTA AO VÍDEO E CONFIRA AS TATUAGENS:




O corretor de seguros Márcio Rubino também é um apaixonado por automóveis que resolveu cobrir o corpo com coisas relacionadas ao meio. Dentre eles, destacam-se o logo da marca Yamaha, um conta-giros e um semáforo de provas de corrida. “Quando você vai tatuar, vêm as sugestões. Me falaram pra tatuar uma carpa.  Eu nem sei pescar”, conta rindo. “Escolhi algo que é uma paixão, não é passageiro ou um modismo”, define Rubino.


Hot rod em troca de tatuagens


Uma história bem peculiar preencheu a garagem do tatuador Marcelo Correa, o Lobão, e também o corpo do mecânico e customizador Marcio Brandini. Os amigos trocaram seus serviços para realizarem sonhos. “Eu morei um bom tempo em Detroit, onde aprendi a tatuar, voltei e resolvi abrir um estúdio em São Paulo”, lembra Lobão.


Antes de desenhar nos outros, fez algumas tatuagens em homenagem aos automóveis. Escolheu o peito apara estampar dois hot rods, carros antigos customizados, pilotados pelo personagem Frankstein e por um lobo. O braço leva o rato Rat Fink, mascote dos fãs da cultura hot rod. “Eu queria ter um carro e não tinha dinheiro, então pedi aos irmãos Brandini que eu pagasse em tatuagem e eles aceitaram”, lembra.


Marcio Brandini explica melhorar essa história: “Pois é, montar um carro não é barato, e como ele não tinha grana para pagar, fui aceitando o pagamento em tatuagem. Ele fez várias das tatuagens que eu tenho, também fez na minha esposa, no meu irmão. Ele tatuou a família inteira”, conta. Brandini tem quatro carros antigos tatuados no braço, além de peças de motor como turbina e biela. Qual a preferida de todos eles? A resposta é unanime: “A próxima”.


Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors