WebMotors avalia Fiat Uno 2015 com Start&Stop

Modelo manteve mesmo conjunto mecânico e ganhou leve 'tapa' no visual

  1. Home
  2. Vídeos
  3. WebMotors avalia Fiat Uno 2015 com Start&Stop
Marcelo Monegato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


O que faz da Fiat líder de vendas no Brasil por 12 anos – e tudo indica que 2014 será o 13º - é a compreensão do mercado nacional e a agilidade em promover mudanças em seus veículos. A mais nova prova destas características das marca é o Uno 2015, modelo que não traz revolução no visual – longe disso -, mas aposta em novas tecnologias para seduzir os clientes que buscam algo a mais nos chamados carros populares.

Partindo de R$ 30.990 na versão Attractive – equipada com motor 1.0 8V Flex e trazendo apenas direção hidráulica como item de série relevante -, o Uno tem como principais novidades o câmbio automatizado Dualogic com acionamento por botões, algo herdado dos superesportivos da Ferrari, e a tecnologia Start&Stop – aquele mesmo que desliga e liga o motor automaticamente assim que paramos em um semáforo, por exemplo.

De olho nesta nova fase do Uno, o WebMotors foi até a Argentina para avaliar as novidades do hatch pelas ruas de Buenos Aires.

Confira vídeo:

EVOLUTION 1.4 FLEX

Instigados por conhecer de perto o primeiro sistema start-stop em um veículo fabricado no Brasil – a tecnologia foi desenvolvida em parceria com a Bosch – e presente em um carro classificado como ‘popular’, passamos o dia com a versão Evolution 1.4 Flex, que parte de R$ 34.990. De série, além do ‘liga e desliga’, a opção é equipada de série com direção hidráulica, vidros elétricos nas portas dianteiras, travas elétricas e computador de bordo.

Para incluir ar-condicionado, equipamento que não é de série nem mesmo na versão topo de linha Sporting (R$ 36.650), o interessado deve desembolsar mais R$ 3.200 no Kit Creative 1, que oferece ainda para-brisas degradê e faróis de neblina. Já para ter rádio com entradas USB e auxiliar, conexão Bluetooth com  função Áudio Streaming, volante multifuncional, é necessário investimento de mais R$ 1.420 no Kit Evolution 3, que entrega ainda tecnologia Tilt Down (espelho retrovisor externo do lado do passageiro rebate para baixo para que o motorista, em uma baliza, por exemplo, enxergue a calçada e não raspe a calota).

Completinho, com tudo o que a Fiat oferece para o modelo – incluindo sensor de estacionamento traseiro, rodas de liga leve de 15 polegadas, chave estilo canivete e até uma das cinco cores metálicas disponíveis -, o Uno Evolution 1.4 Flex sai por R$ 44.766.

QUADRADO-ARREDONDADO

Por fora, o Uno mudou de maneira bem pontual nos para-choques dianteiro e traseira, capô, grade frontal, faróis dianteiros, lanternas traseiras e retrovisores. No entanto, em linhas gerais, manteve o mesmo estilo quadrado-arredondado. Por isso, caso um Uno 2015 passe e você não o note, não se sinta culpado.

Porém, caso entre no novo Uno e não perceba a evolução do design interno, a visita a um oculista pode ser uma boa pedida. O hatch está com traços mais modernos no interior, especialmente no painel central. A unidade avaliada pelo WebMotors na ‘terra dos hermanos’ estava equipada com o ‘Easy 4 U’, um dos 120 acessórios desenvolvidos pela Mopar para o carro. Neste, especificamente, o sistema de som se conecta com o aparelho celular do condutor, reproduzindo suas músicas.

Destaque também para o painel de instrumentos. O visual continua compacto como do Uno anterior, que segue sendo vendido na versão Vivace 1.0 Flex, nas configurações duas e quatro portas por R$ 26.370 e R$ 28.500, respectivamente. Entretanto o novo leitor do computador de bordo, localizado no centro do grande velocímetro, agregou modernidade veículo. Pelo volante multifuncional, com comandos visivelmente herdados do Fiat Freemont, é possível acessar todas as informações sobre o veículo.

Os revestimentos estão melhores também. O painel das portas, que agora trazem os comandos dos vidros elétricos traseiros (opcionais) antes posicionados no painel central, traz tecido. O banco traseiro agora é bipartido e o passageiro que viaja na posição central conta com cinto-de-segurança de três pontos, item de segurança que deve ser valorizado por aqueles que costumam rodar com cinco pessoas. Lembrando que freios com ABS e air bag duplo frontal são equipamentos de segurança obrigatórios.

RODANDO

O Fiat Uno Evolution é equipado com motor 1.4 8V bicombustível. São os mesmos 88 cv de potência máxima a 5.750 rpm e 12,5 kgf.m de torque a 3.500 giros, quando abastecido com etanol, do Uno 2014, por exemplo. Apesar de não ser uma usina de força, o bom torque em rotações medianas permite ao hatch de apenas 990 quilos entregar agilidade no perímetro urbano, com boas saídas e retomadas.

Nesta configuração com sistema Start&Stop – tecnologia não é opcional para as demais configurações -, a transmissão é apenas manual de cinco marcha. A Fiat não revelou se, futuramente, haverá uma alternativa com câmbio automatizado Dualogic, que neste novo Uno tem funcionamento por meio de botões. E apesar de ser a mesma caixa do modelo anterior, a impressão é que os engates estão mais justos, apesar de ainda serem longos. Certa imprecisão aparece apenas ao ‘espetar’ determinadas marchas, como a 5ª.

Um dos pontos que mais chamaram durante a avaliação foi o silêncio interno. Com revestimento acústico revisto, a Fiat conseguiu que barulhos externos invadissem menos a cabine, como o do motor.

START&STOP

Mas vamos à grande atração, a tecnologia Start&Stop. Ao frear, pisar na embreagem, engatar ponto-morto e parar, o motor automaticamente desliga. Para voltar a funcionar, basta pisar na embreagem, colocar primeira e sair. E para os pessimistas, só uma coisa: o funcionamento da tecnologia foi irretocável. Não nos deixou na mão ou mostrou sinais de imprecisão.

Para os que se incomodam com o liga e desliga no anda e para dos enormes engarrafamentos dos grandes centros, como São Paulo, o sistema pode ser desligado apertando um botão no painel central. Desta maneira, o carro fica ligado direto, mas o motorista abre mão de uma economia de combustível da ordem de até 20%, de acordo com informações da Fiat.

CONCLUSÃO

O Fiat Uno 2015 está mais tecnológico e refinado. Assim como seus concorrentes mais diretos, casos de Volkswagen Up!, Nissan New March, Renault Sandero, Chevrolet Onix e novo Ford Ka, percebeu que ser ‘básico’ está por fora. O negócio é oferecer equipamentos que conquistem o cliente ‘popular’ por sua funcionalidade. Chega de calotas especiais, frisos exclusivos ou adesivos. E devemos admitir: excelente a iniciativa do Start&Stop, tecnologia ‘top’ para quem é de entrada.

Consulte preços do Fiat Uno na Tabela Fipe WebMotors.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors